Need for Speed World

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Need for Speed: World Online)
Ir para: navegação, pesquisa
Desenvolvedora(s) EA Black Box
EA Singapore
Quicklime Games
Publicadora(s) Electronic Arts
Motor EAGL
Plataforma(s) Microsoft Windows

Xbox 360

Série Need for Speed
Data(s) de lançamento 27 de julho de 2010[1]
Gênero(s) MMORG
Modos de jogo Multijogador
Classificação Inadequado para menores de 10 anos i ESRB (América do Norte)
Mídia Download
Requisitos mínimos

Motor


Need for Speed World (anteriormente conhecido como Need for Speed: World Online) foi o 15º jogo da longa franquia de jogos de corrida Need for Speed publicado pela Electronic Arts. Esta iteração foi codesenvolvida pela EA Black Box e EA Singapore. Foi o primeiro MMORG gratuito na série Need for Speed e estava disponível exclusivamente para PCs baseados em Windows. NFS World foi lançado mundialmente em 27 de julho de 2010 e teve seus servidores desativados em setembro de 2015 por sua desenvolvedora.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

NFS World se passa em um mapa que mistura as cidades de Rockport e Palmont (as cidades de Most Wanted e Carbon), trechos do mapa de Need for Speed: Undercover e novos locais.

Os jogadores podiam progredir entrando em eventos ou participando de Perseguições Policiais. Antes do encerramento, o nível máximo que podia ser atingido por cada jogador é 60.

Ao final de cada corrida, eram oferecidas 5 cartas, na qual o jogador escolhe uma que é sua recompensa da corrida. Essas cartas variavam de acordo com sua posição de chegada, sendo ouro para 1º Lugar, prata para o 2º, bronze para o 3º e uma azul para os demais colocados.

Rodagem Livre[editar | editar código-fonte]

Os jogadores podiam correr em todo o mapa, podendo ver os outros usuários, entretanto, não podem colidir com os eles.

Os veículos policiais foram retirados das ruas em 16 de Novembro de 2011. Antes disso, se o jogador colidisse com uma viatura de patrulha na rodagem livre, uma perseguição era iniciada. Após a retirada, uma perseguição só poderia ser iniciado entrando em um dos eventos chamados de "Perseguição"

Tipos de Eventos[editar | editar código-fonte]

O World tem uma variedade razoável de modos de jogo:

  • Arrancada (Drag) - Corridas feitas em câmbio manual ou automático (o tipo de câmbio era escolhido pelo jogador) utilizando a aceleração dos carros. Estão disponíveis apenas para modo Multiplayer, exceto a Gridlock, que pode ser feita em Singleplayer (um jogador).
  • Circuito - Corridas feitas em um número de voltas que variava, mas um powerup poderia ser acionado por um dos jogadores e era adicionada uma volta.
  • Pontos de Encontro - Locais nos quais os jogadores podem encontrar outros jogadores e tirar fotos de seus carros.
  • Perseguição - Neste modo seu objetivo é fugir da polícia. Disponível apenas para um jogador.
  • Sprint - Corrida ponto a ponto.
  • Fuga em Equipe - Perseguição ponto a ponto no qual no máximo 4 jogadores se ajudam entre si para fugir. Disponível apenas para Multiplayer.
  • Caça ao tesouro - Na rodagem livre podia ser feita a Caça ao Tesouro, que oferecia prêmios quando o jogador procurava 15 gemas espalhadas pelo mapa em uma região específica. Esses prêmios ficavam mais valiosos caso o jogador continuasse recolhendo as gemas diariamente.

Perfil do Piloto[editar | editar código-fonte]

O Perfil do Piloto é mais ou menos uma planilha de todos os eventos que você correu, os que você ganhou e os que você perdeu. Este recurso não está mais disponível, após a chegada das Conquistas.

Conquistas[editar | editar código-fonte]

As conquistas foram introduzidas ao World em 10 de Abril de 2013. Você deve seguir uma série de coisas para completar determinado objetivo e receber uma recompensa. Junto com essas, foram introduzidas quatro novas edições especiais do BMW M3 E92, Ford Focus RS, Koenigsegg CCX, Lamborghini Gallardo Vallentino Balboni e Nissan Fairlady 240ZG. Também foi introduzido, como recompensa ao atingir os 5000 Pontos de Conquista, o Bugatti Veyron.

Carros[editar | editar código-fonte]

Antes de 8 de setembro de 2010, após alcançar o nível 10 e acessar apenas carros nível 1 e certos nível 2, o jogador não seria capaz de progredir mais no jogo e pararia de ganhar mais pontos de experiência ou dinheiro. Para continuar o jogo, o jogador tinha que comprar o Need for Speed World Starter Pack. Sem isso, o jogador poderia jogar o jogo durante o tempo que ele quisesse, no entanto pararia de ganhar experiência e dinheiro.[2] Em 8 de setembro de 2010, World ultrapassou mais de 1 milhão de cadastros. Para celebrar, o jogo tornou-se gratuito e o limite de nível foi removido para 60.[3]

Existem duas moedas correntes no jogo: IGC (in-game cash), dinheiro que pode ser recebido terminando corridas ou realizando a Caça ao Tesouro e SpeedBoost que era adquirido realizando compra com dinheiro real. Alguns carros não são gratuitos e requerem gasto com o SpeedBoost para compra. Alguns carros que podem ser adquiridos com dinheiro do jogo (IGC), podem ter uma edição especial que requer SpeedBoost para aluguel ou compra. Os carros com Jamanta são especialmente pesados para Fuga em Equipe e requerem também SpeedBoost para compra. Os carros com Edição Caça ao Tesouro podem detectar as 15 jóias no mapa principal para caça mais rápida; estes requerem também SpeedBoost para compra.

No começo, os carros possuíam os níveis 1, 2 e 3. Logo após a atualização da inserção das conquistas, eles foram divididos em classes que são organizadas por pontuações do carro que é uma média entre dirigibilidade, velocidade, etc que podem variar entre 0 e 1000 pontos. Essas classes são: (menor) E, D, C, B, A e S (maior) Observação: os carros não serão colocados pois vivem saindo para a entrada de outros carros.

Pagani Zonda F Roadster VIP[editar | editar código-fonte]

A edição "VIP" foi lançado no final de Julho de 2012. O carro também apresenta uma placa com nomenclatura "VIP" única.

O Zonda F Roadster só pode ser obtido por fazer parte do Clube VIP. Como a adesão pode ser obtida e como é seu processo de seleção é desconhecido. No entanto, o Clube VIP está sendo anunciado como "Need for Speed World mais valiosos clientes".

Em 11 de novembro de 2014, o Zonda F Roadster foi disponibilizado para compra no negociante de carros por apenas 24 horas para celebrar o aniversário do visionário argentino Horacio Pagani. O preço foi de 10,000 SB.

No dia 10 de julho de 2015, 74,160 Zonda F Roadster VIP foram distribuídos aos jogadores que jogaram os eventos de sábado, 4 de julho como parte do evento "Fim do Mundo".

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, o jogo foi anunciado como free-to-play. Em outubro de 2009, World foi aberto ao público para testes em sua fase beta, limitado aos residentes de Taiwan. No total, foram sete sessões nos testes fechados. Com exceção da primeira, todas foram disponibilizadas mundialmente aos jogadores que se registraram, atenderam aos critérios de admissão e foram aceitos.

Um teste aberto foi iniciado em 2 de julho de 2010, às 10h00, horário do Pacífico. O Beta foi programado para ser fechado em 6 de julho de 2010, porém, foi estendido para 9 de julho de 2010. Um teste-reforço foi aberto de 13 de julho até 14 de julho de 2010. Os jogadores que compraram o pacote de iniciante foram capazes de jogar o jogo uma semana antes do lançamento oficial. Os jogadores que não compraram o pacote de iniciante conseguiram jogar em 27 de julho de 2010.

Em 10 de abril de 2013 surgiu uma oportunidade de ganhar prêmios valiosos no jogo, completando várias realizações. Isso agravou o problema pré-existente e largamente ignorado de trapaça no jogo. A existência do problema foi finalmente reconhecido por um Gerente de Comunidade em 15 de Abril de 2013. A QuickLime Games, que estava no comando do desenvolvimento do jogo, para manutenção e atualizações, foi encerrado em 25 de abril de 2013. Em 10 de setembro de 2013, um Community Manager anunciou que Easy Studios (desenvolvedores para Battlefield Play4Free) iria assumir o lugar da QuickLime Games. Após a aquisição pela Easy Studios, o jogo havia sido deixado em um estado vulnerável pelo fato do novo estúdio não saber como ele funciona, mesmo após muitos meses de treinamento e transição. O problema de trapaça continua a ser um problema. Em 04 de Setembro de 2014, um Community Manager anunciou que Easy deixaria o comando do Need for Speed World, e que uma nova "Task Force" (uma mistura de pessoas que trabalharam no jogo antes, bem como novas pessoas) a partir de EA Canada iria começar a trabalhar no jogo. Desde então, as rotações automóveis por IGC (in-game cash) voltaram. A equipe de desenvolvedores começaram a proibição hackers, nomeado "SkyNet". No entanto, no fórum, um moderador afirmou que atualmente não há nenhum plano para ampliar o mapa ou criar carros novos ainda. Eles vão se concentrar no negociante de carros e nas rotações (IGC / PIstas, etc.) para o momento.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
GameRankings 63.83%[4]
Metacritic 62[5]
Pontuação global
Publicação Nota média
1UP.com C[6]
Eurogamer 6/10[7]
GamesRadar 6/10[8]
GameTrailers 5.6[9]
IGN 6/10[10]

Need for Speed World recebeu, de modo geral, análises mistas pela crítica. No GameRankings, o jogo mantém uma pontuação de 62.14%,[4] enquanto na Metacritic, World mantém uma pontuação de 62, indicando "análises mistas ou médias".[5]

O maior elogio do jogo veio de GamingXP, o qual comentou que "O jogo é uma combinação dos jogos anteriores de Need for Speed com exceção do single player que foi cortado. Adicione alguns elementos de interpretação de personagens e você tem um MMO de corrida."[11] Já o PC Format deu uma crítica negativa em sua edição de outubro de 2010, concluindo que o jogo "é uma oportunidade perdida."[12] Eurogamer comentou que "É uma verdadeira vergonha que o aspecto de MMO de NFS World é efetivamente um salão de espera desnecessariamente elaborado."[13]  

Em Novembro de 2012 superou a marca de 20 Milhões de jogadores registrados.

Encerramento dos Servidores e Versão Offline Adaptada por Fans[editar | editar código-fonte]

Em 15 de abril de 2015 a EA anunciou o encerramento para o dia 14 de julho de 2015 do Need for Speed World. A notícia vem do vice-presidente executivo da empresa, Patrick Söderlund, que em uma postagem no blog da EA explica aos jogadores:

"[...] que o jogo já não vive até o alto padrão estabelecido pela franquia Need for Speed".

A capacidade de compra de SpeedBoost e de criação de novas contas foram desativados desde o anuncio.

Battlefiled Heroes, Battlefield Play4Free, e FIFA World foram devidamente fechados no mesmo dia. A decisão não foi revertida e o jogo terminou na data prevista às 16:00 GMT (13:00 no horário de Brasília). Os fãs de Need for Speed World, por sua vez, se mostraram indignados com a decisão, alegando que a obra ainda é bastante popular mesmo com a falta de interesse e investimento por parte da EA.

Utilizando de técnicas de programação aplicadas à softwares como Java e Python, fãs estão adaptando o game para que ele volte a funcionar online, Sendo estes, servers privados e cuidados pelos próprios jogadores. Enquanto isso, só é possível jogá-lo no modo offline, isto é, sem o multiplayer normal do jogo e com alguns bugs que poderão ser corrigidos no futuro. A compra de SpeedBoost com dinheiro real não acontecerá, pois o jogo não funcionará através dos servidores originais. Então é provável que sua futura moeda seja somente IGC.

Esta adaptação do jogo está sendo produzida por fãs, portanto não possui nenhum tipo de ligação à EA Games e Quicklime Games.

Referências

  1. «Need for Speed World Launches July 27». Electronic Arts Inc. July 9, 2010. Consultado em 2010-11-20. 
  2. Hahn, Drew (2010-05-18). «What is the Need For Speed Starter Pack?». Consultado em 2010-11-20. 
  3. Hahn, Drew (2010-09-09). «Need for Speed World Goes Free to Play». Consultado em 2010-11-20. 
  4. a b Need for Speed World for PC. Game Rankings. Retrieved 2010-11-20.
  5. a b Need for Speed World Critic Reviews for PC. Metacritic. Retrieved 2010-12-02.
  6. NFS World Online Reviews. 1UP. Retrieved 2010-11-20.
  7. Need for Speed World MMO Review. Eurogamer.net. Retrieved 2010-11-20.
  8. Need for Speed World Review, PC Reviews. Games Radar. Retrieved 2010-11-20.
  9. Need for Speed World Video Game, Review. GameTrailers.com. Retrieved 2010-11-20.
  10. (2010-08-06). Need for Speed World Review. IGN. Retrieved 2010-11-20.
  11. «NFS World Review». GamingXP. 2010-07-27. Consultado em 2011-08-26. 
  12. «Need for Speed: World - Critic Reviews». Metacritic. 2010-12-24. Consultado em 2011-08-26. 
  13. Jon Blyth. «Need for Speed: World review». Eurogamer. Consultado em 2011-08-26. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]