José Evaristo Uriburu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
José Evaristo Uriburu
José Evaristo Uriburu
11° Presidente da Argentina
Período 23 de janeiro de 1895
12 de outubro de 1898
Antecessor(a) Luis Sáenz Peña
Sucessor(a) Julio Argentino Roca
8.º Vice-presidente da Argentina
Período 12 de outubro de 1892
23 de janeiro de 1895
Presidente Luis Sáenz Peña
Antecessor(a) Carlos Pellegrini
Sucessor(a) Julio Argentino Roca
Senador pela Capital Federal
Período 1901-1910
Deputado da Argentina
Período 1873-1877
Ministro da Justiça e Instrução Pública da Argentina
Período 6 de setembro de 1867
a 25 de janeiro de 1868
Presidente Bartolomé Mitre
Antecessor(a) Eduardo Costa
Sucessor(a) Eduardo Costa
Procurador do Tesoura da Argentina
Período 1869-1870
Presidente Domingo Faustino Sarmiento
Antecessor(a) Salustiano Zavalía
Sucessor(a) Bernardo de Irigoyen
Presidente do Senado da Argentina
Período 1902-1906
Presidente Julio Argentino Roca
Manuel Quintana
Antecessor(a) Bartolomé Mitre
Sucessor(a) Benito Villanueva
Período 1908-1909
Presidente José Figueroa Alcorta
Antecessor(a) Benito Villanueva
Sucessor(a) Benito Villanueva
Dados pessoais
Nascimento 19 de novembro de 1831
Salta, província de Salta, Argentina
Morte 15 de outubro de 1914 (82 anos)
Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade Argentino
Partido Partido Autonomista Nacional - PAN
Profissão advogado

José Evaristo de Uriburu (Salta, 19 de novembro de 1831 - Buenos Aires, 23 de outubro de 1914) foi presidente da Argentina entre 1895 e 1898.

Com a renúncia do presidente Luis Sáenz Peña em 23 de janeiro de 1895, Uriburu assume o cargo, por ser seu vice. Durante seu governo o país deixa a crise econômica e financeira. Aprovou a reforma da Constituição em 1898, aumentando para oito o número de ministros do executivo.

Enfrentou os conflitos com o Chile, que reivindicava uma parte da Patagônia. Em defesa da soberania nacional, convoca o primeiro recrutamento de cidadãos de vinte anos para aumentar o poder de combate das Forças Armadas.

Com a piora dos litígios de fronteira com o Chile, era necessário que assumisse o poder um militar experiente, com prestígio político e bem informado sobre o conflito, sendo eleito o militar Julio Argentino Roca para substituir Uriburu em 12 de outubro de 1898. Roca já havia sido presidente da Argentina de 1880 a 1886.[1]

Referências

Precedido por
Luis Sáenz Peña
Presidente da Argentina
1895 - 1898
Sucedido por
Julio Argentino Roca
Ícone de esboço Este artigo sobre um político argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.