Nova Versão Internacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nova Versão Internacional
Nome: Nova Versão Internacional
Abreviação: NVI
Publicação do NT: 1991
Publicação da Bíblia completa: 2001
Base textual: NT: Novum Testamentum Graece de Nestle-Aland. AT: Texto Massorético da Bíblia Hebraica, Manuscritos do Mar Morto, Pentateuco samaritano, Áquila, Símaco e Teodócio, Vulgata, Peshitta, Targum, Juxta Hebraica para os Salmos de Jerônimo.
Tipo de tradução: Equivalência Formal e Dinâmica
Editora: Editora Vida
Status de Copyright: Biblica
Afiliação religiosa: evangélica
Gênesis 1:1-3
No princípio Deus criou os céus e a terra. Era a terra sem forma e vazia, trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. Disse Deus: "Haja luz", e houve luz.
João 3:16
Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

A Nova Versão Internacional (NVI) é uma tradução evangélica em Inglês, Espanhol e Português da Bíblia.

História[editar | editar código-fonte]

A Nova Versão Internacional teve origem em um projeto de tradução moderno da Associação Nacional de Evangélicos dos EUA em 1957. [1] Em 1967, Biblica assumiu a responsabilidade pelo projeto e contratou uma equipe de 15 especialistas s de várias denominações cristãs evangélicas e de vários países para a tradução de dos manuscritos mais antigos.[2][3] O Novo Testamento foi publicado em 1973 por Zondervan nos Estados Unidos, e a bíblia completa em 1978. [4] Uma tradução em espanhol foi publicada em 1999, seguida por uma tradução em português em 2001. [5][6]

Tradução portuguesa[editar | editar código-fonte]

O projeto de tradução para a língua portuguesa começou em 1990, com a reunião da comissão da Sociedade Bíblica Internacional, sob coordenação do lingüista e hebraista, Luiz Sayão. Inicialmente foi publicado uma versão do Novo Testamento, em 1991. O projeto foi totalmente patrocinado pela International Bible Society, ainda que difundida e vendida por outras editoras. [carece de fontes?]

A tradução definitiva e completa em português foi publicada em 2001, a partir das línguas originais, com base na mesma filosofia tradutológica da New International Version (NIV).[7]

O método de tradução da Nova Versão Internacional é semelhante ao da New International Version (tradução em língua inglesa também produzida pela Sociedade Bíblica Internacional), que é um nível de tradução intermediário entre a equivalência formal e a dinâmica: quando o texto pode ser traduzido mais literalmente, é utilizada equivalência formal. Contudo, se o texto traduzido literalmente for difícil de entender para um leitor comum, então é feita uma tradução mais funcional, procurando trazer o significado pretendido no original para um português natural e compreensível.

Apesar das semelhanças entre a Nova Versão Internacional e a New International Version a versão brasileira não é uma tradução da língua inglesa, mas sim dos idiomas originais.

Notas de rodapé são freqüentes na NVI. Elas trazem explicações de todo tipo e em alguns casos apresentam traduções alternativas (inclusive qual seria a tradução literal).

Características[editar | editar código-fonte]

Essa tradução foi feita a partir das línguas em que os textos bíblicos foram originalmente escritos (hebraico, aramaico e grego). A NVI foi produzida com os seguintes objetivos fundamentais:

  • Clareza — o texto foi traduzido de forma que pudesse ser lido pela população em geral sem maiores dificuldades, porém sem ser demasiadamente informal. Arcaísmos, por exemplo, foram banidos, e regionalismos, evitados.
  • Fidelidade — a tradução deve ser fiel ao significado pretendido pelos autores originais.
  • Beleza de estilo — o resultado deve permitir uma leitura agradável, e uma boa sonoridade ao ser falado em público.

Tradução[editar | editar código-fonte]

Marcos 2:17[editar | editar código-fonte]

  • Ouvindo isso, Jesus lhes disse: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores”. — (Nova Versão Internacional)
  • E Jesus ouvindo isto, disse-lhes: “Os sãos não necessitam de médico, mas os que estão enfermos; eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento”.(King James Fiel)
  • Tendo Jesus ouvido isto, respondeu-lhes: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores. —( Almeida Revista e Atualizada)

1 Coríntios 6:20[editar | editar código-fonte]

  • “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”. — (Almeida Corrigida Fiel)
  • “Porque fostes comprados por um preço; portanto, glorificai a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais são de Deus” — (King James Fiel)
  • “Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês.” — (Nova Versão Internacional)

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Alec Gilmore, A Concise Dictionary of Bible Origins and Interpretation, Bloomsbury Publishing, UK, 2006, p. 136
  2. Jim Ruark, The House of Zondervan: Celebrating 75 Years, Zondervan, USA, 2011, p. 152
  3. Alec Gilmore, A Concise Dictionary of Bible Origins and Interpretation, Bloomsbury Publishing, UK, 2006, p. 136
  4. Alec Gilmore, A Concise Dictionary of Bible Origins and Interpretation, Bloomsbury Publishing, UK, 2006, p. 136
  5. John Riches, The New Cambridge History of the Bible: Volume 4, From 1750 to the Present, Cambridge University Press, UK, 2012, p. 453
  6. Joel Morales Cruz, The Histories of the Latin American Church: A Handbook, Augsburg Fortress Publishers, USA, 2014, p. 49
  7. Joel Morales Cruz, The Histories of the Latin American Church: A Handbook, Augsburg Fortress Publishers, USA, 2014, p. 49

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

SAYÃO, LUIZ (2001). NVI: A BÍBLIA DO SÉCULO 21. Editora Vida. ISBN 8527503964.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.