Lam Jones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Johnny Jones)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lam Jones
campeão olímpico
Atletismo
Nome completo John "Johnny" Wesley Jones
Apelido "Lam"
Modalidade 100 m
Nascimento 4 de abril de 1958
Lawton, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Morte 15 de março de 2019 (60 anos)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Montreal 1976 4x100 m

John "Johnny" Wesley "Lam" Jones (Lawton, 4 de abril de 195815 de março de 2019) foi um ex-jogador de futebol americano e ex-velocista campeão olímpico norte-americano.

Competidor do atletismo e jogador de futebol desde a escola secundária, particpou dos jogos de Montreal 1976 integrando o revezamento 4x100 m que ganhou a medalha de ouro junto com Harvey Glance, Millard Hampton e Steve Riddick.[1] Após deixar a pistas dedicou-se profissionalmente ao futebol americano onde atuou, por sua grande velocidade e explosão, como wide receiver pelo New York Jets por cinco anos, entre 1980–1985.[2]

Após encerrar sua carreira como atleta, Jones enfrentou diversos problemas de ansiedade, alcoolismo e vício em drogas. Seus problemas cresceram até o ponto em que viu envolvido numa acusação de assédio sexual, o que o levou a se internar numa clínica de recuperação de viciados. Recuperou-se e passou a dar palestras sobre vícios para jovens estudantes de escolas secundárias falando de sua vida, para ajudá-los a evitarem os mesmos problemas que teve.[3]

Em 2005 ele foi diagnosticado com um mieloma múltiplo nas pernas que afetou sua medula óssea e passou a fazer tratamento contra câncer, sobrevivendo à doença.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Men 4x100m Relay Olympyc Games Montreal 1976». todor66. Consultado em 6 de agosto de 2015 
  2. «Top Ten New York Jets Draft Busts #3: Johnny "Lam" Jones». SB Nation. Consultado em 6 de agosto de 2015 
  3. «CROSSING THE FINISH LINE. From Jets bust to drug addict to sex offender, Johnny (Lam) Jones has turned his life around». Daily News. Consultado em 6 de agosto de 2015 
  4. Lee, Mike. «Johnny Jones' story is pure magic». Standard-Times. Consultado em 6 de agosto de 2015