Parochiale suevorum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Parochiale Sueuorum (Paroquial Suevo) ou Divisio Theodemiri é um importante manuscrito da segunda metade do século VI,[1] onde se reflete a organização administrativa e mormente eclesiástica do Reino suevo da Galécia, contendo uma relação de 134 paróquias, agrupadas em treze dioceses. A sua importância reside em não existir equivalente na época em nenhuma outra província eclesiástica.[2] Constitui, portanto, uma das referências historiográficas mais importantes para a localização de povos e povoações na Galécia pós-romana, nomeadamente durante o Reino suevo.

Para alguns autores é mais correta a denominação de Divisio Theodemiri (divisão de Teodemiro), realizada pelo rei suevo Teodomiro.

O manuscrito referência as nove dioceses tradicionais refletidas no Concílio de Lugo, bem como as quatro dioceses criadas a sul do Douro (Coimbra, Idanha, Lamego e Viseu). Refere adicionalmente à diocese Britoniaro (Bretoña, norte da atual província de Lugo), não geográfica mas étnica, criada para os cristãos bretões emigrados à Galécia nos séculos V e VI. O manuscrito indica ademais a existência de pagus (distritos) especificamente suevos.

A densa rede de paróquias na Galécia do século VI que referencia o manuscrito é para alguns historiadores um fato surpreendente pela importante cristianização que reflete, comparado com a nula existência de sés episcopais no resto da faixa Cantábrica da península Ibérica.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • DAVID, Pierre (1947). Études historiques sur la Galice et le Portugal du VIe au XIIe siècle, págs. 19-82. Instituto de Estudos Históricos Dr António de Vasconcelos, Coimbra. [S.l.: s.n.] 
  • Parochiale sueuum. Itineraria et Alia Geographica. In Corpus christianorum. CLXXV: p, 411-420. Typography Brepols Editores Pontificii. [S.l.: s.n.] 1965 

Referências e Notas

  1. datado entre 527 e 582, sendo-lhe atribuída como data mas provável o ano de 569
  2. DAVID, Pierre (1947). Études historiques sur la Galice et le Portugal du VIe au XIIe siècle, p. 497. Belles Lettres. [S.l.: s.n.] 
  3. ver ALGUNAS CONSIDERACIONES EN TORNO A LOS ORÍGENES CRISTIANOS EN ESPAÑA p. 70
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.