Need for Speed: Underground

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Need for Speed: Underground
Capa do jogo apresentado o Nissan Skyline GT-R
Desenvolvedora(s) EA Black Box
Publicadora(s) EA Games
Motor EA Graphics Library (EAGL)
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 2
Xbox
GameCube
Game Boy Advance
Lançamento 3 de outubro de 2003
Gênero(s) Corrida
Modos de jogo Single player, multiplayer
Need for Speed: Hot Pursuit 2 (2002)
Need for Speed: Underground 2 (2004)

Need for Speed: Underground (NFSU) é o sétimo jogo de corrida da série Need for Speed. Foi desenvolvido pela EA Black Box e publicado pela Electronic Arts em 2003.[1]

O jogo traz para a série elementos inspirados no filme Velozes e Furiosos: corridas noturnas em circuitos urbanos e tuning. Além disso, é o primeiro Need for Speed a possuir uma história, reiniciando a série, e trocava os carrões luxuosos tradicionais da série por carros ligados à tunagem.

Tipos de Corridas[editar | editar código-fonte]

Circuit[editar | editar código-fonte]

Circuit é uma corrida padrão que compete com até quatro adversários em torno de uma pista de duas ou mais voltas, e é o principal modo de jogo. Enfrentando rivais, esse número é diminuído para 1.

Knockout Race[editar | editar código-fonte]

Uma variante do Circuit, no Knockout Mode o último colocado em cada volta é eliminado, até a última volta. No caso do Underground, Knockout Races têm um máximo de três voltas e quatro pilotos.

Sprint[editar | editar código-fonte]

Sprint é uma variação do Circuit, quando os concorrentes na corrida a um ponto-a-ponto, em vez de correr repetidamente o mesmo percurso. Estas corridas são normalmente mais curtas que os circuitos (com um máximo de 8 km de comprimento) e por isso os jogadores são obrigados a ser mais cautelosos de quaisquer erros durante a corrida.

Drag[editar | editar código-fonte]

Corrida de arrancada, a marcha do carro neste modo é manual, obrigatoriamente, o jogador deve trocá-las no tempo correto para não perder velocidade e/ou fundir o motor do automóvel.

Drift[editar | editar código-fonte]

Corrida no qual é necessário derrapar o carro para obter pontos. Quanto maior o ângulo de deslize e mais prolongado é o derrape, maior é a sua pontuação, na maioria dos casos não é preciso frear o automóvel, somente ao girar o volante ele por si próprio já faz a manobra pontuando.

Challenge Series[editar | editar código-fonte]

É uma série de corridas no qual, é somado os pontos dos jogadores à cada corrida. Geralmente são quatro corridas e podem ser dos modos Circuit, Knockout, Sprint, Drag ou Drift. Preferencialmente, o jogador tem que chegar em primeira posição em todas para concluir esse tipo de corrida.

Carros disponíveis[editar | editar código-fonte]

Em número de 20, são estes:

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O jogo teve boas vendas, vendendo mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo [2].

Os críticos também gostaram do jogo, apesar de queixas repetitivas como: faixas primárias, o uso excessivo de tráfego aleatório e a falta de um recurso on-line nas versões Xbox e GameCube.

No site Metacritic teve uma avaliação de 85% na plataforma de Playstation 2, 82% para PC, 83% na GameCub.[3][4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gamespot. «Need for Speed: Underground». Consultado em 28 de dezembro de 2010 
  2. Kollar, Philip (17 de junho de 2015). «Need for Speed lets you drive how you want, and future NFS games probably will too». Polygon (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2022 
  3. «Need for Speed Underground». Metacritic (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  4. «Need for Speed: Underground». Metacritic (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Need for Speed: Hot Pursuit II
Need for Speed
2003
Sucedido por
Need for Speed: Underground 2


Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.