Luís Correia (Piauí)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Luís Correia
"Capital do Litoral Piauiense"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
[[1]]
Aniversário 26 de junho
Fundação 1820 (197 anos)
Emancipação 26 de junho de 1935 (81 anos)
Gentílico luís-correiense
Prefeito(a) Francisco Araújo Galeno (PSB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Luís Correia
Localização de Luís Correia no Piauí
Luís Correia está localizado em: Brasil
Luís Correia
Localização de Luís Correia no Brasil
02° 87' 44" S 41° 66' 01" O02° 87' 44" S 41° 66' 01" O
Unidade federativa  Piauí
Mesorregião Norte Piauiense IBGE/2008[1]
Microrregião Litoral Piauiense IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Sul: Bom Princípio do Piauí e Cocal
Leste: Cajueiro da Praia e estado do Ceará
Oeste: Parnaíba
Norte: Oceano Atlântico
Distância até a capital 365 km
Características geográficas
Área 1 071,276 km² [2]
População 28,406 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 0,03 hab./km²
Altitude 10 m
Clima Tropical Litorâneo Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,573 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 145 514 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 5 011,84 IBGE/1012[5]
Página oficial

Luís Correia é um município do nordeste brasileiro, situado ao norte do estado do Piauí. É um dos quatro municípios litorâneos do Piauí, e também um dos mais visitados por turistas e banhistas ao longo de todo o ano.

Em períodos festivos a cidade chega a receber um número de visitantes cinco vezes maior que o total de sua população. Isso acontece principalmente no réveillon e carnaval, festas de destaque regional. No estado do Piauí, Luís Correia é o município com maior extensão de litoral, cerca de 46 km, mais da metade da área litorânea de todo o estado. 

O município abriga o único porto marítimo do Piauí, antiga Amarração, fundado em 1820 na foz do Iguaçu, pelo governo do Ceará[6].

História[editar | editar código-fonte]

Luís Correia originalmente chamava-se Vila da Amarração, território piauiense que começou a ser povoado por volta de 1820.

A cidade chegou a estar sob a jurisdição do estado de Ceará, mas no ano de 1880, voltou a pertencer ao estado do Piauí, após o governo deste reivindicar de volta seu território, e oferecer, em troca, dois importantes municípios piauienses, Independência e Príncipe Imperial, que hoje correspondem à região de Crateús e Independência, que mais adiante também emanciparia Novo Oriente, ambas no Ceará.

No estado, o município foi o primeiro alforriar seus escravos, por iniciativa de Joaquim Rodrigues da Costa (Comendador das Rosas), que em 1886, liberou os 14 negros de sua propriedade. A importância social e histórica de sua ação hoje é simbolizada na figura de uma corrente quebrada no Brasão do município.

Em 1935, o município passou a ser chamado de Luís Correia, em homenagem ao ilustre habitante Luís de Morais Correia, que foi escritor, jornalista, promotor público nas cidades de Teresina e Parnaíba, secretário da fazenda do estado do Ceará, secretário de polícia, procurador do estado do Piauí e Juiz Federal[7].

Lista de Prefeitos[editar | editar código-fonte]

  • Manoel Rodrigues Vieira
  • Anacleto Thiers Carneiro
  • Osvaldo Sales dos Santos
  • João Batista Fontenele de Araújo
  • José Ivo dos Santos
  • Francisco Sales dos Santos
  • Francisco da Cunha Oliveira
  • João Soares de Sousa
  • Pedro Pereira Fontenele
  • Antonio de Pádua da Costa Lima
  • Manoel de Melo Lopes Pedrosa
  • José Paixão de Araújo
  • Vicente José dos Santos Ribeiro
  • Luiz Eduardo dos Santos Pedrosa
  • Antônio José dos Santos Lima
  • Francisco Araújo Galeno
  • Adriane Maria Magalhães Prado
  • Francisco Araújo Galeno (2017-2020)

População[editar | editar código-fonte]

A cidade conta com 28.406 habitantes, de acordo com o censo demográfico feito pelo IBGE em 2010. A estimativa em 2016 pelo mesmo instituto é de 29.683 pessoas. Densidade demográfica: 26,52 hab/km2. Gentílico: luís-correiense.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 02º52'45" sul e a uma longitude 41º40'01" oeste, estando a uma altitude média de 10 metros acima do nível do mar.

Limites geográficos:

Leste - Povoados de Coqueiro, Barra Grande, Macapá, Cajueiro da Praia e Estado do Ceará

Oeste - Rio Igaraçu e Estado do Maranhão

Norte - Oceano Atlântico

Sul - Cidade de Parnaíba-PI

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Praia de Atalaia.

Uma das praias mais conhecidas e visitadas no município, mais próxima do centro da cidade e ao Porto de Luis Correia. Possui ventos fortes e com barracas recentemente padronizadas pelo governo do estado.

  • Praia do Coqueiro.

Apresenta lindas paisagens dominadas por coqueiros, e onde esta situada uma vila de pescadores. Possui ventos calmos e dista de 10,7km ao leste do centro da cidade.

  • Lagoas de Sobradinho, Santana, São Bento e Alagadiço[6].
  • Praia de Maramar.

Uma praia paradisíaca afastada dos centros urbanos, propícia para o banho e para a prática de kitesurf, atraindo turistas de todas as regiões do Brasil e do Mundo, boa parte deles praticante de kitesurf. A praia conta com uma estrutura completa de hospedagem, com pousadas e Resorts.

A gastronomia também é um dos atrativos desta praia que fica apenas a 25,9 km do centro de Luis Correia.

Praia de Macapá[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Em Luís Correia o clima é considerado tropical com variações litorâneas. Os maiores índices de chuva costumam ser registrados durante o verão e outono (meses de dezembro a abril), enquanto que o inverno e primavera é a estação mais seca (meses de maio a dezembro), quando a pluviosidade é inferior aos 50mm. Com um clima quente (Aw), a média anual varia em torno dos 27.5 °C e a pluviosidade média anual são de 1172 mm.

Em setembro a pluviosidade média é de 1mm, sendo esse o mês mais seco do ano e também o mais quente, com média de temperara de superiores aos 28 °C. Por outro lado, com uma média de 289 mm, o mês de março é o mês de maior precipitação, período que marca o final do verão na região. Durante o inverno, junho é o mês com a mais baixa temperatura.

A variação de temperaturas médias ao longo do ano é de 1,5 °C, um valor bastante pequeno se considerado a outras regiões do estado, como por exemplo, na Serra da Capivara onde a variação média anual pode chegar aos 4 °C.

Com um clima bastante estável, Luís Correia proporciona dias sempre quentes amenizados pelas fortes correntes de vento. Com águas de temperatura sempre em torno dos 26 °C, o Oceano Atlântico propicia aos turistas ótimas condições para um “dia de praia”[8].

Dados climatológicos para Luís Correia
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32,6 31,7 31,1 31,3 31,7 32,2 32,9 33,4 34 34,1 33,9 33,2 32,7
Temperatura média (°C) 27,4 27,1 26,9 27 27 26,9 27,3 27,6 28,4 28,4 28,4 28 27,5
Temperatura mínima média (°C) 22,2 22,5 22,7 22,6 22,2 21,5 21,6 21,7 22,7 22,6 22,8 22,7 22,3
Precipitação (mm) 134 208 289 265 168 37 18 3 1 4 8 37 1 172

Acessos[editar | editar código-fonte]

Rodoviário[editar | editar código-fonte]

Ao sul pela BR-343, vindo de Parnaíba-PI (distante 14,4km); Ao leste pela PI-116 vindo do povoado do Coqueiro-PI (distante 10,7km).

Aéreo[editar | editar código-fonte]

Atualmente duas empresas atendem no Aeroporto de Parnaíba (distante 9,4km ao sul via BR-343) :

Piquiatuba, com vôo semanal às sextas-feiras, originado de Teresina-PI e aos domingos com destino a Teresina-PI;

Azul Linhas Aéreas, com vôos semanais aos sábados originado e com destino a Recife-PE.

Hidroviário[editar | editar código-fonte]

Através do rio Igaraçu, afluente do Rio Parnaíba, ao oeste/norte da cidade. O mesmo rio desemboca no Oceano Atlântico, ao norte da cidade, no porto de Luis Correia.

Através do mar aberto, pelo Oceano Atlântico, ao norte da cidade. Abrange as praias de: Atalaia, Peito de Moça, Coqueiro, Itaqui.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. a b Piauí Home Page (2000). «Visite o Piauí». Piauí HP. Consultado em Maio de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. IBGE (2010). «Histórico do Município de Luís Correia». Site IBGE. Consultado em Maio de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Climate (2010). «Climatologia de Luís Correia». Climate pt. Consultado em Maio de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.