Jungle Book (1942)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jungle Book
Mogli - O Menino Lobo[1] (BR)
Patricia O'Rourke e Sabu em cena do filme.
 Estados Unidos
 Reino Unido

1942 •  Technicolor •  108 min 
Direção Zoltán Korda
Produção Alexander Korda
Roteiro Laurence Stallings
Rudyard Kipling
(romance)
Elenco Sabu
Joseph Calleia
John Qualen
Gênero Aventura
Música Miklós Rózsa
Direção de arte J. McMillan Johnson
Jack Okey
Direção de fotografia Lee Garmes
W. Howard Greene
Efeitos especiais Lawrence W. Butler
Companhia(s) produtora(s) Alexandr Korda Films
Distribuição United Artists
Lançamento Estados Unidos 3 de abril de 1942
Brasil 25 de maio de 1942
Portugal 16 de abril de 1943
Idioma Inglês

Jungle Book é uma coprodução anglo/norte-americana de 1942, do gênero aventura, dirigido por Zoltan Korda.

Notas sobre a produção[editar | editar código-fonte]

The Jungle Book
Rosemary DeCamp, que faz o papel de mãe de Mowgli, em cena do filme.

O filme é a primeira versão cinematográfica de "The Jungle Book", romance clássico de Rudyard Kipling, publicado em 1894. O roteirista Laurence Stallings tomou muitas liberdades com o texto do livro, tendo aproveitado alguns elementos e inventado outros.[2] O resultado é uma adaptação pouco fiel ao original, porém a produção luxuosa e a fotografia em Technicolor -- indicada ao Oscar -- tornaram esse fato irrelevante para as plateias da época.[3]

O filme recebeu quatro indicações ao Oscar, entre elas as referentes à fotografia e aos efeitos especiais.

Jungle Book também é conhecido como Rudyard Kipling's Jungle Book e, no Brasil, Mogli -- O Menino Lobo.

A obra de Kipling tem sido frequentemente adaptada tanto para o cinema quanto para a televisão. Uma das mais festejadas é The Jungle Book (2016), dirigida por Jon Favreau.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Mowgli é um menino perdido na selva, criado por lobos e amigo do tigre Shere Khan e da pantera Bagheera. Apesar de não ter dificuldades em se comunicar com animais, Mowgli deseja estabelecer contato com os humanos. Já adolescente, ele retorna para sua vila de origem e tenta adaptar-se aos costumes de Buldeo e a filha Mahala, que o acolheram. Certo dia, ao visitar a floresta, Mowgli e Mahala encontram uma moeda de ouro, o que desperta a ganância de Buldeo. Este e seus asseclas Barbeiro e Guru saem atrás do tesouro e acabam mortos. Por fim, desiludido com aqueles de sua própria raça, Mowgli volta para a selva, onde o esperam seus fiéis amigos.[2][3]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Principais premiações[editar | editar código-fonte]

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Direção de Arte (em cores)
Melhor Fotografia (em cores)
Melhor Trilha Sonora Original (drama ou comédia)
Melhores Efeitos Especiais
Indicado
Indicado
Indicado
Indicado
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jungle Book (1942)

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Sabu Mowgli
Joseph Calleia Buldeo
John Qualen Barbeiro
Frank Puglia Guru
Rosemary DeCamp Messua
Patricia O'Rourke Mahala
Ralph Byrd Durga
John Mather Rao
Faith Brook Jovem inglesa
Noble Johnson Sikh

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mogli - O Menino Lobo no CinePlayers (Brasil)
  2. a b Bergan, Ronald (1986). The United Artists Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706425819 
  3. a b Erickson, Hal. «Jungle Book» (em inglês). AllMovie. Consultado em 7 de maio de 2017. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.