Pequeno Segredo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pequeno Segredo
Brasil
Nova Zelândia

2016 •  cor •  118 min 
Direção David Schürmann
Produção David Schürmann
Vilfredo Schürmann
João Roni
Roteiro Heloisa Schürmann
David Schürmann
Victor Atherino
Marcos Bernstein
Elenco Marcello Antony
Júlia Lemmertz
Mariana Goulart
Gênero Drama
Música Antonio Pinto
Edição Gustavo Giani
Distribuição Brasil Diamond Films
Lançamento Rio Grande do Sul 22 de setembro de 2016[1]
Brasil 10 de novembro de 2016
Idioma Português
Inglês
Orçamento R$ 10 milhões[2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Pequeno Segredo é um filme brasilo-neozelandês[3] de 2016, do gênero drama, dirigido por David Schürmann. O filme foi baseado no livro "Pequeno segredo – A lição de vida de Kat para a família Schürmann", escrito por Heloisa Schürmann,[4] e conta a história real da família Schürmann – a primeira tripulação brasileira a rodar o mundo em um veleiro –, que adotou a neozelandesa Kat, portadora do vírus HIV.[5]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história, que é autobiográfica e ficcional, conta que um neozelandês vai para a Amazônia e se apaixona por uma cabocla com quem tem uma filha, depois conhece o casal de velejadores que está viajando o mundo. Dessa amizade, vem a adoção da filha desse relacionamento.

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi orçado em R$ 9,7 milhões e aprovado a captar por meio da Lei Federal 8.685/93 (Lei do Audiovisual) 6 milhões, sendo que efetivamente levantou somente R$ 4 milhões por meio de incnetivos Federais.[6] O orçamento total e captado por meio de varias fontes de investimento foi de R$ 10 milhões.[2]

Pequeno Segredo levou seis anos de roteiro, filmagens e produção. O diretor David Schürmann explica que o interesse nasceu quando seus pais, Vilfredo e Heloísa, adotaram Kat (morta em 2006, pouco antes de completar 13 anos), uma menina soropositiva que impressionou pela criatividade e genialidade.[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Representante brasileiro no Oscar 2017[editar | editar código-fonte]

O longa foi escolhido pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil na tentativa de uma indicação ao Oscar 2017, na categoria de melhor filme estrangeiro.[5][8] Essa escolha foi inesperada e polêmica, pois acreditava-se que Aquarius – único filme latino-americano na competição oficial de Cannes, na França – fosse escolhido.[3][9][10]

A comissão que escolheu o representante brasileiro teve entre seus membros o crítico Marcos Petrucelli, que já havia feito críticas ao diretor Kleber Mendonça Filho e aos atores de Aquarius, devido ao protesto que a equipe do filme fez contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, no Festival de Cannes, na França. Mendonça Filho afirmou que houve retaliação política a seu filme[11] e diversos cineastras como Anna Muylaert e Gabriel Mascaro afirmaram que Aquarius deveria ser o filme escolhido. Para Muylaert a escolha de Pequeno segredo "joga-se no lixo um trabalho de profissionalização do cinema brasileiro que tem mais de 20 anos".[12] Já David Schürmann, diretor de Pequeno Segredo, defendeu o seu filme dizendo:“Sabemos que tem muita gente falando que não foi a melhor escolha da equipe, mas quero dizer que, quando essas pessoas assistirem ao filme, vão entender por que ele foi escolhido.”[13]

Pequeno Segredo investiu US$ 250 mil na campanha para o Oscar[14] – US$ 197 mil vieram da Ancine, um órgão oficial do governo federal do Brasil.[15] No entanto, o filme ficou de fora da disputa pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e não ficou entre os pré-indicados.[16]

Mudanças na data de estreia[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, o filme estava previsto para ser lançado nos cinemas brasileiros no segundo semestre de 2015.[17] No entanto, a estreia foi adiada para junho de 2016[18] e, mais tarde, para o dia 10 de novembro de 2016.[18][19] Por fim, para que o filme fosse elegível ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, a estreia foi antecipada para 22/9/2016[20] e foi exibido em apenas uma sala do Rio Grande do Sul.[1]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

O longa teve uma recepção mista dos críticos. Alcino Leite Neto, da Folha de S.Paulo, fez duras críticas ao filme. Segundo Alcino, Pequeno Segredo é um "dos piores filmes brasileiros recentes" e "um oceano de clichês e sentimentalismo. A narrativa é piegas, as imagens são piegas, a banda sonora é piegas, a direção é de uma platitude sem fim".[21]

Já para o jornalista Luciano Trigo, do portal G1, Pequeno Segredo é "o melhor filme brasileiro dos últimos anos, com roteiro, fotografia e interpretações impecáveis".[22]

Segundo Roberto Sadovski do Universo Online, "enquanto o Brasil vive extrema polarização e um momento político delicado, Pequeno Segredo surge como um alento, um filme delicado que, longe de alimentar o fogo, tenta apaziguar qualquer polêmica sendo apenas um filme – uma boa história, bem ritmada, fácil de seguir, fácil de gostar. É sentimental sem medo, é pessoal sem pedir desculpas".[23]

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado
2017 Brasil Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Atriz (Júlia Lemmertz) Indicado
Melhor Direção (David Schürmann) Indicado
Melhor Trilha Sonora Indicado
Melhor Efeito Visual Venceu

Referências

  1. a b «Para cumprir regra do Oscar, filme "Pequeno segredo" estreia nesta quinta apenas em uma sala do RS». Zero Hora. 21 de setembro de 2016. Consultado em 7 de Novembro de 2016 
  2. a b «'Pequeno segredo' quer um lugar no Oscar 2017 e mais». EL PAÍS Brasil. 11 de novembro de 2016. Consultado em 11 de novembro de 2016 
  3. a b «Aquarius não dialoga bem com Oscar, diz diretor de Pequeno Segredo». Diario de Pernambuco. Consultado em 14 de Setembro de 2016 
  4. «'Pequeno segredo', o filme brasileiro que vai tentar uma vaga no Oscar». Jornal O Globo. Consultado em 15 de Setembro de 2016 
  5. a b «Filme "Pequeno Segredo" é indicado para disputar o Oscar 2017». Portal Brasil. Consultado em 14 de Setembro de 2016 
  6. Felipe Branco Cruz. «Na corrida pelo Oscar, "Pequeno Segredo" captou R$ 4 milhões em incentivos». UOL. Consultado em 11 de Novembro de 2016 
  7. «Pequeno Segredo representa o Brasil no Oscar 2017» 
  8. «Brasil indica 'Pequeno segredo' para tentar Oscar; 'Aquarius' fica de fora». G1. 12 de setembro de 2016. Consultado em 14 de Setembro de 2016 
  9. «Aquarius" fica fora da disputa ao Oscar de 2017». Zero Hora. Consultado em 14 de Setembro de 2016 
  10. «'Pequeno segredo' vence 'Aquarius' e vai representar Brasil no Oscar. Justiça ou retaliação?». EL PAÍS Brasil‎. Consultado em 14 de Setembro de 2016 
  11. «'Houve retaliação a Aquarius', diz Kléber Mendonça Filho sobre Oscar». G1. Consultado em 11 de Novembro de 2016 
  12. «CINEASTAS CRITICAM ESCOLHA DE 'PEQUENO SEGREDO' PARA DISPUTAR VAGA NO OSCAR». Consultado em 11 de Novembro de 2016 
  13. «DIRETOR DE PEQUENO SEGREDO DEFENDE A ESCOLHA DE SEU FILME PARA REPRESENTAR O BRASIL NO OSCAR 2017». Consultado em 11 de Novembro de 2016 
  14. Carlos Helí de Almeida (UOL). «"Pequeno Segredo" faz campanha de US$ 250 mil para chegar ao Oscar». Consultado em 10 de Novembro de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  15. João Vitor Figueira (24 de novembro de 2016). «Pequeno Segredo ganha R$ 197 mil da Ancine para fazer campanha em busca do Osca». AdoroCinema. Consultado em 26 de novembro de 2016 
  16. «'Pequeno Segredo' está fora da disputa pelo Oscar». EGO. Consultado em 16 de Dezembro de 2016 
  17. «Confira os bastidores de gravação do filme "Pequeno Segredo"». Consultado em 15 de Setembro de 2016 
  18. a b Raquel Carneiro (12 de setembro de 2016). «Diretor de 'Pequeno Segredo': Polêmica do Oscar ofusca filme». Veja. Consultado em 15 de Setembro de 2016 
  19. «Indicado para vaga no Oscar, 'Pequeno Segredo' ainda é mistério no Brasil». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de Setembro de 2016 
  20. «"Pequeno Segredo" desbanca "Aquarius" e busca vaga no Oscar». CidadeVerde.com. Consultado em 15 de Setembro de 2016 
  21. Alcino Leite Neto. «Clichê, 'Pequeno Segredo' é dos piores filmes brasileiros recentes». Folha de S.Paulo. Consultado em 15 de Setembro de 2016 
  22. Luciano Trigo. «'Pequeno segredo' é o melhor filme brasileiro dos últimos anos». G1. Consultado em 18 de Setembro de 2016 
  23. Roberto Sadovski (23 de setembro de 2016). «Delicado e emotivo, Pequeno Segredo leva o Brasil ao Oscar com dignidade». robertosadovski.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 23 de setembro de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências