Margarida Skulesdatter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Margarida Skulesdatter
Haakon IV, Margarida e seu filho Haakon V.Imagem de um saltério de Margarida
Rainha Consorte da Noruega
Reinado 25 de maio de 122516 de dezembro de 1263
Coroação 29 de julho de 1247
 
Esposo Haakon IV da Noruega
Descendência Olavo
Haakon Haakonsson, o Jovem
Cristina
Magno
Casa Casa de Gille, por nascimento
Casa de Sverre, por casamento
Nascimento 1208
  Rissa
Morte 1270 (62 anos)
  Rissa
Pai Skule Bårdsson
Mãe Ragnhild Jonsdotter
Ruínas do mosteiro de Rein, em Rissa, onde Margarida passou seus últimos anos.

Margarida Skulesdatter (em nórdico antigo: Margrét Skúladóttir, em norueguês: Margrete Skulesdatter; Rissa, 12081270) foi rainha de Noruega entre 1219 e 1263 ao se casar com o rei Haakon IV.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filha do duque Skule Bårdsson e de uma mulher de nome Ragnhild Jonsdotter. Pertencia a uma família nobre muito poderosa, aparentada com o rei Ingo II de Noruega. Seu pai era o chefe do exército, um das personagens mais influentes na política e aspirante ao trono.

Em 1219, em Bergen, foi comprometida com o jovem rei Haakon IV, de tão só 15 anos de idade, como um acordo entre os seguidores do monarca e o duque Skule. O acordo pretendia aparentar a Skule com a família real e dissuadí-lo de suas aspirações ao trono norueguês.

O casamento foi celebrado em 25 de maio de 1225. Ainda que fosse um casal resultado de um arranjo político, ao que parece foi afortunado, pese aos conflitos entre Haakon e Skule. Contudo e com o matrimônio de sua filha, o duque se levantou em armas em 1239, ainda que sem sucesso.

Depois da morte de seu marido nas Órcadas em 1263, Margarida recebeu o corpo em Noruega e organizou-lhe um funeral em Bergen em 22 de março de 1264. Depois retirou-se a Rissa, onde ingressou como freira no mosteiro fundado por seu pai. Ali faleceu em 1270.

Filhos[editar | editar código-fonte]

Os reis Haakon e Margarida tiveram a seguinte descendência:

  1. Olavo (nascido em 1226). Morreu na infância.[1]
  2. Haakon Haakonsson, o Jovem (1232–1257). Casou com Riquissa Birgersdotter, filha do nobre sueco Birger Jarl em 1251. Ele foi nomeado rei e corregente pelo seu pai em 1240, mas faleceu antes dele.[2]
  3. Cristina (1234–1262). Casou-se com Filipe, Infante de Castela, irmão de Afonso X de Castela em 1258. Ela morreu sem deixar filhos.[3]
  4. Magno (1238–1280). Casou-se com Ingeborg, filha de Érico IV da Dinamarca em 1261. Foi nomeado rei e co-governante após a morte de Haakon o Jovem. Sucedeu seu pai como Rei da Noruega após a morte dele.,

Referências

  1. Keyser, 1870, p. 230.
  2. Line, 2007, p. 589.
  3. «Kristin Håkonsdatter». Norsk biografisk leksikon (em norueguês). Store norske leksikon. Consultado em 12 de abril de 2012 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Keyser, Rudolf (1870). Norges historie. 2. Christiania (Oslo): P. T. Malling 
  • Line, Philip (2007). Kingship and state formation in Sweden, 1130-1290. [S.l.]: BRILL. ISBN 9789004155787 
  • Knut Helle: Margrete Skulesdatter in: Norsk biografisk leksikon.
  • Knut Helle: Under kirke og kongemakt 1130–1350. Oslo 1995. ISBN 82-03-22031-2. Reihe: Aschehougs Norges historie B. 3.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Margarida Skulesdatter