Vale Abraão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vale Abraão
 FrançaPortugal Portugal Suíça
1993 •  cor •  203 min 
Realização Manoel de Oliveira
Argumento Adaptado da novela de Agustina Bessa-Luís, inspirada em Gustave Flaubert
Elenco Leonor Silveira
Cécile Sanz de Alba
Luís Miguel Cintra
Género drama romântico
Distribuição Madragoa Filmes
Idioma português
Orçamento 3 milhões 192 mil €

Vale Abraão é um longa-metragem franco-helvético-português de ficção, realizado por Manoel de Oliveira no ano de 1993 baseado no romance homónimo de Agustina Bessa Luís publicado em 1991, escrito a pedido do realizador, que por sua vez é uma adaptação de Madame Bovary de Flaubert em Portugal contemporâneo.[1][2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Ema é uma misteriosa menina que se torna mulher, casando-se com um médico e a ele se entregando, assim como a amantes. Esta história baseia-se no mito platónico do Andrógino[3].

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Straccialano Coelho (1999). A adaptação em Vale Abraão : do romance de Augustina Bessa-Luis ao filme de Manoel de Oliveira, Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Artes
  2. Val Abraham
  3. Revista E n.º 2410 (5 de Janeiro de 2019). Obrigatório, pág. 88

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.