Religião em África

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Religião na África)
Ir para: navegação, pesquisa
África
African culture.jpg

Este artigo é parte da série:
Cultura da África

Outros países - Portal Cultura

A Religião em África é diversificada. A maioria dos africanos são adeptos do cristianismo e islamismo. Muitos também praticam as religiões tradicionais africanas. Em 2002, os cristãos eram 45% da população africana, e os muçulmanos 40,6%.[1]

Visão geral[editar | editar código-fonte]

O Norte da África tem uma maioria muçulmana há vários séculos, contudo a África subsaariana viveu uma dramática mudança religiosa no século XX. Em 1900, cristãos (9%) e muçulmanos (14%) eram uma minoria na África subsaariana, ao passo que 76% da população seguia religiões tradicionais africanas.[2] Muitas dessas religiões foram trazidas para as Américas por meio do comércio de escravos e deram origem às religiões afro-americanas, como o candomblé e a umbanda no Brasil, a santeria em Cuba e o vodu no Haiti.

Ao longo do século XX, com a penetração da colonização europeia no interior do continente, muitos africanos abandonaram suas crenças ancestrais e se converteram sobretudo ao cristianismo, mas também houve crescimento do islamismo. Em 2010, os seguidores de religiões tradicionais africanas perfaziam 13% na África subsaariana, entrementes cristãos (57%) e muçulmanos (29%) formavam a maioria. Porém, de forma sincrética, muitos africanos ainda guardam influências das religiões ancestrais, como na crença do poder protetivo de amuletos (no Brasil conhecidos como balangandãs).[3] 27% dos africanos subsaarianos acreditam que sacrifícios de animais para os espíritos ou para os ancestrais os protegem de coisas más (25% dos cristãos e 30% dos muçulmanos creem nisso).[2]

A África subsaariana é uma das regiões mais religiosas do mundo: mais de 80% da população afirma que a religião é muito importante nas suas vidas. Em comparação, na Europa Ocidental, apenas cerca de 20% dizem o mesmo.[2]

Cristianismo[editar | editar código-fonte]

Projeta-se que, num futuro próximo, a maior parte dos cristãos no mundo estarão na África subsaariana. Em 2010, a maior parte dos cristãos estavam na Europa (25,5%) e na América Latina (24,5%) e 23,9% em África. Em 2050, calcula-se que 38,1% dos cristãos estarão em África, com redução da participação da Europa (15,6%) e da América Latina (22,8%).[4] Em 1910, apenas 1,4% dos cristãos estavam na África subsaariana[5]

Hinduísmo[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Hinduísmo na África

O hinduísmo em África é relativamente recente, em comparação com a história do Islã, o Cristianismo ou Judaísmo. No entanto, a presença de seus praticantes na África remonta aos tempos pré-coloniais, até a época medieval.

Islã[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Islão na África

Islã tem adeptos em toda a África. É a religião predominante na África do Norte, e também predominante na África Ocidental (sobretudo na Costa do Marfim, Gana norte, sudoeste e norte da Nigéria), no Nordeste de África e ao longo da costa da África Oriental.

Religião tradicional[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Religiões tradicionais africanas

A tradicional religião africana engloba uma grande variedade de crenças tradicionais. Tradicionais costumes religiosos são, por vezes, partilhados por muitos Africanos, mas são geralmente exclusivo para grupos étnicos específicos. Muitos Africanos cristãos e muçulmanos mantêm alguns aspectos de suas religiões tradicionais.

Outras religiões[editar | editar código-fonte]

Outras religiões são praticadas em África, incluindo o zoroastrismo, rastafarianismo, raelianismo, wicca, druidismo, e Nova Era.[6]

Estimativas[editar | editar código-fonte]

'Adesão religiosa em África' (2006 estimativas)[7]
Região Total população (2006)  % Cristão  % Muçulmano  % Tradicional  % Hindu  % Bahai  % Judeu  % Agnóstico  % Outros
África Central 118,735,099 81.25% 9.64% 7.98% 0.1% 0.38% 0.0% 0.57% 0.19%
África Oriental 302,636,533 63.87% 21.83% 13.09% 0.49% 0.35% 0.0% 0.0% 0.44%[8]
Norte de África 209,948,396 9.0% 87.6% 2.2% 0.0% 0.0% 0.0% 1.1% 0.1%
África Austral 50,619,998 82.0% 2.2% 9.7% 2.1% 0.7% 0.1% 2.7% 0.3%
África Ocidental 274,271,145 35.70% 48.13% 15.73% 0.0% 0.07% 0.0% 0.31% 0.06%[9]
Região Total população  % Cristão  % Muçulmano  % Tradicional  % Hindu  % Bahai  % Judeu  % Agnóstico  % Outros

Referências

  1. Encyclopædia Britannica. Britannica Book of the Year 2003. Encyclopædia Britannica, (2003) ISBN 9780852299562 p.306
    According to the Encyclopædia Britannica, as of mid-2002, there were 376,453,000 Christians, 329,869,000 Muslims and 98,734,000 people who practiced traditional religions in Africa. Ian S. Markham,(A World Religions Reader. Cambridge, MA: Blackwell Publishers, 1996.) is cited by Morehouse University as giving the mid-1990s figure of 278,250slims in Africa, but still as 40.8% of the total spaggetti These numbers are estimates, and remain a matter of conjecture. See Amadu Jacky Kaba. The spread of Christianity and Islam in Africa: a survey and analysis of the numbers and percentages of Christians, Muslims and those who practice indigenous religions. The Western Journal of Black Studies, Vol 29, Number 2, June 2005. Discusses the estimations of various almanacs and encyclopedium, placing Britannica's estimate as the most agreed figure. Notes the figure presented at the World Cttp://www.foreignpolicy.com/story/cms.php?story_id=3835 The List: The World’s Fastest-Growing Religions, Foreign Policy, May 2007.
  2. a b c Pew Forum. «Islam and Christianity in Sub-Saharan Africa» (PDF). 2010. 
  3. Nascidos na Bahia, balangandãs são recheados de significados
  4. Christians
  5. Christianity poised to continue its shift from Europe to Africa
  6. Harrison, Philip (2004). South Africa's top sites (em inglês) 1ª ed. (Kenilworth: Spearhead). ISBN 9780864865649. 
  7. A Associação Arquivos de Dados de Religião, Departamento de Sociologia, Universidade do Estado da Pensilvânia. 2006 figuras regionais. Note-se que as regiões como zimbuidaykazoa não são o padrão das Nações Unidas. Por exemplo, "África Oriental" inclui a maioria das nações da África Oriental, mas também Zimbabwe Madagascar Moçambique e Zâmbia. Angola é colocada na África Central, deixando a África Austral muito menor que a NU África do Sul. População e dados % da crença religiosa são provno cúA.
  8. África Oriental
  9. África Ocidental

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Africa satellite orthographic.jpg Portal África
August Macke 023.jpg Portal Arte
P culture.svg Portal Cultura
Human Language Families (wikicolors).png Portal Linguística
Religious symbols.svg Portal Religião
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.