Pandemia de COVID-19 no Equador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na América
Pandemia de COVID-19 em 2020 no Equador
Casos da COVID-19 no Equador.
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Espanha
Local Equador
Período 29 de fevereiro de 2020
(9 meses e 1 dia)
Estatísticas globais
Casos confirmados 126 711
Mortes 11 095
Casos que recuperaram 102 852

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus 2019-2020 no Equador e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Fevereiro de 2020[editar | editar código-fonte]

Em 29 de fevereiro, a ministra da Saúde Pública do Equador, Catalina Andramuño, confirmou o primeiro caso do coronavírus no país.[1] A paciente era uma mulher de 70 anos e uma cidadã equatoriana que residia na Espanha. Ela chegou a Guayaquil em 14 de fevereiro.[2] Segundo Andramuño, ela não apresentava sintomas quando chegou ao país. Após sua chegada, ela começou a sentir sintomas como febre e dor muscular leve. Ela foi levada a um serviço de saúde em estado grave e com prognóstico reservado. Mais detalhes sobre a mulher e o hospital onde ela está localizada não foram divulgados devido a medidas de segurança. Além disso, 80 pessoas que tiveram contato contínuo com a mulher infectada estão atualmente em observação.[3][4]

Março de 2020[editar | editar código-fonte]

Em 1º de março, Andramuño anunciou que 5 novos casos de coronavírus foram registrados no Equador.[5][6]

Em 4 de março, 3 novos casos foram anunciados pelo Ministério da Saúde.[7] O último relatório, de acordo com o INSPI (Instituto Nacional de Investigação em Saúde Pública), confirma um total de 14 casos positivos.[8]

Em 8 de março, o Ministério da Saúde do Equador anunciou através de todas as redes sociais um novo caso de coronavírus no país. Segundo o comunicado, o paciente foi infectado tendo contato com o primeiro caso registrado na região. Adicionando 15 casos no país até aquele momento.[9]

Em 10 de março, o Ministério da Saúde do Equador anunciou dois novos casos de coronavírus no país. Estes casos estão nas províncias de Guayas e Los Ríos. Um dos casos está relacionado ao primeiro caso no país e o outro está relacionado ao primeiro caso no Paraguai.[10]

Em 13 de março, 23 casos foram confirmados pelo governo.[11]

Há casos relatados em Pichincha (5), Guayas (8) e Los Rios (10). O governo suspendeu as aulas para estudantes de todos os níveis. Além disso, a primeira morte (o primeiro caso de infecção no Equador) é relatada pela Ministra da Saúde Pública, Catalina Andramuño, durante uma conferência de imprensa em Guayaquil.[12][13]

Em 14 de março, o governo do Equador anunciou no sábado o fechamento de suas fronteiras a partir de domingo a todos os viajantes estrangeiros devido à disseminação do coronavírus, depois que as autoridades locais confirmaram uma segunda morte pela infecção. O vice-presidente Otto Sonnenholzner, em comunicado televisionado, disse que todo transporte aéreo, terrestre e marítimo para o país andino será proibido. Cidadãos e estrangeiros equatorianos com residência equatoriana terão até o final de segunda-feira para retornar, disse ele. Até o momento, o Equador confirmou 28 casos de coronavírus, incluindo duas mortes, e as autoridades proibiram todas as atividades públicas.[14]

Em 15 de março, 37 casos foram confirmados pelo governo. Guayas tem 19 casos, 10 em Los Rios, 6 em Pichincha, 1 em Sucumbios e 1 em Azuay.[15]

Em 16 de março, cidadãos do Equador, El Salvador, Peru e Chile estão presos no Aeroporto Internacional Benito Juárez, na Cidade do México, devido ao vírus.[16] 58 casos de coronavírus foram confirmados no Equador, incluindo um novo caso em Manta, Manabi.[17]

Na manhã de 17 de março, o governo equatoriano confirma um total de 111 casos positivos.[18]

Em 18 de março, o governo equatoriano confirma um total de 155 casos positivos.[19] À tarde, o governo confirma um total de 168 casos positivos no total.[20]

Em 19 de março, o governo confirma 260 casos positivos, 481 casos suspeitos, 4 mortes e 3 recuperados.[21]

Na manhã de 20 de março, o governo equatoriano confirma um total de 367 casos positivos, 582 casos suspeitos, 5 mortes e 4 recuperados.[22]

Em 21 de março, o governo confirma 532 casos positivos, 870 casos suspeitos, 7 mortes e 3 recuperados.[23]

Em 23 de março, o governo equatoriano registra 981 casos confirmados e 18 mortes.[24]

Abril de 2020[editar | editar código-fonte]

Em 2 de abril o sistema funerário equatoriano colapsou.[25][26] Na segunda maior cidade do país, Guayaquil, corpos de moradores de ruas mortos demoram dias para serem retirados além de pessoas que morrem dentro de suas residências e há uma demora do serviço funerário para retira-los.[27][28] Nesta data o país registrava 2.758 casos confirmados e 98 mortos.[29]

Durante a primeira quinzena de abril, o país enfrentou o colapso no sistema funerário, incapaz de recolher 800 corpos de pessoas que morreram em suas casas durante o toque recolher de quinze horas diárias. Sem autópsia, os mortos eram considerados suspeitos da COVID-19.[30]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até o dia 21/09/2020 a província de Pichincha liderava o número de casos e mortes.[31]

Província Casos confirmados Mortes
Pichincha 33 605 1 547
Guayas 20 192 3 301
Manabí 9 440 1 784
Azuay 8 152 156
El Oro 5 280 497
Loja 5 128 228
Santo Domingo de los Tsáchilas 4 763 442
Tungurahua 4 544 441
Esmeraldas 3 679 240
Cotopaxi 3 569 260
Imbabura 3 563 113
Los Ríos 3 471 520
Morona-Santiago 2 650 20
Sucumbíos 2 507 91
Carchi 2 401 83
Chimborazo 2 216 354
Pastaza 2 074 56
Cañar 1 741 73
Bolívar 1 716 69
Orellana 1 684 67
Santa Elena 1 445 634
Zamora Chinchipre 1 445 47
Napo 1 260 70
Galápagos 186 2
Total 126 711 11 095

Referências

  1. Comercio, El (2020). «#URGENTE | Ministra de Salud confirma primer caso de #coronavirus en Ecuador. La paciente llegó desde España el pasado 14 de febrero Vía: @jandresgonz73pic.twitter.com/UUiGbbmNYC» (em espanhol) 
  2. «Depois do Brasil, Equador confirma primeiro caso de coronavírus» 
  3. «Ministerio de Salud confirma primer caso de coronavirus en Ecuador» 
  4. «Ecuador confirma primer caso de coronavirus» (em espanhol). 29 de fevereiro de 2020 
  5. Comercio, El (1 de março de 2020). «#ATENCIÓN | La ministra de Salud, Catalina Andramuño, informa cinco nuevos casos positivos de #COVID19 en Ecuador. Los afectados son del círculo primario familiar de la paciente. Y se encuentran con sintomatología leve y se mantiene la vigilancia permanente Vía: @jandresgonz73pic.twitter.com/Qj6wWotOZs» (em espanhol) 
  6. «América Latina: sobe para 10 número de países com casos de coronavírus». 9 de março de 2020 
  7. Comercio, El (4 de março de 2020). «#URGENTE | Tres nuevos casos por #covid19 en Ecuador. Los nuevos casos son contactos directos de la primera paciente con coronavirus, informa el Ministerio de Saludpic.twitter.com/NukRvBhK44» (em espanhol) 
  8. «Extranjero, el caso número 14 de contagiados con coronavirus en Ecuador» (em espanhol). 6 de março de 2020 
  9. «Coronavirus: 15 contagiados con el nuevo COVID-19 en Ecuador» (em espanhol). 8 de março de 2020 
  10. Comercio, El (10 de março de 2020). «#ATENCIÓN | Ministerio de Salud confirma dos nuevos casos de #covid19 en #Ecuador; en total 17 personas están infectadas. Uno de los casos 'tuvo contacto directo con el círculo cercano del ciudadano paraguayo'» (em espanhol) 
  11. «Actualización de casos de coronavirus en Ecuador – Ministerio de Salud Pública» 
  12. de 2020, Por Reuters 13 de marzo. «Ecuador confirma primera muerte por coronavirus» (em espanhol) 
  13. «América Latina registra segunda morte por coronavírus». 11 de março de 2020 
  14. «Ecuador closes borders to foreign travelers due to coronavirus». Reuters (em inglês). 14 de março de 2020 
  15. «COE confirma 37 casos de contagio de covid-19; 273 personas están en el cerco epidemiológico» 
  16. «Pasajeros de Centro y Sudamerica, varados en CDMX por cancelación de vuelos» (em espanhol) 
  17. «Coronavirus: 28 de los 58 casos de coronavirus COVID-19 están en Guayaquil» (em espanhol). 16 de março de 2020 
  18. «COE Nacional confirma 111 casos de covid-19 en Ecuador; Guayas con el mayor número de pacientes» 
  19. «Ecuador contabiliza este miércoles 155 infectados de COVID-19; Samborondón duplica casos» (em espanhol). 18 de março de 2020 
  20. Ecuador, Salud (18 de março de 2020). «COMUNICADO || #COVID19 #ActivadosPorLaSalud El Ministerio de Salud Pública informa 168 casos positivos, 283 en sospecha, 312 descartados, 3 fallecidos y 575 personas en cerco epidemiológico de coronavirus. #QuédateEnCasa. Más información en coronavirusecuador.com pic.twitter.com/RkVNzFFVAP» (em espanhol) 
  21. Ecuador, Salud (19 de março de 2020). «COMUNICADO || #COVID19 #ActivadosPorLaSalud El Ministerio de Salud Pública informa que la vigilancia epidemiológica para coronavirus registra 260 casos positivos, 412 descartados, 4 fallecidos y 3 recuperados. #QuédateEnCasa. Más información en www.coronavirusecuador.com pic.twitter.com/UHeYW4MWMo» (em espanhol) 
  22. Ecuador, Salud (20 de março de 2020). «COMUNICADO || #COVID19 #ActivadosPorLaSalud El Ministerio de Salud Pública informa que la vigilancia epidemiológica para coronavirus registra 367 casos positivos, 483 descartados, 5 fallecidos y 3 recuperados. #QuédateEnCasa. Más información en www.coronavirusecuador.com pic.twitter.com/pwh8DbOGjd» (em espanhol) 
  23. Ecuador, Salud (21 de março de 2020). «COMUNICADO || #COVID19 #ActivadosPorLaSalud El Ministerio de Salud Pública informa que de un total de 2051 muestras para coronavirus existen 532 casos positivos y 649 casos descartados. #QuédateEnCasa. Más información en coronavirusecuador.com pic.twitter.com/Z6nv8p4OGq» (em espanhol) 
  24. «Coronavirus Update (Live): 374,714 Cases and 16,350 Deaths from COVID-19 Virus Outbreak - Worldometer» (em inglês) 
  25. «Coronavirus en Ecuador: cuerpos en las calles de Guayaquil» (em espanhol). 2 de abril de 2020 
  26. Zibell, Matías (1 de abril de 2020). «Mortos em casa e cadáveres nas ruas: o colapso funerário causado pelo coronavírus no Equador». BBC News Brasil 
  27. «Coronavírus: Com colapso funerário, cidade do Equador tem caixões e queima de mortos nas ruas». 2 de abril de 2020 
  28. «Mortos em casa e cadáveres nas ruas: o colapso funerário causado pelo coronavírus no Equador» 
  29. «Coronavirus Update (Live): 955,301 Cases and 48,578 Deaths from COVID-19 Virus Outbreak - Worldometer» (em inglês) 
  30. Sandra Cohen (15 de abril de 2020). «Entenda por que o sistema hospitalar e os necrotérios entraram em colapso no Equador». G1. Globo. Consultado em 15 de abril de 2020 
  31. «Actualización de casos de coronavirus en Ecuador – Ministerio de Salud Pública» (em espanhol) 
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Pandemia de COVID-19 no Equador
Ícone de esboço Este artigo sobre a pandemia de COVID-19 é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.