Nieuport II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde maio de 2014). Ajude e colabore com a tradução.
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada.
Um dos últimos exemplares produzidos do Nieuport II.N em exposição no Musée de l'air et de l'espace, Le Bourget perto de Paris.

O Nieuport II, foi um avião esportivo monoplano, monomotor francês de um só lugar em configuração de tração com asas a meia altura, projetado e construído por Édouard Nieuport.

Construído pela Société Anonyme des Établissements Nieuport entre 1910 e 1914, ele se destacou por sua alta performance mesmo utilizando um pequeno motor de dois cilindros, tendo ganho várias corridas, principalmente na França antes de passar a ser usado como avião de treinamento por escolas de pilotagem francesas durante a Primeira Guerra Mundial.

Projeto e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Vista frontal de um Nieuport II.N.

O Nieuport II foi resultado de extensivas pesquisas conduzidas pelos irmãos Nieuport em conjunto com o os Laboratórios Eiffel e também usando dados da pesquisa de Robert Esnault-Pelterie, que havia projetado seu próprio monoplano de baixo arrasto.

O resultado foi um monoplano de asas suspensas com apenas um par de cabos de sustentação de cada lado, complementado com um único par de cabos de controle para arquear as asas para o controle lateral. O perfil da asa era pouco usual, sendo razoavelmente grosso (para a época), mas com bordas de fuga bem finas, e com a parte de baixo arqueada para cima para manter o perfil afilado ao longo de toda a corda. Os cabos superiores levavam a uma estrutura piramidal, e o piloto estava quase que totalmente fechado na fuselagem, apenas com a cabeça exposta. Inicialmente, o trem de pouso consistia de um único esqui central preso à fuselagem por duas estruturas em "V" invertido, conectadas a um eixo central com uma roda em cada extremidade.

Quando voou pela primeira vez, as superfícies da cauda consistiam de um estabilizador semicircular horizontal montado no topo da parte traseira da fuselagem, atrás do qual havia um mecanismo de junta universal combinando um profundor retangular com um par de lemes.

Um manche era usado para exercer o controle de atitude, e pedais eram usados para efetuar o arqueamento das asas para obter o controle lateral, os pedais acionavam um tubo que corria diagonalmente para trás em direção à parte traseira da estrutura em "V" do trem de pouso, onde os cabos de arqueamento das asas estavam presos.

Modelos posteriores disponibilizavam um arranjo mais moderno como "opção de fábrica", usando os pedais para controlar o leme, da mesma forma que faziam os aviões da Blériot e da Deperdussin. Uma variedade de motores foi usada, pois o Darracq, apesar de ter siso desenvolvido para o Nieuport, se mostrou insatisfatório. Depois de vários testes, os irmãos Nieuport desenvolveram seu próprio motor de 2-cilindros horizontais e opostos.

Histórico operacional[editar | editar código-fonte]

Em 11 de maio de 1911, Nieuport quebrou o recorde mundial de velocidade para todas as distâncias até 100 km voando um Nieuport II equipado com um motor de fabricação própria de 28 hp. A maior velocidade registrada nesse evento foi de 119,63 km/h.[1]

Três Nieuport II voaram no Gordon Bennett Trophy de 1911 em Eastchurch: um pilotado por Charles Weymann equipado com um motor Gnome double Omega de 100 hp, que ganhou a competição com 126,67 km/h; um segundo equipado com motor Gnome Lambda de 70 hp, ficou com a terceira posição, pilotado por Édouard Nieuport em pessoa e um terceiro, pilotado por M Chevalier equipado com um motor Nieuport de 28 hp, que não conseguiu terminar a prova.[2]

Variantes[editar | editar código-fonte]

Vista lateral de um Nieuport II.N.

Essas foram as variantes do Nieuport II[3]

II.D
motor Darraq de 2 cilindros horizontais e opostos e 25 hp.
II.A
motor Anzani em leque de 40 hp.
II.G
motores Gnome giratórios de 50, 70 ou 100 hp.
II.N
motor Nieuport de 2 cilindros horizontais e opostos e 28 hp.
II.H
variante com flutuadores (apenas projeto)

Usuários[editar | editar código-fonte]

Sobreviventes[editar | editar código-fonte]

Especificação[editar | editar código-fonte]

Detalhe do motor e hélice de um Nieuport II.N.

Estas são as características do Nieuport II[4]

  • Características gerais:
    • Tripulação: um
    • Comprimento: 7,15 m
    • Envergadura: 8,65 m
    • Altura: 2,60 m
    • Área da asa: 14 m²
    • Peso vazio: 240 kg
    • Peso máximo na decolagem: 340 kg
    • Motor: 1 x Nieuport, 2 cilindros opostos, refrigerado à ar, de 28 hp. (uma das opções)
  • Performance:
    • Velocidade máxima: 115 km/h

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "New Speed Records"Flight 20 May 1911
  2. "Table of Cumulative Lap Times"Flight 8 July 1911.
  3. Opdycke 1999 p.190
  4. «Nieuport II N». Consultado em 21 de maio de 2012 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Davilla, Dr. James J. and Arthur Soltan. French Aircraft of the First World War, Flying Machines Press, Mountain View California, 1997, ISBN 0-9637110-4-0
  • Kowalski, Tomasz J. Nieuport 1-27, Kagero, Lublin, 2003, ISBN 83-89088-09-6
  • Opdycke, Leonard E. French Aeroplanes Before The Great War. Atglen, PA: Achiffer, 1999. ISBN 0-7643-0752-5
  • Pommier, Gerard. Nieuport 1875-1911 - A biography of Edouard Nieuport, Schiffer Publishing, Atglen, PA, 2002 ISBN 0-7643-1624-9
  • Rimmell, Ray. World War One Survivors, Aston Publications, Bucks, 1990, ISBN 0-946627-44-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nieuport II
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.