Paul Caligiuri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paul Caligiuri
Informações pessoais
Nome completo Paul David Caligiuri
Data de nasc. 9 de maio de 1964 (53 anos)
Local de nasc. Westminster, Califórnia,  Estados Unidos
Altura 1,80 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Volante
Clubes de juventude
1982–1985 Estados Unidos UCLA Bruins
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1986
1987–1988
1988–1990
1991
1991–1992
1995
1995–1996
1996
1997–2001
Estados Unidos San Diego Nomads
Alemanha Ocidental Hamburgo
Alemanha Ocidental Meppen
Alemanha Hansa Rostock
Alemanha Freiburg
Estados Unidos Los Angeles Salsa
Alemanha St. Pauli (emp.)
Estados Unidos Columbus Crew
Estados Unidos Los Angeles Galaxy
10 (2)

45 (1)
22 (0)
18 (0)

15 (0)
25 (3)
136 (8)
Seleção nacional
1984–1997 Flag of the United States.svg Estados Unidos 110 (5)

Paul David Caligiuri (Westminster, 9 de maio de 1964), é um ex-futebolista e treinador de futebol norte-americano que atuava como volante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 15 anos como atleta, Caligiuri jogou a maior parte da carreira no futebol alemão, com destaque para o Meppen, onde atuou em 45 partidas. Passou ainda por Hamburgo (não chegou a entrar em campo), Hansa Rostock, Freiburg e St. Pauli, por empréstimo.

Nos Estados Unidos, atuou por San Diego Nomads, Los Angeles Salsa, Columbus Crew e Los Angeles Galaxy, onde parou de jogar em 2001, aos 37 anos.

Seleção Americana[editar | editar código-fonte]

Pela Seleção dos Estados Unidos, Caligiuri disputou 110 jogos entre 1984 e 1997, marcando 5 gols[1]. O mais importante deles foi contra Trinidad e Tobago, que também brigava pela outra vaga nas eliminatórias da CONCACAF para a Copa de 1990 e que garantiu a classificação americana para o torneio. Este gol foi considerado, numa votação da revista Sports Illustrated, como o mais importante da história do U.S. Team.

Na Itália, a seleção comandada por Bob Gansler não conseguiu passar da primeira fase, embora o primeiro gol da equipe em Copas desde 1950, contra a Tchecoslováquia (que venceu por 5 a 1), fosse da autoria do volante, que foi um dos 4 jogadores da seleção que atuavam no futebol europeu, juntamente com Tab Ramos (Figueres), Christopher Sullivan (Győri) e Peter Vermes (Volendam).

Disputou ainda a Copa de 1994[2], mas não evitou a eliminação para o Brasil. Participou também das Olimpíadas de 1988, 2 edições da Copa Ouro, 2 edições da Copa América e da Copa Rei Fahd de 1992. Ele ainda chegou a jogar as eliminatórias para a Copa de 1998, mas encerrou a carreira internacional em 1997, num jogo contra El Salvador.

Referências

  1. RSSSF. «Paul Caligiuri - Century of International Appearances». Consultado em 10 de outubro de 2017 
  2. «Elenco EUA na Copa de 1990». Consultado em 16 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]