Marco Etcheverry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Marco Etcheverry
Marco Etcheverry
Marco Etcheverry em 2000
Informações pessoais
Nome completo Marco Antonio Etcheverry Vargas
Data de nasc. 26 de setembro de 1970 (50 anos)
Local de nasc. Santa Cruz de la Sierra, Bolívia
Nacionalidade boliviano
Altura 1,76 m
Apelido El Diablo
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição (Ex-atacante)
Função Treinador
Clubes de juventude
1984–1986 Academia Tahuichi
Clubes profissionais
Anos Clubes
1986–1989
1990–1991
1992–1993
1994
1995
1996–2003
1997
1998
1999
2001
2004
Destroyers
Bolívar
Albacete
Colo-Colo
América de Cali
D.C. United
Barcelona de Guayaquil (emp.)
Emelec (emp.)
Barcelona de Guayaquil (emp.)
Oriente Petrolero (emp.)
Bolívar
Seleção nacional
1989–2003 Bolívia
Times/Equipas que treinou
2009
2009–2010
Aucas
Oriente Petrolero
Medalhas
Campeonato Sul-Americano Sub-17
Ouro Peru 1986 Competição de equipe
Copa América
Prata Bolívia 1997 Competição de equipe

Marco Antonio Etcheverry Vargas (Santa Cruz de la Sierra, 26 de setembro de 1970), também conhecido como Marco Etcheverry ou ainda "El Diablo" Etcheverry, é um ex-futebolista boliviano que jogava como meia, e que atualmente é treinador. Um criativo Playmaker, ele é considerado o maior jogador boliviano de todos os tempos. Jogando na MLS, ele foi selecionado ao "MLS Best XI" por 4 vezes consecutivos, de 1996 to 1999.

Em 12 de abril de 2006, o Congresso boliviano concedeu-lhe a "Ordem do Mérito" e um título de "Cidadão Distinto", por suas conquistas esportivas, logo após sua aposentadoria[1].

Em 2011, foi incluído na Seleção Histórica da Copa América.

Carreira[editar | editar código-fonte]

É conhecido como El Diablo ("O Diabo" em espanhol), alcunha que ganhou durante os jogos eliminatórios para a Copa de 1994 devido ao seu grande talento. Nessa partida contra a seleção da Bolívia, em La Paz, a "seleção canarinho" sofreu sua primeira derrota em jogos eliminatórios para a Copa do Mundo. Se Etcheverry foi o herói das eliminatórias, tornou-se o vilão boliviano da Copa de 1994, disputada nos EUA: jogou apenas quatro minutos contra a Alemanha, pois foi logo expulso após cometer jogada violenta no astro alemão Lothar Matthäus[2].

Jogou em vários clubes da América do Sul (o Bolívar, de sua terra natal; o Colo-Colo do Chile; o América da Colômbia e o Barcelona e o Emelec (ambos do Equador) e no Albacete da Espanha (única equipe europeia que defendeu), mas foi na equipe estadunidense do D.C. United que obteve a consagração. Nessa equipe, El Diablo jogou durante oito anos obteve três títulos e ainda foi eleito o melhor jogador do campeonato em 1998. Jogou nesse clube até 2003, quando regressou à Bolívia para atuar no clube que o revelou, o Bolívar. Aposentou-se do futebol profissional depois de apenas 7 jogos em 2004.

Em 23 de setembro de 2006, Etcheverry foi homenageado em um jogo em casa contra o New York Red Bulls. Durante o intervalo, ele foi colocado no letreiro "D.C. United Tradition of Excellence" no estádio. Depois disso, Etcheverry caminhou até a parte onde os torcedores da equipe se encontravam no estádio e fez sua marca registrada bater palmas na frente deles (ele fazia depois de cada jogo, ganhando ou perdendo).

Encerrou sua carreira definitivamente em 30 de março de 2006, aos 35 anos. A 12 de abril, é condecorado como "cidadão meritório" pela Câmara dos Deputados boliviana.

Em 20 de outubro de 2007, Etcheverry foi homenageado com uma partida de tributo no RFK Stadium, antes da final da temporada regular do United contra Columbus. Com isso, Etcheverry tornou-se o primeiro jogador do United a ser tão honrado. Etcheverry, jogando com os companheiros de equipe do time vencedor da MLS Cup de 1997, derrotou o Hollywood United (uma coleção de ex-jogadores e atores), por 2-1, com Etcheverry empatando e marcando a penalidade vencedora no minuto final.

Com a Seleção Boliviana[editar | editar código-fonte]

Em 1986, liderou a Bolívia Sub-17 a sagrar-se campeão no Campeonato Sul-Americano da categoria, disputado no Peru, sendo o artilheiro e melhor jogador do torneio[3].

De 1989 a 2003, Etcheverry foi a grande estrela da seleção boliviana de futebol, participando de 71 jogos e marcando 13 gols[4] . Ele foi peça fundamental para a classificação da Bolívia para a Copa do Mundo dos Estados Unidos, ao lado de Erwin Sánchez, Julio César Baldivieso, o atacante William Ramallo, dentre outros, comandados por Xabier Azkargorta. Jogou a Copa do Mundo de 1994, na qual é lembrado por jogar apenas 4 minutos e 30 segundos do jogo de abertura contra a Alemanha, sendo expulso por falta evitável em Lothar Matthaeus. Ele também é lembrado por ter marcado o primeiro gol da histórica vitória por 2 a 0 sobre o Brasil, na cidade de La Paz, nas eliminatórias de 1993; com a derrota, o Brasil perderia sua invencibilidade histórica nas eliminatórias para a Copa do Mundo.

Para sua aposentadoria em 2006, foi realizada uma partida de despedida no estádio "Ramón Tahuichi Aguilera", na cidade de Santa Cruz de la Sierra, entre o lendário time boliviano de 94, contra estrelas do futebol e amigos do diabo como: Carlos Valderrama, Iván Zamorano, José Luís Chilavert, Diego Latorre, Álex Aguinaga, Sergio Acosta, Sergio Martínez, Fernando Gamboa, entre muitos outros.

Gols pela seleção
# Data Local Adversário Placar (Gol) Resultado Final Competição
1. 20 de Junho de 1993 Estádio 9 de Maio, Machala, Ecuador Flag of Colombia.svg Colômbia 0-1 1–1 Copa América de 1993
2. 25 de Julho de 1993 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Brasil Brasil 1-0 2–0 Eliinatórias da Copa do Mundo de 1994
3. 8 de Agosto de 1993 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Uruguay.svg Uruguai 2-0 3-1
4. 22 de Agosto de 1993 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Venezuela.svg Venezuela 5-0 7–0
5. 6-0
6. 11 de Julho de 1995 Estádio Parque Artigas, Paysandú, Uruguay Flag of the United States.svg Estados Unidos 1–0 1–0 Copa América de 1995
7. 25 de Outubro de 1995 Estádio Ramón Aguilera, Santa Cruz, Bolivia Flag of Ecuador.svg Equador 1–0 2–2 Amistoso
8. 14 de Fevereiro de 1996 Estadio Olímpico Patria, Sucre, Bolivia Flag of Paraguay.svg Paraguai 4–1 4–1
9. 7 de Julho de 1996 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Venezuela.svg Venezuela 2–0 6–1 Eliminatórias da Copa do Mundo de 1998
10. 12 de Janeiro de 1997 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Ecuador.svg Equador 2–0 2–0
11. 15 de Junho de 1997 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Peru.svg Peru 1–0 2–0 Copa América de 1997
12. 21 de Junho de 1997 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Colombia.svg Colômbia 1–0 2–1
13. 20 de Julho de 1997 Estadio Hernando Siles, La Paz, Bolivia Flag of Uruguay.svg Uruguai 1–0 1–0 Eliminatórias da Copa do Mundo de 1998

Como Treinador[editar | editar código-fonte]

Etcheverry fez sua estreia como treinador de futebol no início de 2009 depois que aceitou uma oferta do clube Sociedad Deportiva Aucas, mas foi demitido após apenas quatro meses no comando[5]. Em 6 de outubro de 2009, Etcheverry foi anunciado como o novo treinador da Oriente Petrolero, substituindo Pablo Sánchez[6]. Mas no meio das negociações ele decidiu não passar.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Atualizado de acordo a última partida jugada em 5 de maio de 2004.
Clube Div. Ano/Temporada Campeonato Nacional Copas nacionais(1) Torneios internacionais(2) Total(3) Média goleadora
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Club Destroyer's
 Bolívia
Liga del Fútbol Profesional Boliviano 1986 10 1 2 10 1 2 0,10
1987 15 1 5 15 1 5 0,07
1988 31 7 13 31 7 13 0,23
1989 35 10 12 35 10 12 0,29
Total pelo clube 91 19 32 0 0 0 0 0 0 91 19 32 0,21
Club Bolívar
 Bolívia
Liga del Fútbol Profesional Boliviano 1990 30 15 10 30 15 10 0,50
1991 37 6 17 8 1 4 45 7 21 0,16
1993 15 8 4 8 2 5 23 10 9 0,44
2004 7 0 1 5 0 0 12 0 1 0,00
Total pelo clube 89 29 32 0 0 0 21 3 9 110 32 41 0,29
Albacete Balompié
Flag of Spain.svg Espanha
La Liga 1991-92 15 2 2 15 2 2 0,13
Total pelo clube 15 2 2 0 0 0 0 0 0 15 2 2 0,13
Colo-Colo
 Chile
Primera División de Chile 1993 8 3 2 2 2 1 10 5 3 0,50
1994 13 2 6 6 0 2 4 1 1 23 3 9 0,13
1995 15 6 6 5 2 2 2 0 0 22 8 8 0,36
Total pelo clube 36 11 14 11 2 4 8 3 2 55 16 20 0,29
América de Cali
 Colômbia
Categoría Primera A - Colombia 1995 21 6 8 21 6 8 0,29
Total pelo clube 21 6 8 0 0 0 0 0 0 21 6 8 0,29
DC United
 Estados Unidos
Major League Soccer (MLS) 1996 32 5 22 2 0 1 34 5 23 0,15
1997 24 3 13 2 0 1 3 1 2 29 4 16 0,25
1998 34 11 21 5 0 2 39 11 23 0,28
1999 28 5 23 1 0 0 2 0 0 31 5 23 0,16
2000 22 4 8 3 0 5 2 1 1 27 5 14 0,19
2001 23 0 12 4 1 5 3 0 3 30 1 20 0,03
2002 24 3 8 1 0 2 25 3 10 0,12
2003 27 6 7 27 6 7 0,22
Total pelo clube 214 37 114 12 1 12 16 2 10 242 40 136 0,17
Barcelona de Guayaquil
Equador
Serie A de Ecuador 1997 13 6 3 13 6 3 0,46
Total pelo clube 13 6 3 0 0 0 0 0 0 13 6 3 0,46
CS Emelec
Equador
Serie A de Ecuador 1998 6 0 3 6 0 3 0,00
Total pelo clube 6 0 3 0 0 0 0 0 0 6 0 3 0,00
Oriente Petrolero
 Bolívia
Primera División de Bolivia 2001 3 0 1 3 0 1 0,00
Total pelo clube 0 0 0 0 0 0 3 0 1 3 0 1 0,00
Total na Carreira 485 110 208 23 3 16 48 8 22 556 121 246 0,22
(1) Inclui dados da Copa Chile / Liguilla Pre-Libertadores (1994-95); Lamar Hunt U.S. Open Cup (1996-01).
(2) Inclui dados da Supercopa Sudamericana / Copa Conmebol (1993-95); Copa de Campeones de la Concacaf/Copa Gigantes de la Concacaf / Copa Interamericana (1997-02); Copa Libertadores (1991-04).
(3) Não inclui gols em partidas amistosas.
Fonte: Transfermarkt - ESPN Deportes - Soccerway.

Por Seleções[editar | editar código-fonte]

Seleção Ano Amistosos Copa América Copa doo Mundo Total Média gols/jogo
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Sub-17
 Bolívia
1985 8 2 2 3 1 1 11 3 3 0,27
1986 7 1 2 7 1 2 0,14
1987 3 1 2 3 1 2 0,33
Total 0 0 0 15 3 4 6 2 3 21 5 7 0,24
Adulta
 Bolívia
1989 2 0 1 2 0 0 4 0 1 0,00
1990 0 0 0 0,00
1991 1 0 0 4 0 0 5 0 0 0,00
1992 0 0 0 0,00
1993 4 0 1 10 5 4 14 5 5 0,36
1994 1 0 0 1 0 0 0,00
1995 2 1 1 4 1 3 6 2 4 0,33
1996 5 1 3 5 1 2 10 2 5 0,20
1997 14 4 3 14 4 3 0,29
1998 0 0 0 0,00
1999 6 0 2 3 0 0 3 0 0 12 0 2 0,00
2000 3 0 0 3 0 0 0,00
2001 0 0 0 0,00
2002 1 0 0 1 0 0 0,00
2003 1 0 0 1 0 0 0,00
Total 21 2 8 46 11 12 4 0 0 71 13 20 0,18
Total na carreira 21 2 8 61 14 16 10 2 3 92 18 27 0,20

Resumo estatístico[editar | editar código-fonte]

Competição Jogos Gols Média Assistências Média Gols e Assistências Média
Campeonatos Nacionais 485 110 0,23 208 0,43 318 0,66
Copas nacionais 23 3 0,13 16 0,70 19 0,83
Copas internacionais 48 8 0,17 22 0,46 30 0,63
Seleção principal 71 13 0,18 20 0,28 33 0,47
Seleção Sub-17 21 5 0,24 7 0,33 12 0,57
Total 648 139 0,22 273 0,42 412 0,64

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador
Bolívia Seleção Boliviana
Bolívar
Colo-Colo
  • Copa Chile: 1994
Barcelona
Oriente Petrolero
DC United

Conquistas Individuais[editar | editar código-fonte]

  • MLS Best XI: 1996, 1997, 1998, 1999
  • MLS Goal of the Year: 1997, 1999
  • MLS Most Valuable Player: 1998
  • MLS All-Star Game MVP: 2002
  • MLS All-Time Best XI
  • Seleção Histórica da Copa América: 2011

Notas[editar | editar código-fonte]

  • No D.C. United, Etcheverry jogou 191 partidas, marcou 34 gols, registrou 101 assistências. Os números de jogos e assistências são recordes ainda não batidos na equipe.
  • Em 2005, foi eleito por jornalistas e dirigentes um dos melhores jogadores da história da MLS, a liga de futebol dos EUA.
  • Em 12 de abril de 2006, foi condecorado Cidadão Meritório pela Câmara dos Deputados da Bolívia.
  • Em outubro de 2007, Etcheverry foi homenageado pelo DC United em uma partida comemorativa dos 10 anos do título de 1997 [1]

Referências

  1. «Etcheverry fue distinguido como "Ciudadano Meritorio"». 13 April 2006  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. «Klinsmann provides Germany's first thrust». The Independent. 18 June 1994. Consultado em 15 June 2011  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  3. Campeonato Sudamericano Sub 16 de 1986 en RSSSF
  4. «Bolivia - Record International Players». www.rsssf.com. Cópia arquivada em June 9, 2009  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  5. Ed, Uncle (December 19, 2008). «Football in Miami and Beyond: DC United's old Captain Marco "El Diablo"Etcheverry to coach Aucas in Ecuador»  Verifique data em: |data= (ajuda)
  6. «2019 Soccer news, photos, stats, schedules, standings and videos». sports.yahoo.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]