Luís Correia (Piauí)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Luís Correia
  Município do Brasil  
Vista da praia de Atalaia
Vista da praia de Atalaia
Símbolos
Bandeira de Luís Correia
Bandeira
Hino
Gentílico luís-correiense
Localização
Localização de Luís Correia no Piauí
Localização de Luís Correia no Piauí
Luís Correia está localizado em: Brasil
Luís Correia
Localização de Luís Correia no Brasil
Map
Mapa de Luís Correia
Coordenadas 2° 53' 47" S 41° 39' 33" O
País Brasil
Unidade federativa Piauí
Municípios limítrofes Sul: Bom Princípio do Piauí e Cocal
Leste: Cajueiro da Praia, Chaval (CE) e Granja (CE)
Oeste: Parnaíba
Norte: Oceano Atlântico
Distância até a capital 365 km
História
Fundação 1820 (203 anos)
Emancipação 26 de julho de 1938 (84 anos)
Administração
Prefeito(a) Maria das Dores Fontenele Brito (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 1 071,276 km²
População total (IBGE/2019[2]) 29 498 hab.
Densidade 27,5 hab./km²
Clima Tropical Litorâneo (Aw)
Altitude 10 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2019[3]) 0,673 médio
PIB (IBGE/2019[4]) R$ 155 514 mil
PIB per capita (IBGE/2019[4]) R$ 5 010,84
Sítio luiscorreia.pi.gov.br (Prefeitura)

Luís Correia é um município do nordeste brasileiro, situado ao norte do estado do Piauí. É um dos quatro municípios litorâneos do Piauí, e também um dos mais visitados por turistas e banhistas ao longo de todo o ano. Em 1931 o município se chamava Amarração[5] e perdera a sua autonomia, passando a integrar o Município de Parnaíba, como Distrito. E, em 1935, por decreto Estadual, teve o nome mudado para Luís Correia, em homenagem ao ilustre homem público jornalista e literato, Luiz Moraes Correia, nascido no Município.

Em períodos festivos a cidade chega a receber um número de visitantes cinco vezes maior que o total de sua população. Isso acontece principalmente no réveillon e carnaval, festas de destaque regional. No estado do Piauí, Luís Correia é o município com maior extensão de litoral, cerca de 46 km, mais da metade da área litorânea de todo o estado.

O município abriga o Porto de Amarração, único do Piauí, fundado em 1820 na foz do Rio Igaraçu, pelo governo do Ceará.[6]

Clima[editar | editar código-fonte]

Em Luís Correia o clima é considerado tropical com variações litorâneas. Os maiores índices de chuva costumam ser registrados durante o verão e outono (meses de dezembro a abril), enquanto que o inverno e primavera é a estação mais seca (meses de maio a dezembro), quando a pluviosidade é inferior aos 50mm. Com um clima quente (Aw), a média anual varia em torno dos 27.5 °C e a pluviosidade média anual são de 1172 mm.

Em setembro a pluviosidade média é de 1mm, sendo esse o mês mais seco do ano e também o mais quente, com média de temperara de superiores aos 28 °C. Por outro lado, com uma média de 289 mm, o mês de março é o mês de maior precipitação, período que marca o final do verão na região. Durante o inverno, junho é o mês com a mais baixa temperatura.

A variação de temperaturas médias ao longo do ano é de 1,5 °C, um valor bastante pequeno se considerado a outras regiões do estado, como por exemplo, na Serra da Capivara onde a variação média anual pode chegar aos 4 °C.

Com um clima bastante estável, Luís Correia proporciona dias sempre quentes amenizados pelas fortes correntes de vento. Com águas de temperatura sempre em torno dos 26 °C, o Oceano Atlântico propicia aos turistas ótimas condições para um “dia de praia”.[7]

Dados climatológicos para Luís Correia
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32,6 31,7 31,1 31,3 31,7 32,2 32,9 33,4 34 34,1 33,9 33,2 32,7
Temperatura média (°C) 27,4 27,1 26,9 27 27 26,9 27,3 27,6 28,4 28,4 28,4 28 27,5
Temperatura mínima média (°C) 22,2 22,5 22,7 22,6 22,2 21,5 21,6 21,7 22,7 22,6 22,8 22,7 22,3
Precipitação (mm) 134 208 289 265 168 37 18 3 1 4 8 37 1 172

Cultura[editar | editar código-fonte]

Adrião Neto.

O município possui a Biblioteca Pública e é terra natal de escritores, entre os quais, o historiador Adrião Neto, autor da proposta de inclusão da data da Batalha do Jenipapo na bandeira do Piauí.[8]

Estação Ferroviária de Luís Correa, construída em 1922 pela EFCP e figura como uma das edificações do patrimônio cultural e histórico do município.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2019). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2019». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2019 
  5. «:: Piauí.com.br ::». www.piaui.com.br. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  6. Piauí Home Page (2000). «Visite o Piauí». Piauí HP. Consultado em 1 de maio de 2015. Arquivado do original em 9 de outubro de 2015 
  7. Climate (2010). «Climatologia de Luís Correia». Climate pt. Consultado em 1 de maio de 2015 
  8. LIMA, Francisco de Assis de. A Batalha, o reconhecimento. Campo Maior; edição autor, 2009
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Piauí é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.