Man in the Box

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Man In The Box"
Single de Alice in Chains
do álbum Facelift
Lançamento Janeiro de 1991[1]
Gravação 1990
Gênero(s) Grunge, metal alternativo, hard rock, rock alternativo
Duração 4 min 46 s
Gravadora(s) Columbia Records
Composição Jerry Cantrell
Letrista(s) Layne Staley
Produção Dave Jerden
Alice in Chains
Cronologia de singles de Alice in Chains
"We Die Young"
(1990)
"Sea of Sorrow"
(1991)

"Man In The Box" é uma canção da banda de rock americana Alice in Chains, e o segundo single do álbum Facelift (1990), lançado em Janeiro de 1991.[1]

Origem[editar | editar código-fonte]

Em entrevista ao canal MuchMusic em 1991, Layne Staley afirmou que é letra de "Man In The Box" é sobre censura na mídia de massa, e que "eu estava realmente chapado quando a escrevi."[2]

No encarte do box-set Music Bank de 1999, Jerry Cantrell disse sobre a canção:

"Todo aquele ritmo e batida foi quando nós começamos a nos encontrarmos, ajudou o Alice a ser tornar o que era."

Recepção[editar | editar código-fonte]

A canção se encontra na 19ª posição da 40 Greatest Metal Songs, da VH1[3] e seu solo foi classificado como 77º melhor solo de guitarra pela Guitar World. Ela é muito considerada como a assinatura da banda e a canção mais conhecida.

Na cultura pop[editar | editar código-fonte]

"Man In The Box" apareceu em diversos filmes, incluindo The Perfect Storm e Lassie. A canção também foi usada em várias versões de trailers para o filme Collateral, de 2004 (apesar de não ter sido incluida na trilha sonora do filme), como a canção-tema do lutador profissional Tommy Dreamer, e na série de televisão do produtor Jerry Bruckheimer, Cold Case.

Também foi utilizada para jogos de hóquei quando um pênalti é marcado no campo adversário, e o esquiador deve ir a marca do pênalti. Richard Cheese and Lounge Against the Machine transformaram esta canção para um estilo lounge no seu álbum "Aperitif for Destruction", de 2005.

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

No último concerto do Alice in Chains com Staley, em 3 de julho de 1996, eles fecharam a noite com "Man In The Box". Muitos veêm este como o modo perfeito de Layne ter encerrado sua carreira com o Alice in Chains, com a canção que os fez chegar à fama.

Tema[editar | editar código-fonte]

"Man in the Box" (1990)
reproduzir (beta) — info
{{{description}}}
  • Está com problemas ao reproduzir os arquivos? Veja a ajuda.

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD Promocional[editar | editar código-fonte]

01. Man In The Box (Edit)

02. Man In The Box (Album Version)

Fita Cassete[editar | editar código-fonte]

Lado 01[editar | editar código-fonte]

01. Man In The Box (Single Version)

Lado 02[editar | editar código-fonte]

Trechos de:

01. Sea Of Sorrow

02. Bleed The Freak

03. Sunshine

CD Single[editar | editar código-fonte]

01. Man In The Box (Single Version)

02. Sea Of Sorrow

03. Bleed The Freak

04. Sunshine

Créditos[editar | editar código-fonte]

A relação de faixas originais do Facelift creditou apenas a Layne Staley e Jerry Cantrell pela composição da música. Todas as compilações pós-Facelift creditaram toda a banda. Não é claro o porquê de os créditos terem sido alterados.

Posições nas paradas[editar | editar código-fonte]

Ano Single Parada Posição
1991 Man In The Box Mainstream Rock Tracks 19
2000 Man In The Box Mainstream Rock Tracks 39

Referências

  1. a b «Alice In Chains Timeline». SonyMusic.com. Consultado em 14 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 7 de outubro de 1999 
  2. «Layne Staley and Sean Kinney on dark songs and the meaning of "Man In The Box"» 
  3. VH1 40 Greatest Metal Songs. VH1.com (1/05/2006). Retirado em 30 de março de 2007.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.