Rio Ipiranga (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rio Ipiranga (São Paulo)
Comprimento 44 km
Nascente entre São Miguel Arcanjo e Sete Barras
País(es)  Brasil

O Rio Ipiranga é um rio que banha o estado de São Paulo, no Brasil. Pertence à bacia hidrográfica do rio Ribeira de Iguape. Nasce entre os municípios de São Miguel Arcanjo e Sete Barras, na localização geográfica latitude 24º05'05" Sul e longitude 47º56'05" Oeste, a cerca de cinco quilômetros do trecho não asfaltado da rodovia estadual SP-139.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Ipiranga" é uma palavra de origem tupi que significa "rio vermelho", através da junção dos termos 'y (rio) e pyrang (vermelho).[1]

Percurso[editar | editar código-fonte]

Da nascente, segue na direção leste. Depois, segue paralelo à rodovia SP-139 em direção ao sul até a rodovia SP-165, onde se junta com o rio Preto para desaguar, então, no rio Juquiá.

Municípios[editar | editar código-fonte]

Passa pelos municípios de: São Miguel Arcanjo e Sete Barras.

Afluentes[editar | editar código-fonte]

  • Margem sul:
    • Não consta

Final[editar | editar código-fonte]

Em Sete Barras, quando se junta ao rio Preto, se torna afluente do rio Juquiá na localização geográfica latitude 24º20'29" Sul e longitude 47º50'44" Oeste. O Juquiá, por sua vez, é afluente do rio Ribeira de Iguape, em Registro.

Extensão[editar | editar código-fonte]

Percorre, neste trajeto, uma distância de mais ou menos 44 quilômetros.

Referências

  1. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 42.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.