Jeff Agoos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jeff Agoos
Jeff Agoos NYRB.jpg
Informações pessoais
Nome completo Jeffrey Alan Agoos
Data de nasc. 2 de maio de 1968 (45 anos)
Local de nasc. Genebra, Suíça
Altura 1,78 m
Apelido Goose
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Defensor
Clubes de juventude
1986, 1988–1990 Estados Unidos Univ. da Virgínia
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1991
1991–1992
1994–1995
1996–2000
2000
2001–2004
2005
Estados Unidos Maryland Bays
Estados Unidos Dallas Sidekicks
Alemanha Wehen Wiesbaden
Estados Unidos D.C. United
Inglaterra West Bromwich Albion (empr.)
Estados Unidos San José Earthquakes
Estados Unidos MetroStars
005 (0)
030 (7)
009 (0)
158 (7)

098 (6)
027 (0)
Seleção nacional
1988–2003 Flag of the United States.svg Estados Unidos 134 (4)

Jeffrey Alan Agoos (Genebra, 2 de maio de 1968) é um ex-futebolista suíço que optou jogar pelos EUA.

Como a maioria dos futebolistas da "terra do Tio Sam", Agoos começou a carreira atuando em uma equipe universitária - em seu caso, foi na Universidade da Virgínia, em 1986. Retornou em 1988 e saiu de vez em 1990.

Em 1991, quando a Major League Soccer ainda estava sendo criada, Agoos, apelidado de Goose (Ganso), iniciou sua trajetória em clubes atuando pelo Maryland Bays e em seguida, pelo Dallas Sidekicks.

Foi contratado pelo D.C. United em 1996, e de quebra, conquistou o primeiro título da história da MLS. Teve uma passagem por empréstimo pelo WBA em 2000, mas acabou regressando aos EUA para jogar no San José Earthquakes.

Vieram mais dois títulos pela equipe californiana, ambos pela MLS Cup, os últimos da agremiação antes de se mudar para o Texas e se transformar no Houston Dynamo.

Agoos jogou ainda mais um ano, antes de pendurar as chuteiras aos 37 anos, pelo MetroStars.

Seleção[editar | editar código-fonte]

O debut de Agoos com a camisa ianque deu-se em 1988, contra a fraca Guatemala. Acabou sendo preterido para a disputa das Copas de 1990 e 1994, mas esteve presente nas Copas de 1998 e 2002, onde começou como titular da defesa, mas acabaria se lesionando e cedeu a posição a Gregg Berhalter.

Por outro lado, compromoteu em dois jogos dos ianques nesta última Copa: na estreia, contra Portugal, marcou um gol contra, diminuindo surpreendente a vantagem estadunidense para 3 x 2. Na segunda partida, contra a anfitriã Coreia do Sul, fez pênalti em um adversário - para a sua sorte, o resultado do primeiro jogo manteve-se com vitória dos EUA, e a penalidade máxima no segundo seria defendida por Brad Friedel.

Agoos disse adeus à Seleção dos EUA em 2003, em partida contra o País de Gales.

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Seleção Norte-Americana
Bandeira de Estados UnidosSoccer icon Este artigo sobre futebolistas estadunidenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.