Benilde ou A Virgem Mãe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Benilde ou a Virgem Mãe)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Benilde ou A Virgem Mãe
Portugal Portugal
1975 •  cor •  112 min 
Realização Manoel de Oliveira
Argumento Manoel de Oliveira adaptado da peça de José Régio
Elenco Maria Amélia Matta
Jorge Rolla
Varela Silva
Glória de Matos
Maria Barroso
Augusto De Figueiredo
Jacinto Ramos
Género drama
Direção de fotografia Elso Roque
Distribuição Centro Português de Cinema
Lançamento 21 de Novembro de 1975
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Benilde ou A Virgem Mãe é um filme de 1975 realizado por Manoel de Oliveira

O filme baseou-se na peça de teatro homénima de 1958 de José Régio no Porto. Foi levada à cena pela primeira vez no dia 25 de Novembro de 1947, no Teatro Nacional D. Maria II, com Maria Barroso (1925-2015) no papel de Benilde e Augusto de Figueiredo (1910-1981) como Eduardo.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Benilde é uma jovem que vive na companhia do seu pai e de uma velha criada da família, num solar situado no Alentejo. A criado suspeita que Benilde esteja grávida, suspeita confirmada pelo médico da casa. Tal facto gera o pânico, natural num âmbito de profundo respeito pela religião católica em que Benilde foi educada, e pelas regras que a sociedade burguesa impõe quer de natureza moral quer social. Benilde só encontra como explicação para o seu estado a intervenção divina[2].

Referências

  1. Benilde ou a Virgem Mãe
  2. Revista 25 de Abril n.º 28 (1978). "Benilde ou a A Virgem Mãe". [S.l.]: Secretaria de Estado da Emigração 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.