Neiva T-25

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Neiva T-25 Universal
Descrição
Fabricante Indústria Aeronáutica Neiva
Missão Treinamento Básico
Tripulação 2
Dimensões
Comprimento 8,60 m
Envergadura 11,00 m
Altura 3,00 m
Área (asas) 17,20 m²
Peso
Tara 1.150 kg
Peso bruto máximo 1.700 kg
Propulsão
Motores Motor Lycoming IO-540 K 1D5 de 300 HP, horizontal de 6 cilindros opostos e injeção direta
Performance
Velocidade máxima 275 km/h
Alcance 1.150 km
Teto máximo 5000 m
Armamento
Metralhadoras Pode operar com dois casulos com metralhadora MAG 7,62 e 2 bombas de 45 kg ou 2 casulos de SBAT

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O Neiva T-25 Universal foi desenvolvido pela Indústria Aeronáutica Neiva na década de 1960, com a incumbência de substituir o North-American T-6 na instrução avançada dos Cadetes da Força Aérea Brasileira. O primeiro protótipo realizou seu voo inaugural no dia 09/04/66, com o prefixo experimental PP-ZTW. Já em Dezembro de 1967, a Neiva fechou contrato para uma fabricação inicial de 150 T-25 Universal, em uma linha de montagem localizada em São José dos Campos. O primeiro T-25 Universal foi entregue à FAB em 1971, já bem diferente do primeiro protótipo, devido aos requisitos militares.

Esquadrilha da Fumaça[editar | editar código-fonte]

A Esquadrilha da Fumaça, que fora desativada em 1976, renasceu em 1980 com o Neiva T-25, sendo chamada de "Cometa branco" e a primeira demonstração com os T-25 foi em 10 de julho de 1980, na entrega dos espadins aos cadetes que haviam ingressado na AFA. Em 1983, com a chegada dos T-27 Tucano, o T-25 foi retirado da Esquadrilha.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o T-25 é utilizado na instrução primária e básica dos Cadetes da Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, com grande sucesso. Paralelamente, é utilizado em inúmeras unidades aéreas e bases como aeronave padrão para adestramento dos pilotos.

Atualmente, a Força Aérea Brasileira opera 83 dessas aeronaves. Foi exportado para o Paraguai e algumas unidades usadas foram doadas para a Bolívia.

Utilizadores[editar | editar código-fonte]

 Bolívia

  • Força Aérea Boliviana

 Brasil

 Chile

Paraguai

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.