Omar Corbatta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Oreste Corbatta
Oreste Corbatta
Informações pessoais
Nome completo Oreste Omar Corbatta Fernández
Data de nasc. 11 de março de 1936
Local de nasc. Daireaux, Flag of Argentina.svg Argentina
Falecido em 6 de novembro de 1991 (55 anos)
Local da morte La Plata, Flag of Argentina.svg Argentina
Altura 1.65 m
Apelido Arlequín
Clubes de juventude
1953–1955 Argentina Estudiantes
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1955–1962
1962–1965
1965–1968
1970
1971
1973–1974
Argentina Racing
Argentina Boca Juniors
Colômbia Independiente Medellín
Argentina San Telmo
Argentina Italia Unidos
Argentina Tiro Federal
Seleção nacional
1956–1962 Flag of Argentina.svg Argentina

Oreste Omar Corbatta Fernández (11 de março de 1936 - 6 de novembro de 1991) foi um futebolista argentino.[1] Apelidado de Arlequín[2], ele jogou por seis clubes em seu país, principalmente Racing Club e Boca Juniors, conquistando quatro grandes títulos e marcando 86 gols oficiais com ambas as equipes juntas.[3]

Considerado um grande batedor de pênalti e um dos melhores pontas argentinos de todos os tempos, Corbatta jogou mais de 40 partidas pela Seleção Argentina nos anos 50 e 60 e representou o país na Copa do Mundo de 1958.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Nascido em Daireaux, na província de Buenos Aires, seu pai se chamava Geronimo e era um imigrante italiano, e sua mãe, Isabel, era argentina.[5]

Corbatta começou sua carreira profissional em 1955 no Racing, fazendo sua estréia na Primera División da Argentina em 30 de abril contra o Gimnasia e ajudando a La Academía a ganhar o campeonato em 1958 e 1961.[6]

Em 1963, Corbatta se juntou ao Boca Juniors por 12 milhões de pesos, com os quais a Racing conseguiu melhorar as condições em seu estádio e construir novas instalações esportivas.

Em 19 de maio de 1963, ele marcou todos os gols em uma vitória em casa por 3-0 contra o Vélez Sársfield, ele também participou da derrota para o Santos de Pelé pela Copa Libertadores daquele ano; em seus últimos dois anos em La Bombonera, ele ganhou mais dois campeonatos nacionais.

Corbatta ingressou no Independiente Medellín em 1965 e permaneceu na Colômbia por três anos. Ele retornou ao seu país para jogar no San Telmo, Itália Unidos e no Tiro Federal.

Ele se aposentou do futebol aos 38 anos. Durante sua carreira profissional, ele só perdeu quatro dos 68 pênaltis que bateu.

Seleção Argentina[editar | editar código-fonte]

Corbatta disputou um total de 43 jogos pela Seleção Argentina, nos quais marcou 18 gols.[7] Ele fez parte da equipe vencedora da Copa América de 1957 e 1959.

Corbatta jogou na Copa do Mundo de 1958 na Suécia, contribuindo com três gols em três jogos durante a fase de grupos.[8]

Morte[editar | editar código-fonte]

Corbatta lutou pesadamente contra o alcoolismo, jogando vários jogos em estado de completa embriaguez. Analfabeto, ele nunca aprendeu a ler.

Pobre e sozinho - ele se casou e se divorciou quatro vezes - Corbatta morreu de câncer de laringe em La Plata em 1991, aos 55 anos.[9]

Em 2006, para marcar o 15º aniversário de sua morte, ele ingressou ao Hall da Fama do Racing e ganhou uma estátua de bronze feita por Daniel Zimermann.

O município de Avellaneda renomeou a rua atrás do estádio para "Pasaje Corbatta" em sua homenagem.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Racing
Boca Juniors
Seleção da Argentina
  • Copa América: 1957, 1959

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Fútbol Factory». 20 de outubro de 2007. Consultado em 28 de junho de 2018 
  2. Gaceta, La. «El que se fue solo». www.lagaceta.com.ar. Consultado em 28 de junho de 2018 
  3. Strack-Zimmermann, Benjamin. «Oreste Omar Corbatta». www.national-football-teams.com (em inglês). Consultado em 28 de junho de 2018 
  4. «Seleção Argentina na Copa do Mundo FIFA de 1958». Fifa.com. Consultado em 20 de agosto de 2010 
  5. Wall, Alejandro (1 de setembro de 2016). Corbatta: El wing (em espanhol). [S.l.]: Penguin Random House Grupo Editorial Argentina. ISBN 9789877351439 
  6. «Ídolos: Oreste Corbatta | Racing Club - Sitio Oficial». Racing Club - Sitio Oficial (em espanhol). Consultado em 28 de junho de 2018 
  7. «Argentina - Record International Players». www.rsssf.com. Consultado em 28 de junho de 2018 
  8. «FIFA Tournaments - Players & Coaches - Oreste Omar CORBATTA». FIFA.com (em inglês). Consultado em 28 de junho de 2018 
  9. «NewsLibrary Search Results». nl.newsbank.com. Consultado em 28 de junho de 2018