Bora Milutinović

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Bora Milutinović
Бора Милутиновић
Bora MilutinovićБора Милутиновић
Bora Milutinović em 2006
Informações pessoais
Nome completo Velibor Milutinović
Data de nasc. 7 de setembro de 1944 (69 anos)
Local de nasc. Bajina Bašta, Iugoslávia
Apelido Bora
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
Jugoslávia OFK Beograd
Jugoslávia Partizan Belgrado
França AS Monaco
França OGC Nice
França FC Rouen
Suíça FC Winterthur
México Pumas UNAM
Times que treinou
1977–1981
1983–1986
1987
1987
1990
1991–1995
1995–1997
1997–1998
1999
2000–2002
2003–2004
2004–2005
2006–2007
2009
México Pumas UNAM
Flag of Mexico.svg México
Argentina San Lorenzo
Itália Udinese Calcio
Flag of Costa Rica.svg Costa Rica
Flag of the United States.svg Estados Unidos
Flag of Mexico.svg México
Flag of Nigeria.svg Nigéria
Estados Unidos MetroStars
Flag of the People's Republic of China.svg China
Flag of Honduras.svg Honduras
Catar Al-Sadd
Flag of Jamaica.svg Jamaica
Flag of Iraq.svg Iraque

Velibor "Bora" Milutinović - em sérvio cirílico Велибор "Бора" Милутиновић (Bajina Bašta, 7 de setembro de 1944) é um treinador sérvio de futebol, assim como Carlos Alberto Parreira, dirigiu cinco seleções diferentes em uma Copa do Mundo: México (em 1986), Costa Rica (em 1990), Estados Unidos da América (em 1994), Nigéria (em 1998) e China (em 2002). Além disso, levou as quatro primeiras seleções além da primeira fase.

Durante o verão de 2003 chegou a negociar para assumir a seleção de seu país de origem. Mas apesar da longa negociação com a associação nacional, Milutinović recusou a proposta. Logo em seguida assumiu o cargo de técnico da seleção Hondurenha em 2004, mas foi demitido durante as eliminatórias para a Copa do Mundo.