Pascal Olmeta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olmeta
Informações pessoais
Nome completo Pascal Olmeta
Data de nasc. 7 de abril de 1961 (57 anos)
Local de nasc. Bastia,  França
Altura 1,81 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1979–1981 França INF Vichy
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1980–1981
1981–1984
1984–1986
1986–1990
1990–1993
1993–1996
1996–1998
1998–1999
França INF Vichy
França Bastia
França Toulon
França Matra Racing
França Olympique de Marseille
França Lyon
Espanha Espanyol
França Gazélec Ajaccio
14 (0)
45 (0)
76 (0)
138 (0)
84 (0)
131 (2)
0 (0)
54 (0)
Seleção nacional



2001-2004
França França (amadores)
França França sub-21
França França
França França (beach soccer)
7 (0)
5 (0)
2 (0)

Pascal Olmeta (Bastia, 7 de abril de 1961) é um ex-futebolista francês que atuava como goleiro.

Revelado pelo INF Vichy, que também lançou para o futebol o atacante Jean-Pierre Papin, Olmeta disputou 14 partidas pelo clube. Foi o suficiente para chamar a atenção do Bastia, maior time de sua cidade natal, que o contratou em 1981. No total, foram 45 partidas pela equipe da Alta Córsega.

Entre 1984 e 1990, teve passagens destacadas por Toulon (76 jogos) e Matra Racing (138 partidas) até ser contratado pelo Olympique de Marseille, sendo titular até 1993, quando Fabien Barthez tirou sua vaga. Durante o período, conquistou três títulos (entre eles a Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93, já como reserva de Barthez). No total, fez 84 jogos na equipe.

Liberado pelo Marseille, Olmeta teve ainda outra passagem destacada, agora pelo Lyon, onde embora não tivesse levado nenhum título pelos Gones, onde realizou 131 partidas, marcando seus dois únicos gols como profissional. Sob comando de Jean Tigana e Guy Stéphan, tornou-se querido pela torcida lionesa.

Contratado pelo Espanyol em 1996, Olmeta não teve chances no clube de Barcelona. Voltaria ao futebol francês em 1998, para defender o Gazélec Ajaccio, onde encerraria sua carreira no ano seguinte.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Olmeta teve poucas chances na Seleção Francesa de Futebol, embora tivesse defendido as equipes amadora, sub-21 e principal (onde atuou em 7, 5 e dois jogos, respectivamente.[1]). Teve maior sucesso defendendo a equipe de beach soccer, onde jogou ao lado de outro ídolo do futebol francês, Éric Cantona. Ambos estiveram no time vice-campeão mundial da modalidade em 2001. Levou ainda o prêmio de melhor goleiro da competição.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 2004, participou da primeira edição do reality show La Ferme Célébrités, saindo como vencedor do programa, produzido pela Endemol e exibido pela TF1.

No mesmo ano, casou-se com Séverine, com a qual teve dois filhos, Cassandra (nascida em 6 de janeiro de 2002) e Lisandru (nascido em agosto de 2005). O ex-goleiro já tinha uma filha mais velha, Joana (nascida em 1985, de um casamento anterior).

Ele ainda fundou, em 2006, a fundação "Un sourire, un espoir pour la vie" (em português, "um sorriso, uma esperança para a vida"), juntamente com Francesco Biddau. Alex Ferguson, Éric Cantona, o ator Christophe Maé e a princesa Stéphanie do Mónaco estão entre os que apoiam o projeto.

Links[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «France - Record International Players». RSSSF. 25 de fevereiro de 2014 
Bandeira de FrançaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas franceses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.