Rand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rand
South African rand (em inglês)
Suid-Afrikaanse rand (em africâner)
Krugerrand.jpeg
Dados
Código ISO 4217 ZAR
Usado Área Monetária Comum:
África do Sul
Lesoto
Namíbia
Suazilândia
Inflação 5.8%
Banco Reserva da África do Sul, Dezembro de 2006
Sub-Unidade
1/100

Centavo
Símbolo R
Plural Randes
Moedas 1c, 2c, 5c, 10c, 20c, 50c, R1, R2 e R5
Notas R10, R20, R50, R100 e R200
Banco central Banco Reserva da África do Sul
Fabricante Não disponível

O rand[1] ou, numa forma aportuguesada, rande[1][2] (no plural, randes[1][2]) é a moeda corrente oficial da África do Sul.[1] Seu nome vem de Witwatersrand, abreviação de White-waters-ridge, que traduzindo ao português significa "Montanha das Águas Brancas"; montanha essa que tem a cidade de Johannesburgo construída e onde era a maior reserva de ouro da África do Sul.

O rand teve início em 1961, coincidindo com a instituição da República da África do Sul, substituindo o peso sul-africano a uma taxa de dois rands por peso. Com o símbolo R, o rand pode ser dividido em 100 centavos – símbolo ‘c’, e está disponível em 5 notas, (R10, R20, R50, R100 e R200) e sete moedas (5c, 10c, 20c, 50c, R1, R2 e R5). As moedas de um e dois centavos também foram disponibilizadas até suas descontinuações, em Abril de 2002, mas devido à inflação que as desvalorizaram, e os preços que foram arredondados para 5c, elas não estão mais em circulação. As primeiras cédulas do rand tinham a imagem do Jan Van Riebeeck, o primeiro administrador da Cidade do Cabo, e na década de 1990 as notas foram redesenhadas com a imagem dos big five, cinco animais selvagens mais difíceis de serem caçados. As novas cédulas e moedas também foram impressas nas 11 línguas oficiais na África do Sul.

Referências

  1. a b c d Correia, Paulo; Gonçalves, Susana (Primavera de 2013). «Do afegâni ao zlóti» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41). 24 páginas. ISSN 1830-7809. Consultado em 24 de maio de 2013 
  2. a b Henriques, Raul Pinheiro (2013). Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística (PDF). Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa — Departamento de Linguística Geral e Românica. Consultado em 1 de dezembro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.