Melânia Gomes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Melânia Gomes
Nascimento 1 de outubro de 1984 (35 anos)
Tomar
Nacionalidade portuguesa
Ocupação atriz
Página oficial

Melânia Gomes (Tomar, 1 de Outubro de 1984) é uma actriz portuguesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Natural de Tomar (1 de Outubro de 1984), mudou-se para Viana do Castelo quando ainda era pequena[1].

Com 4 anos foi raptada pelo próprio pai depois de este a ter ido buscar a casa das tias[2].

Melânia Gomes descobre a sua paixão pelo teatro aos 4 anos, num "espectáculo" ainda no infantário. A sua primeira memória é a representar: fazia de sol...

Ainda pequena, começa a fazer teatro na Companhia de Teatro "O Trapo", grupo de teatro amador, sob a direcção de Lucílio Valdez e Dantas Lima, em Viana do Castelo, terra que a viu crescer. Chega a fazer uma tourné à Madeira, com “O Velho da Horta” de Gil Vicente.

Na escola, escreve e encena peças, que chegam a ser gravadas em estúdio. Organiza eventos, declama poesia, sempre muito activa e interveniente na sua escola e comunidade.

Aos 18 anos parte para Lisboa à procura de um sonho: ser actriz. É aceite numa audição, e começa a fazer teatro amador de Revista na Academia de Santo Amaro. No mesmo ano é aceite na audição do Teatro Maria Vitória, passando a profissional em Setembro de 2003.

Foi actriz residente em várias Revistas do Parque Mayer: “Vá 'pra Fora ou vai Dentro”, “Arre Potter qu'é Demais!”, “A Revista é Liiiinda!”, “Já Viram Isto?!”, “Hip Ho'Parque”, “Piratada à Portuguesa” e “Agarra que é Honesto”. Na área do teatro colaborou igualmente com a Companhia de Teatro de Almada, na peça de teatro televisivo “Dom Perlimplim com Belisa em seu Jardim”, de Garcia Lorca, no papel de Belisa (2009), e em "O Carteiro de Neruda", de Antonio Skármeta, no papel de Beatriz (2012), ambas encenadas pelo saudoso Joaquim Benite. Em 2008 é homenageada com o Prémio “Máscaras de Ouro”, distinção máxima no Teatro de Revista, pelas mãos de Hélder Freire Costa. Fez o seu primeiro monólogo no Teatro Estúdio Mário Viegas, em 2012, com um projecto muito especial e pessoal chamado "SILVINA GODINHO". Volta ao Teatro Maria Vitória como cabeça de cartaz em 2012\2013, com a Revista "Humor com Humor se Paga!".

Logo após a sua estreia no Teatro Maria Vitória é convidada por Camilo de Oliveira para participar no seu regresso à televisão com a serie “Camilo em Sarilhos”. Seguem-se séries como “Malucos do Riso”, "Maré Alta", “Câmara Café”, “A Minha Família”, “Floribela II”, “Liberdade 21”, e telenovelas como “Tu e Eu”, “Deixa-me Amar“ e “Flor do Mar”. Nesses primeiros anos de actividade na televisão, participou ainda em vários telefilmes e curtas-metragens, videoclips e campanhas publicitárias (com destaque para a do banco Montepio em 2008\2009). É imagem dos Momentos de Ouro da SIC 2005. Em 2008 é considerada uma das "Mais Belas de Portugal" e convidada para ser embaixadora de várias marcas.

Em 2009\2010 surpreende o grande público com a personagem Penélope, na telenovela "Deixa que te Leve" (TVI): uma cozinheira galega que se apaixona por um Lobisomem... Em 2011 atinge o auge de popularidade com a personagem Catarina, na telenovela "Espírito Indomável" (TVI), a proprietária dum restaurante que não sabe de quem é o pai da sua criança...

Foi Maria Salgado na mini-série "Redenção" da TVI, Teresa no Filme TVI "Ela por Ela", e Lúcia na telenovela "Anjo Meu" (TVI). Recentemente, surpreende com o papel ousado de Marisa, a amante do Dr. Pedro Carvalho (Diogo Infante), na telenovela "Mundo ao Contrário" (TVI).

Nos últimos anos fez várias dobragens e locuções. É a voz de companhia da M&M's, e a voz da personagem "Izzy Fuentes" da séria juvenil "I'm in the Band", transmitida pelo Disney Channel.

No cinema fez o seu primeiro grande papel com o filme "7 Pecados Rurais", realizado por Nicolau Breyner, ao lado de João Paulo Rodrigues, Patrícia Tavares, Nicolau Breyner, José Raposo, entre outros.

Gomes desde 2008 que dá a cara por uma das Marchas Populares de Almada, sendo ela a Madrinha de A Tarrafa - Associação Cultural e Recreativa da Trafaria, tendo a felicidade de no ano em que se estreou como Madrinha desta Marcha, ser campeã, de seguida no ano de 2009 ficaram em segundo lugar e em 2010, em terceiro lugar.

Desde 2010 é presença constante nas Marchas Populares de Lisboa, como madrinha de São Vicente (Padroeiro da Cidade de Lisboa e das marchas mais antigas a concurso).

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • 2017-2018 - Telenovela, A Herdeira, TVI, na personagem de Tina Barbosa.
  • 2016 - Telenovela A Impostora para a TVI na personagem de Vânia Tavares.
  • 2015 - Telenovela Água de Mar, RTP1, na personagem de Ester.
  • 2014 - Telenovela Mar Salgado, SIC, na personagem de Maria José/Zé Maria.
  • 2013 - Telenovela Mundo ao Contrário para a TVI, na personagem de Marisa Nunes.
  • 2012 - Filme TVI, "Ela Por Ela" na personagem de Teresa.
  • 2011 - Telenovela Anjo Meu para a TVI, na personagem de Lúcia Barbosa.
  • 2010 - Telenovela Espírito Indomável para a TVI, na personagem de Catarina Machado.
  • 2009 - Telenovela Deixa Que Te Leve para a TVI, na personagem de Penélope Bívar, realização de António Correia, Jorge Humberto, Gonçalo Mourão, Afonso Pimentel e Luís Justo.
  • 2008 – Telenovela Flor do Mar para a TVI, na personagem de Isabel Dias, realização de António Moura Mattos, Cláudio François, Nuno Franco e Paulo Brito.
  • 2008 – Série Liberdade 21 para a RTP1, na personagem de Carlota, realização de Patrícia Sequeira e Sérgio Graciano.
  • 2008 – Casos da Vida episódio "Divino Pecado" para a TVI, na personagem de Diabolika / Maria das Dores, realização de António Moura Mattos.
  • 2008 – Telenovela Deixa-me Amar para a TVI, na personagem de Joana, realização de Manuel Amaro da Costa, Jorge Humberto e Telma Meira.
  • 2007 – Floribela para a SIC, na personagem de Jéssica, realização de Atílio Riccó e Rodrigo Riccó.
  • 2007 – Telenovela Tu e Eu para a TVI, na personagem de Marta, realização de Manuel Amaro da Costa, Jorge Humberto e Telma Meira.
  • 2006/2007 – Série A Minha Família, na personagem de Marta, para a RTP1. Realização de Jorge Marecos e Jorge Queiroga.
  • 2006 – Videoclip do álbum Porto do Abrigo do cantor Beto, produzido pela Briskman.
  • 2006 – Sitcom Câmara Café na personagem de Alexandra Valente, para a RTP1. Realização de Fernando Ávila.
  • 2005/2006 – Sitcom Malucos do Riso. Realizado por Jorge Marecos e Jorge Queiroga, para a SIC.
  • 2005 – 2.ª Série da Maré Alta. Realizado por Jorge Marecos e Jorge Queiroga, para a SIC.
  • 2004/2006 – Participação na 1.ª e 2.ª série de Camilo em Sarilhos para a SIC. Realização de Jorge Marecos.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Publicidade[editar | editar código-fonte]

  • 2009/2013 – Voz de companhia da M&M's.
  • 2008 – Montepio: Rosto do banco.
  • 2008 – Protagonista do novo site da "missão axe 3" da AXE.
  • 2008 – Protagonista do filme Miss Could do IKEA.

Referências

  1. Sapo Mulher. «Melânia Gomes: Carreira». Consultado em 08 de Agosto de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Melânia Gomes raptada pelo pai quando era criança» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.