Linha Aigle-Leysin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Linha Aigle-Leysin
Aigle AL 1979.jpg
Estação Angie da CFF em 1979
Informações
Proprietário Transportes públicos do Chablais
Local Suíça
Tipo de transporte Ferrovia
Funcionamento
Início de funcionamento 1900 (116 anos)
Dados técnicos
Extensão do sistema 6,209 km (3,86 mi)
Bitola Bitola métrica
1 000 mm (3,28 ft)
Eletrificação 1500 V DC

A Linha Aigle-Leysin (AL) é linha de caminho de ferro de 6,2 km, a via única, de bitola métrica que circula no cantão de Flag of Canton of Vaud.svg Vaud entre Aigle e Leysin.

A AL é uma das linhas dos Transportes públicos do Chablais (TPC) que além desta possui:

AL à partida de Aigle

Os Transportes públicos do Chablais (TPC) são uma empresa ferroviária do Cantão de Vaud que foi criada em 1999 com a fusão de quatro companhias de caminho de ferro a bitola métrica na região do Chablais Vaudois, Além do caminho de ferro esta empresa também possui uma rede de autocarros.

História[editar | editar código-fonte]

Um eléctrico da AL

O destino de Leysin, aldeia de agricultura de montanha, muda radicalmente nos anos 1880, quando se verifica que a sua situação favorece o desenvolvimento de sanatórios para tratar os tuberculosos, mas rapidamente o serviço de diligências que demora 3 a 5 horas para fazer o trajectoAigle-Sépey-{Leysin]] não satisfaz as exigências, mesmo da época. Em 1885 começa a falar-se entre o habitantes e os directores dos hotéis e sanatórios de Leysin de uma ligação por eléctrico e em Setembro de 1891 é feito um pedido para a criação de um caminho de ferro misto - aderência/cremalheira - entre Aigle e Leysin com 6,9 km de comprimento e uma porção a cremalheira de 5 km com um declive de 2 por mil. Os estatutos da AL são aceites, e em breve uma petição é lançada por Aigle-Aldeia para a construção de uma estação de caminho de ferro o que não é do agrado da AL a face com várias despesas.

Depois de ser ter optado pela bitola métrica, foi aberta uma porção entre por eléctrico entre Aigle e o Grande Hotel dos Banhos, em Aigle. A inauguração teve lugar a 5 de Maio de 1910, quando se trabalhava na extensão até Feydey, que ela foi inaugurada a 5 de Novembro desse ano. Os resultados são espectaculares em valores de frequência e de benefícios, a tal ponto que para não pagar tantos impostos a AL decide de mandar construir um viaduto de 200 m entre Leysin-Village e Leysin-Feydey.

O sucesso da AL suscita o interesse e são pedidas vários concecções como:

  • 1909; Funicular Leysin Aldeia-Feydey
  • Funicular Feydey-Temeley
  • 1912; Linha de ferro mista Feydey–Lac d’Aï

Os anos 1930 foram menos brilhantes pelo que fechou a ligação Aigle e o Grande Hotel dos Banhos e o Grande Hotel em 1934. Em 1950 pôs em serviço novas automotoras e Leysin evoluiu para uma estação turística a tal ponto que me 1971 atingiu-se o número recorde de 331 092 passageiros.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Comprimento; 6,2 km
  • Bitola; métrica
  • Declive máx; 23 ‰
  • Cremalheira; Sistema Abt
  • Linha de via única

Imagens[editar | editar código-fonte]

Imagens da construção das linhas, na referência, TPC: Historique.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]