O Último dos Moicanos (1992)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: se procura outros significados, veja The Last of the Mohicans.
The Last of the Mohicans
O Último dos Moicanos (PT/BR)
 Estados Unidos
1992 •  cor •  117 min 
Direção Michael Mann
Roteiro Michael Mann
Christopher Crowe
Elenco Daniel Day-Lewis
Madeleine Stowe
Wes Studi
Russell Means
Gênero aventura
épico
drama
romance
ação
história
Lançamento França 26 de agosto de 1992
Estados Unidos 25 de setembro de 1992
Portugal 11 de dezembro de 1992
Brasil 2 de abril de 1993
Idioma inglês
francês
mohawk
Orçamento US$ 40 milhões
Receita US$ 75 505 856[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Last of the Mohicans (lançado no Brasil e em Portugal com o título O Último dos Moicanos) é um filme épico estadunidense de 1992, do gênero aventura, dirigido por Michael Mann e com roteiro baseado no livro homônimo de James Fenimore Cooper. A trilha sonora foi assinada por Trevor Jones e Randy Edelman. O tema principal foi baseado na melodia The Gael, do cantor e compositor escocês Dougie MacLean.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A ação da história se passa em 1757 durante a Guerra Franco-Indígena (parte da Guerra dos Sete Anos) nas montanhas de Adirondack no que era então a colônia britânica de Nova York. Três homens estão viajando para o oeste para encontrar um novo lar. O mais velho é Chingachgook, o último chefe da tribo dos moicanos. Com ele, estão seu filho Uncas e um filho adotivo, um homem branco chamado Nathaniel Poe, que também atende pelo nome de Nathaniel Hawkeye. Enquanto isso, o major Duncan Heyward, do exército britânico, chegou em Albany. Ele foi enviado para servir o coronel Edmund Munro, o comandante do forte William Henry, no Lago George, um ponto importante da defesa de Nova Iorque contra os franceses no Canadá. A Heyward, também foi dada a tarefa de escoltar as duas filhas do coronel, Cora e Alice, até o forte onde seu pai está no comando. Ele é um amigo da família, e pede Cora em casamento antes de sair. Ela não lhe dá uma resposta.

O major Heyward, as duas mulheres e uma tropa de soldados britânicos, em seguida, marcham pelo campo direto para o forte. Eles são liderados por um único guia, Magua, um guerreiro da tribo Mohawk. Inesperadamente, Magua conduz o grupo a uma emboscada, onde todos são mortos exceto Heyward e as mulheres. A luta, no entanto, é interrompida pela chegada de Chingachgook e seus filhos, que matam os guerreiros inimigos mas permitem que Magua fuja. O major e as mulheres agora estão sem guia. Os moicanos e Hawkeye concordam em acompanhá-los pelo resto do caminho. Durante esta caminhada, Cora começa a formar um vínculo com Hawkeye, o que preocupa Heyward. Quando eles chegam perto do forte, eles percebem que este está sitiado pelos franceses. Eles conseguem entrar na fortaleza durante um bombardeio e são recebidos pelo coronel Munro. Este pede reforços ao major Heyward. O coronel admite, para Heyward e os outros, que o forte está prestes a cair. Cora e Hawkeye compartilham um beijo apaixonado. Heyward começa a suspeitar de atração de Cora para Hawkeye e fica com ciúme. Em resposta, Cora, finalmente, diz-lhe que não vai se casar com ele.

O forte cai, mas o general francês, Louis-Joseph de Montcalm, garante, aos soldados britânicos, passagem segura para Albany. É revelado que Magua e seu exército de hurões estão com os franceses. Em uma reunião secreta, Magua revela seu ódio pelo Coronel Munro, e seu desejo de vingança pelo assassinato de sua família. No dia seguinte, o Coronel Munro e todos presentes marcham com a guarnição britânica do forte. No campo, Magua e seus guerreiros hurões emboscam os britânicos, e Magua mata o Coronel Munro. Hawkeye e os moicanos lutam e conseguem retirar Cora, Alice e Heyward da batalha, embora Magua, depois, capture o major e as mulheres, levando-os como prisioneiros. Em uma aldeia de hurões, Magua apresenta as mulheres e o oficial a um sachem, um chefe, na esperança de ganhar o reconhecimento como um líder de guerra. Mas seus apelos são interrompidos por Hawkeye, que veio para defender a vida dos prisioneiros. Finalmente, o sachem ordena que Heyward seja vendido para o francês, Alice seja dada a Magua e Cora queimada viva. Em um último gesto de afeto, Heyward se dispõe ser executado no lugar de Cora. Mais tarde, ao longo de trilhas íngremes da montanha, Chingachgook, Uncas e Hawkeye seguem e atacam o grupo de Magua para liberar Alice. Uncas é morto e jogado para baixo da montanha e Alice pula para baixo após ele em desespero. Num único combate com Chingachgook, Magua é, rapidamente, derrotado e morto.

No fim, durante um ritual fúnebre com Hawkeye e Cora, Chingachgook reza para o Grande Espírito em nome de Uncas, observando que ele é, agora, o último dos moicanos.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

The Last of the Mohicans teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. No Metacritic, tem uma pontuação de 76/100 com base em 18 avaliações profissionais.[2] Possui classificação de 94% no Rotten Tomatoes.[3]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1993 (EUA)

BAFTA 1993 (Reino Unido)

  • Venceu na categoria de melhor fotografia e melhor maquiagem.
  • Indicado nas categorias de melhor ator (Daniel Day-Lewis), melhor figurino, melhor som, melhor trilha sonora e melhor desenho de produção.

Globo de Ouro 1993 (EUA)

  • Indicado na categoria de melhor trilha sonora - cinema.[4]

Referências

  1. "The Last of the Mohicans (1992)". Box Office Mojo (em inglês). IMDb. Consultado em 10 de setembro de 2015. 
  2. "The Last of the Mohicans" (em inglês). Metacritic. Consultado em 2 de abril de 2014. 
  3. "The Last of the Mohicans" (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 2 de abril de 2014. 
  4. "Tribute to the composer Trevor Jones" (em inglês). sgt.gr. Consultado em 2 de abril de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]