Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry
AOMC Beh 592.JPG
Um combóio da AOMC
Informações
Proprietário Transportes públicos do Chablais
Local Suíça
Tipo de transporte Ferrovia
Número de estações 29
Website www.tpc.ch
Funcionamento
Início de funcionamento 1907 (109 anos)
Sigla(s) do material circulante TPC
Dados técnicos
Extensão do sistema 23,138 km (14,4 mi)
Bitola Bitola métrica
1 000 m (3 280 ft)

A Linha Aigle-Ollon-Monthey-Champéry (AOMC) é uma linha de caminho de ferro de 23 km, a via única, de bitola métrica que circula no cantão de Flag of Canton of Vaud.svg Vaud entre Aigle e Champéry.

A AOMC é uma das linhas dos Transportes públicos do Chablais (TPC) que além desta possui:

Os Transportes públicos do Chablais (TPC) são uma empresa ferroviária do cantão de Vaud que foi criada em 1999 com a fusão de quatro companhias de caminho de ferro a bitola métrica na região do Chablais Vaudois, Além do caminho de ferro esta empresa também possui uma rede de autocarros.

História[editar | editar código-fonte]

À partida de Aigle

Os anos 1890 marcam um verdadeiro frenesim do caminho de ferro e Aigle é o fulcro de diferentes projectos. Em 1897 é feito o pedido de uma concepção de ferrovia entre Aigle-Ollon-Villars, assim como para Bex-Gryon-Villars. Mas enquanto os trabalhos de Bex começam de seguida, o de Aigle não começa pois as discussões sobre o traçado eternizam-se até que em 1900 se opta por Aigle a Monthey via Ollon, a AOM.

Os habitantes de Val de Illiez tendo conhecimento do que se passa com a AOM fazem também um pedido para uma linha, sem cremalheira, Monthey-Champéry (MA), e com um desvio em Illiez para Morgins. Este desvio que nunca foi concretizado, porque os cálculos de rentabilidade não eram bons e porque a Primeira Guerra Mundial tudo fez parar.

Em Janeiro de 1946 a AOM e a MA fusionam para formar a AOMC. Enquanto em 1907 eram precisos entre 40 e 45 min para ir de Aile a Monthey, a compra de novo material em 1954 diminui o tempo de metade, e na mesma altura Monthey-Champéry passa também de 69 a 35 min.

Datas[editar | editar código-fonte]

  • 1857 : chegada a Aigle da linha Lausana-Simplon
  • 1907 : abertura da linha Aigle-Monthey pelo caminho de ferro Aigle–Ollon–Monthey (AOM)
  • 1908 : abertura da linha Monthey-Champéry pelo caminho de ferro Monthey–Champéry–Morgins (MCM)
  • 1946 : fusão das duas companhias AOM e MCM que formam a actual AOMC
  • 1991 : prolongação até a Oeste de Champéry, à partida do teleférico
  • 1999 : regroupamento da ASD, da AL, da BVB e da OMC para formar os TPC

Características[editar | editar código-fonte]

  • Comprimento; 23 km
  • Bitola; métrica
  • Declive máx; 65 ‰
    • Aigle, 415 m
    • Champéry, 1 055 m
  • Cremalheira;
  • Linha de via única

Imagens[editar | editar código-fonte]

Imagens da construção das linhas, na referência, TPC: Historique.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]