Man in the Box

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Man In The Box"
Single de Alice in Chains
do álbum Facelift
Lançamento Janeiro de 1991[1]
Gravação 1990
Gênero(s) Grunge, metal alternativo, hard rock, rock alternativo
Duração 4 min 46 s
Gravadora(s) Columbia Records
Composição Jerry Cantrell
Letrista(s) Layne Staley
Produção Dave Jerden
Alice in Chains
Cronologia de singles de Alice in Chains
"We Die Young"
(1990)
"Sea of Sorrow"
(1991)

"Man In The Box" é uma canção da banda de rock americana Alice in Chains, e o segundo single do álbum Facelift (1990), lançado em Janeiro de 1991.[1] O single atingiu a 18ª posição da parada Mainstream Rock da Billboard, e foi indicada ao Grammy de Melhor Performance Hard Rock em 1992. A canção foi incluída nas compilações Nothing Safe: Best of the Box (1999), Music Bank (1999), Greatest Hits (2001), e The Essential Alice in Chains (2006). "Man In The Box" foi a segunda canção mais tocada da década nas rádios de rock americanas entre 2010 e 2019.

Origem[editar | editar código-fonte]

Em entrevista ao canal MuchMusic em 1991, Layne Staley afirmou que é letra de "Man In The Box" é sobre censura na mídia de massa, e que "eu estava realmente chapado quando a escrevi."[2]

A idéia de usar uma talkbox (também conhecida como voice box) na canção veio do produtor Dave Jerden após ouvir "Livin' on a Prayer" do Bon Jovi no rádio a caminho do estúdio.[3]

No encarte do box-set Music Bank de 1999, Jerry Cantrell disse sobre a canção:

"Todo aquele ritmo e batida foi quando nós começamos a nos encontrarmos, ajudou o Alice a ser tornar o que era."

Recepção[editar | editar código-fonte]

"Man In The Box" foi indicada ao Grammy de Melhor Performance Hard Rock em 1992.[4]

A canção se encontra na 19ª posição da lista das "40 Maiores Canções de Metal" da VH1,[5] na 50ª posição da lista das "100 Maiores Canções dos Anos 90" também da VH1 em 2007,[6] e seu solo foi classificado como 77º melhor solo de guitarra pela revista Guitar World em 2008.[7] Ela é muito considerada como a assinatura da banda e a canção mais conhecida.

De acordo com a Nielsen Music, "Man In The Box" foi a segunda canção mais tocada da década nas rádios de rock americanas entre 2010 e 2019.[8]

Na cultura pop[editar | editar código-fonte]

"Man In The Box" apareceu em diversos filmes, incluindo Lassie (1994),[9] The Perfect Storm (2000),[10] Funny People (2009)[11] e Always Be My Maybe (2019).[12] A canção também foi usada em várias versões de trailers para o filme Collateral, de 2004 (apesar de não ter sido incluida na trilha sonora do filme), como a canção-tema do lutador profissional Tommy Dreamer,[13] e nas séries de TV Beavis and Butt-Head (1993),[14] Dead at 21 (1994),[14] Cold Case (2005),[14] e Supernatural (2016).[14]

Também foi utilizada para jogos de hóquei quando um pênalti é marcado no campo adversário, e o esquiador deve ir a marca do pênalti. Richard Cheese and Lounge Against the Machine transformaram esta canção para um estilo lounge no seu álbum "Aperitif for Destruction", de 2005.

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

No último concerto do Alice in Chains com Layne Staley, em 3 de julho de 1996, eles fecharam a noite com "Man In The Box". Muitos veêm este como o modo perfeito de Layne ter encerrado sua carreira com o Alice in Chains, com a canção que os fez chegar à fama.

Tema[editar | editar código-fonte]

"Man in the Box" (1990)
reproduzir (beta) — info
{{{description}}}
  • Está com problemas ao reproduzir os arquivos? Veja a ajuda.

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD Promocional[editar | editar código-fonte]

01. Man In The Box (Edit)

02. Man In The Box (Album Version)

Fita Cassete[editar | editar código-fonte]

Lado 01[editar | editar código-fonte]

01. Man In The Box (Single Version)

Lado 02[editar | editar código-fonte]

Trechos de:

01. Sea Of Sorrow

02. Bleed The Freak

03. Sunshine

CD Single[editar | editar código-fonte]

01. Man In The Box (Single Version)

02. Sea Of Sorrow

03. Bleed The Freak

04. Sunshine

Créditos[editar | editar código-fonte]

A relação de faixas originais do Facelift creditou apenas a Layne Staley e Jerry Cantrell pela composição da música. Todas as compilações pós-Facelift creditaram toda a banda. Não é claro o porquê de os créditos terem sido alterados.

Posições nas paradas[editar | editar código-fonte]

Ano Single Parada Posição
1991 Man In The Box Mainstream Rock Tracks 18
2000 Man In The Box Mainstream Rock Tracks 39

Referências

  1. a b «Alice In Chains Timeline». SonyMusic.com. Consultado em 14 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 7 de outubro de 1999 
  2. «Layne Staley and Sean Kinney on dark songs and the meaning of "Man In The Box"» 
  3. de Sola, David (4 de agosto de 2015). Alice in Chains: The Untold Story. [S.l.]: Thomas Dunne Books. pp. 115–116. ISBN 978-1250048073 
  4. «The Grammy Nominations». Los Angeles Times. 9 de janeiro de 1992 
  5. VH1 40 Greatest Metal Songs. VH1.com (1/05/2006). Retirado em 30 de março de 2007.
  6. «VH1's 100 Greatest Songs Of The '90s: Not Enough Pavement». Stereogum. 12 de dezembro de 2007 
  7. «100 Greatest Guitar Solos». Guitar World. 28 de outubro de 2008 
  8. último, Philip (14 de janeiro de 2020). «Nirvana Were the Most-Played Band of the Decade on Rock Radio». Loudwire 
  9. «Man In The Box em "Lassie" (1994)» 
  10. «Man In The Box no filme "Mar Em Fúria" (2000)» 
  11. «Funny People Soundtrack». Whatsong 
  12. Allen, Ben (29 de maio de 2019). «Here's every song featured in Netflix romcom Always Be My Maybe». Radio Times 
  13. McNeill, Pat (17 de abril de 2002). The Tables All Were Broken, McNeill's Take on the End of Professional Wrestling As We Know It. [S.l.: s.n.] p. 197. ISBN 978-0595224043 
  14. a b c d «Alice in Chains - Soundtrack». IMDb