Milene Domingues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Milene Domingues
Informações pessoais
Nome completo Milene Domingues
Data de nasc. 18 de junho de 1979 (39 anos)
Local de nasc. São Paulo, (SP), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,60 m
Apelido Rainha das embaixadinhas
Informações profissionais
Clube atual Aposentada
Posição Ex-meio-campista
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1997-2001
2001-2002
2002-2004
2004-2007
2007-2009
Brasil Corinthians
Itália ASD Fiammamonza
Espanha Rayo Vallecano
Espanha AD Torrejón CF
Espanha CF Pozuelo Féminas
00118 (60)
0023 (8)
0011 (1)
0070 (22)
0036 (3)
Seleção nacional
2003-2006 Flag of Brazil.svg Brasil 0020 (9)

Milene Domingues (São Paulo, 18 de junho de 1979) é uma ex-futebolista profissional brasileira. Conhecida como rainha das embaixadinhas e ex-esposa do futebolista Ronaldo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Rainha das Embaixadinhas e Casamento[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira esportiva na equipe feminina de futebol do Corinthians. Em 1997 entrou nos livros dos recordes por fazer 55.197 embaixadinhas com uma bola durante 9 horas e 6 minutos(546 min.).Média de 1,7 toques por segundo.

O auge de sua popularidade foi em 1999 ao se casar com Ronaldo, então na Inter de Milão e considerado um dos melhores futebolistas do mundo. Tiveram um filho, Ronald, nascido na Europa. O casamento durou quatro anos, e durante essa época Milene ficou conhecida como "Ronaldinha", especialmente na Espanha.

Futebol espanhol[editar | editar código-fonte]

A sua transferência para o futebol espanhol foi a mais cara até então para uma jogadora de futebol feminino, custando cerca de £200,000. Apesar disso, Milene não pôde atuar pelo campeonato espanhol até 2004, pois era proibida a participação de atletas estrangeiras na liga feminina. Dessa forma, atuava apenas em amistosos. O auge de sua carreira futebolística se deu ao ser convocada para a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2003, enquanto jogadora do Rayo Vallecano.

Apesar de não disputar a liga espanhola, seu bom desempenho nos amistosos de seu clube (chegou a marcar 5 gols em um único jogo) foi o suficiente para garantir a jogadora mais bem paga do mundo na maior competição do futebol feminino. Durante a Copa, Milene foi reserva no time do técnico Paulo Gonçalves, utilizando a camisa 20. Faziam parte do grupo, jogadoras como Marta, Cristiane e Kátia Cilene.

Se retirou do futebol em 2009, em virtude de lesões no joelho, um ano depois de ter sido campeã da 2ª Divisão espanhola com o Pozuelo.

Vida pós-gramados[editar | editar código-fonte]

Frequentemente é convidada em programas televisivos de futebol e de entretenimento na Espanha, tendo inclusive comentado jogos da Copa do Mundo de 2006 na Alemanha.

Solteira, desde 2009 seu último namorado foi o jogador David Aganzo, ex-jogador do Real Madrid do Rayo Vallecano, já aposentado.[1][2]

Durante as Olimpíadas de Londres em 2012, Milene Domingues foi comentarista de futebol feminino do portal Terra.

Títulos[editar | editar código-fonte]

CF Pozuelo
  • Segunda Divison Feminina: 2009

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Milene Domingues
Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.