Leão IV, o Cazar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Leão IV.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde maio de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Leão IV
Imperador dos Romanos
Leo iv constantine vi coin.jpg
Leão IV e seu filho Constantino VI
Reinado 775 - 780
Consorte Irene de Atenas
Antecessor(a) Constantino V
Sucessor(a) Constantino VI
Dinastia Isáurica
Nascimento 25 de janeiro de 750
Morte 8 de setembro de 780 (30 anos)
Filho(s) Constantino VI
Pai Constantino V
Mãe Irene da Cazária

Leão IV, dito Cazar (em grego: Λέων Δ΄, Leōn IV), (25 de janeiro de 7508 de setembro de 780), foi imperador bizantino de 775 a 780.

Vida[editar | editar código-fonte]

Leão era filho do imperador Constantino V e da sua primeira esposa, a cazar Irene da Cazária (Tzitzak). O seu avô materno era Bihar, um rei cazar. Leão foi coroado co-imperador pelo seu pai em 751, e casou-se com a ateniense Irene em 769. Sucedeu ao seu pai em 775.

No ano seguinte, associou o seu jovem filho, Constantino, a si mesmo como imperador, e sufocou o primeiro de uma série de levantes comandados pelos seus meios-irmãos Cristóvão e Nicéforo, provocados por essa mesma associação. Os pretendentes falhados ao trono tiveram seus olhos vazados, tonsurados e exilados.

Durante o seu curto reinado, Leão combateu o Califado Abássida de Almadi. O imperador enviou tropas para a Síria sob o comando de Miguel Lacanodraco entre 776 e 778. No entanto, as forças abássidas conseguiram fazer incursões na Anatólia em 776, 779 e 780.

Ao contrário dos seus pai e avô, Leão mostrou-se bastante tolerante para com os iconódulos e colocou no patriarcado de Constantinopla um iconófilo, Paulo de Ciro. Só no final do seu reinado, em 780, é que mandou torturar e executar uma série de oficiais iconódulos. Seguindo o exemplo do seu pai, preparou uma expedição contra os búlgaros de Kardam, mas morreu antes de obter quaisquer resultados.

Leão foi muito influenciado pela sua mulher a imperatriz Irene, e quando morreu subitamente em 780 foi a ela que coube a guarda do seu filho e sucessor, Constantino VI.

Família[editar | editar código-fonte]

Com a sua mulher Irene, Leão IV teve apenas um filho:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The Oxford Dictionary of Byzantium, Oxford University Press, 1991.
Precedido por
Constantino V
Imperador bizantino
775 - 780
Sucedido por
Constantino VI
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.