Moeda virtual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2016).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Moeda Virtual erroneamente confundida com Moeda Digital ou Criptomoeda, ver sessão 2 deste artigo.

Moeda Virtual foi definida em 2012 pelo Banco Central Europeu como "uma forma não regulamentada de dinheiro virtual, comumente distribuída e controlada por seus desenvolvedores, que é usada e aceita apenas entre os membros de uma comunidade virtual específica." Em 2013 o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos da América definiu moedas digitais como moedas tradicionais sem os trâmites legais.

Definição[editar | editar código-fonte]

Em 2014 a Autoridade Bancária Européia definiu Moeda Virtual como "a representação digital de valor que não foi emitida por um banco central ou por uma autoridade pública, nem é necessáriamente atrelada à Moeda Fiat, mas é aceita por pessoas físicas e jurídicas como forma de pagamento e pode ser transferida, armazenada e trocada eletronicamente".

Diferença entre moeda virtual, digital e criptomoedas[editar | editar código-fonte]

[1] Embora Moeda Virtual seja indistintamente referida como Moeda Digital ou Criptomoeda, há algumas diferenças:

  • Moeda Digital é toda moeda virtual eletrônicamente criada e armazenada.
  • Toda moeda digital é moeda virtual, mas nem toda moeda virtual é digital.
  • Criptomoeda é um subgrupo das moedas digitais descentralizadas e criptografadas.
  • Toda criptomoeda é moeda digital, mas nem toda moeda digital é criptomoeda.

Então desde as moedas de um MMORPG até as criptomoedas como o Bitcoin, todas são Moedas Virtuais.

História[editar | editar código-fonte]

Ben Bernanke escreveu em seu testemunho para a audiência no Congresso dos Estados Unidos em 2013 que: "moedas virtuais vêm sendo vistas como uma forma de dinheiro eletrônico ou uma área da tecnologia dos sistemas de pagamento que vem evoluindo nos últimos 20 anos", fazendo referência a uma audiência no Congresso sobre o futuro do dinheiro perante o comitê Bancário e de Serviços Financeiros em 11 de Outubro de 1995. I Moeda de Internet Flooz foi criada em 1999. O Termo "Moeda Virtual" aparentemente foi criado em 2009, em paralelo com o desenvolvimento de Moedas Digitais em Jogos Online.

Economia Virtual[editar | editar código-fonte]

A ideia de uma Moeda Virtual é melhor explicada substituindo a palavra 'moeda' por 'economia'. Exemplos de economia virtual são os MMORPGs (Massive Multiplayer Role Playing Games) como World of Warcraft, Second Life e Eve Online onde existe uma moeda dentro do jogo que só possui valor dentro daquela economia virtual. Entende-se então que está moeda é uma Moeda Virtual.[2]

Embora virtual, muitos jogos trocam dinheiro real por virtual e ítens in-game chegam a custar $38,000 USD, como o Cachorro de Guerra Rosa da Chama Eterial de Dota 2.[3] Jullian Dibbell, um editor da Revista Wired, em 2003 levantou $4,000 USD por mês vendendo itens, moeda e propriedades in-game de Ultima Online pelo eBay. Um equivalente a um salário anual de $36,000 USD o que representa classe-média baixa entre os "empresários virtuais". [4]

Lista de Moedas Virtuais[editar | editar código-fonte]

Moedas Virtuais Não-digitais[editar | editar código-fonte]

gold World of Warcraft
zeny Ragnarok

Veja uma Lista de Moedas Fictícias (em inglês).

Moedas Digitais Não-Criptografadas[editar | editar código-fonte]

Currency Code Year Est. Active Founder Monetary base (April 2013) Notes
Beenz 1998 (em norueguês) Charles Cohen
e-gold 1996 (em norueguês) Gold & Silver Reserve Inc.
Rand 1999 (em norueguês) James Orlin Grabbe Not related to South African rand
Ven 2007 Sim Hub Culture
Utoken 2013 Sim Utoken Reserve Inc

Criptomoedas[editar | editar código-fonte]

Lançamento Ativa? Moeda Símbolo Fundador Algorítmo hash Timestamping Notas
2014 Active Aeon AEON Aeon Core Team CryptoNight[5] Proof-of-work (POW) Primeira moeda orientada à baixa fidelidade e não rastreável.
2014 Active Auroracoin AUR Baldur Odinsson
(pseudonym)[6]
Scrypt POW Criada como alternativa para a Moeda Fiat na Islândia.
2009 Active Bitcoin BTC[7][8] Satoshi Nakamoto[9] SHA-256d[10][11] POW[11][12] Primeira moeda com registro descentralizado.
2014 Active BlackCoin BC, BLK Rat4 (pseudonym) Scrypt Proof-of-stake (POS) BlackCoin assegura sua rede através de um processo chamado de cunhagem.
2014 (em norueguês) Coinye KOI, COYE Scrypt POW Utilizando o cantor de Hip Hop Kanye West como mascote, o projeto foi abandonado após ser processado por violação dos direitos de marca.
2014[13] Active Dash DASH Evan Duffield &
Kyle Hagan[14]
X11 POW & POS[15] Trás privacidade às transações através do sistema de mixagem de moeda chamado Darksend.
2013 Active Dogecoin DOGE Jackson Palmer
& Billy Markus[16]
Scrypt[17] POW Baseado no meme de internet (Doge).
2014 Active DigitalNote XDN XDN-dev team, dNote[18] CryptoNight[5] POW DigitalNote (XDN) é uma nova criptomoeda particular como mensagens instantâneas não rastreáveis e criptografadas. É também a primeira implementação do blockchain para Bancos e utiliza o protocolo CryptoNote.
2015 Active Ethereum ETH Vitalik Buterin[19] Dagger Hashimoto[20] POW Complementa os contratos inteligentes (smart contracts).
2011[11] Active Litecoin LTC Charles Lee[21] Scrypt[11] POW Primeira criptomoeda bem sucedida com verificação em script.
2013 Active Mastercoin MSC J. R. Willett [22] SHA-256d[23] Mastercoin é ao mesmo tempo uma Moeda Digital e um Protocolo de Comunicação criado sobre um existente blockchain de Bitcoin.
2014 Active MazaCoin MZC BTC Oyate Initiative SHA-256d POW A base do software da MazaCoin foi derivado de outra criptomoeda, a ZetaCoin.
2014 Active Monero XMR Monero Core Team[24] CryptoNight[5] POW Monero (XMR) é uma moeda centrada em privacidade que utiliza o protocolo CryptoNote.
2011 Active Namecoin NMC Vincent Durham[25][26] SHA-256d POW Também atua como um DNS alternativo e descentralizado.
2013[27][28] Active Nxt NXT BCNext
(pseudonym)[27]
SHA-256d[29] POS Nxt foi especificamente desenvolvida como uma plataforma flexível para a criação de aplicações e serviços financeiros em volta do seu protocolo.
2012[11] Active Peercoin PPC Sunny King
(pseudonym)[30]
SHA-256d[31] POW & POS Primeiro uso das funções POW e POS.
2013[32] Active Emercoin EMC EvgenijM86 SHA-256 POW & POS Armazenamento confiável para qualquer pequeno dado: atua como um DNS alternativo, descentralizado, um depósito de PKI e infraestrutura de SSL.
2014 Active PotCoin POT Scrypt POW Desenvolvido para indústria de cannabis legalizado.
2013 Active Primecoin XPM Sunny King
(pseudonym)[30]
1CC/2CC/TWN[33] POW[33] Primecoin utiliza os chains compostas de Cunningham e bi-twin chains como proof-of-work.
2013 Active Ripple[34][35][36] XRP[36] Chris Larsen &
Jed McCaleb[37]
ECDSA[38] "Consensus" Baseado em uma transferência de débito peer to peer (P2P). O termo Ripple aparece como Moeda Digital e Rede de Pagamento.
2014 Active Titcoin TIT Edward Mansfield & Richard Allen[39] SHA-256d POWPOW Primeira criptomoeda nomeada a um prêmio da indústria pornográfica.[40]
Released as Moneta (em norueguês) Zerocoin Matthew Green, Ian Miers and Christina Garman Proposta extensão do Bitcoin para garantir anonimato criptográfico.

Referências

  1. http://www.techrepublic.com/article/10-things-you-should-know-about-bitcoin-and-digital-currencies/
  2. http://www.cerebralrift.org/2014/03/20/is-bitcoin-a-digital-or-virtual-currency/
  3. http://www.therichest.com/rich-list/most-popular/10-of-the-most-expensive-virtual-items-in-video-games/?view=all
  4. http://www.forbes.com/2006/08/07/virtual-world-jobs_cx_de_0807virtualjobs.html
  5. a b c «CryptoNight» 
  6. Casey, Michael J. (5 de março de 2014). «Auroracoin already third-biggest cryptocoin–and it's not even out yet». The Wall Street Journal 
  7. Dixon, Lance (24 de dezembro de 2013). «Building Bitcoin use in South Florida and beyond». Miami Herald. Consultado em 24 de janeiro de 2014. 
  8. Spaven, Emily (3 de dezembro de 2013). «Bitcoin price could reach $98,500, say Wall Street analysts». CoinDesk. Consultado em 24 de janeiro de 2014. 
  9. It is not known whether the name "Satoshi Nakamoto" is real or a pseudonym, or whether it represents one person or a group.
  10. Taylor, Michael Bedford (2013). «Bitcoin and the age of bespoke silicon» (PDF). Piscataway, NJ: IEEE Press. Proceedings of the 2013 International Conference on Compilers, Architectures and Synthesis for Embedded Systems. ISBN 978-1-4799-1400-5. Consultado em 14 de janeiro de 2014. 
  11. a b c d e Steadman, Ian (7 de maio de 2013). «Wary of Bitcoin? A guide to some other crypto currencies». Wired UK. Condé Nast UK 
  12. Hobson, Dominic (2013). «What is Bitcoin?». XRDS: Crossroads, The ACM Magazine for Students. 20 (1). Association for Computing Machinery. pp. 40–44. ISSN 1528-4972. doi:10.1145/2510124 
  13. https://bitcointalk.org/index.php?topic=421615.0
  14. Scharr, Jill (28 de maio de 2014). «What is Dash? An FAQ». Tom's Guide 
  15. Via Masternodes containing 1000 DRK as "Proof of Service". Through an automated voting mechanism, one Masternode is selected per block and receives 45% of mining rewards.
  16. Chang, Jon M (27 de dezembro de 2013). «Bitcoin alternative 'Dogecoin' hacked, 21 million coins stolen». ABC News (website). ABC News Internet Ventures, Yahoo! – ABC News Network. Consultado em 14 de janeiro de 2014. 
  17. «Intro - Dogecoin # Technical specifications». Consultado em 14 de dezembro de 2013. 
  18. «[XDN] DigitalNote - private money and messages transfer, №1 blockchain bank» 
  19. Out in the Open: Teenage Hacker Transforms Web Into One Giant Bitcoin Network
  20. Dagger Hashimoto
  21. McMillan, Robert (30 de agosto de 2013). «Ex-Googler gives the world a better Bitcoin». Wired. Condé Nast. Consultado em 14 de janeiro de 2014. 
  22. Buterin, Vitalik (4 de novembro de 2013). «Mastercoin: A Second-Generation Protocol on the Bitcoin Blockchain». Bitcoin Magazine. Consultado em 9 de janeiro de 2014. 
  23. «Mastercoin Spec». Consultado em 2 de abril de 2014. 
  24. «[XMR] Monero - A secure, private, untraceable cryptocurrency» 
  25. vinced/namecoin, GitHub
  26. Keller, Levin (19 de março de 2011). «Namecoin - a distributed name system based on Bitcoin». Prezi 
  27. a b BCNext (pseudonym). «Nxt Announcement Thread». Bitcointalk.org 
  28. «Genesis-Account». mynxt.info Blockexplorer. Consultado em 21 de dezembro de 2014. 
  29. «NXT Whitepaper». NxtWiki - Whitepaper. Consultado em 21 de dezembro de 2014. 
  30. a b Boase, Richard (20 de novembro de 2013). «Litecoin spikes to $200m market capitalization in five hours». CoinDesk. Consultado em 14 de janeiro de 2014. 
  31. Bradbury, Danny (7 de novembro de 2013). «Third largest crypto currency peercoin moves into spotlight with Vault of Satoshi deal». CoinDesk. Consultado em 14 de janeiro de 2014. 
  32. EmerCoin — Innovative blockchain services!Bitcoin Forum, thread started at December 08, 2013
  33. a b «FAQ · primecoin/primecoin Wiki · GitHub». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  34. Chayka, Kyle (2 de julho de 2013). «What Comes After Bitcoin?». Pacific Standard. Consultado em 18 de janeiro de 2014. 
  35. Vega, Danny (4 de dezembro de 2013). «Ripple's Big Move: Mining Crypto currency with a Purpose». Seattlepi.com. Hearst Seattle Media, LLC, a division of The Hearst Corporation 
  36. a b Brown, Ariella (17 de maio de 2013). «10 things you need to know about Ripple». CoinDesk. Consultado em 15 de janeiro de 2014. 
  37. Simonite, Tom (11 de abril de 2013). «Big-name investors back effort to build a better Bitcoin». MIT Technology Review. Consultado em 14 de janeiro de 2014. 
  38. «How it works - Ripple Wiki». Consultado em 20 de janeiro de 2014. 
  39. Mercier Voyer, Stephanie. "Titcoin Is a Brand New Cryptocurrency for Porn Purchases". Vice Magazine. Retrieved 18 June 2014.
  40. "Titcoin Receives Two Web & Tech XBIZ Nominations". Payout Magazine. Retrieved 18 November 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]