Romuald Boco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Romuald Boco
Informações pessoais
Nome completo Romuald Boco[1]
Data de nasc. 8 de julho de 1985 (34 anos)[1]
Local de nasc. Bernay,  França
Nacionalidade francesa
beninesea
Altura 1,78 m[1]
Canhoto
Apelido Rei do Benim
Informações profissionais
Período em atividade 2003–presente (15 anos)
Clube atual Inglaterra Leyton Orient
Número 11
Posição Meia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2004
2004–2005
2005–2008
2008–2010
2010
2010–2011
2011
2011–2012
2012–2013
2013–2014
2014–2015
2015
2015–2016
2015
2016–2017
2017–
França Chamois Niortais B
França Chamois Niortais
Inglaterra Accrington Stanley
República da Irlanda Sligo Rovers
Inglaterra Burton Albion
República da Irlanda Sligo Rovers
China Shanghai Dongya
República da Irlanda Sligo Rovers
Inglaterra Accrington Stanley
Inglaterra Plymouth Argyle
Inglaterra Chesterfield
Índia Bharat
Inglaterra Portsmouth
Inglaterra Havant & Waterlooville (emp.)
Inglaterra Accrington Stanley
Inglaterra Leyton Orient

00002 000(0)
00073 000(7)
00057 000(8)
00008 000(0)
00010 000(4)
00022 000(1)
00022 000(2)
00042 00(10)
00034 000(2)
00012 000(1)
00020 000(0)
00004 000(0)
00003 000(0)
00041 000(8)
00017 000(2)
Seleção nacional3
2004– Benim Benim 00048 000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 25 de março de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 18 de julho de 2013.

Romuald Boco (Bernay, 8 de julho de 1985), é um futebolista nascido na França e naturalizado beninense que atua como meia. Atualmente, joga pelo Leyton Orient.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Accrington Stanley[editar | editar código-fonte]

Nascido em Bernay, Eure, Boco assinou com o Accrington Stanley pouco antes do fim do prazo de transferência de 2005, vindo do Niort.[2] Boco teve a honra de marcar os dois primeiros gols na Football League pelo Stanley, em uma vitória por 2 a 1 contra o Barnet.[3][4] Ele instantaneamente se tornou um favorito entre os torcedores, que declararam que eles que eram "loco para Boco".

Depois de voltar do Campeonato Africano das Nações de 2008, ele solicitou a recisão do seu contrato.[5][4]

Sligo Rovers[editar | editar código-fonte]

Em 11 de fevereiro de 2008, ele assinou com o Sligo Rovers do Campeonato Irlandês de Futebol. Seu novo gerente Paul Cook,[4] com quem Boco já havia jogado no Accrington Stanley, declarou que estava feliz com a contratação, "Eu não pensei que conseguiria contratá-lo, eu pensei que ele estaria fora do nosso alcance, mas, felizmente, temos ele garantido", disse Cook.

"Eu não quero colocar pressão sobre ele , mas eu tenho certeza de que os torcedores vão ver que ele é o negócio bom bem como as outras contratações que fizemos, acredito que estamos em uma temporada muito emocionante."

Ele marcou o seu primeiro gol pelo Sligo Rovers na vitória por 3 a 1 sobre o Cobh Ramblers. [6] Ele ajudou o Rovers a se classificar para a Liga Europa da UEFA, anteriormente conhecida como a Taça UEFA.

Em 7 de junho de 2009, ele expressou preocupação com a situação financeira da Liga da Irlanda, em uma entrevista para a BBC.[6] Boco deixou o Sligo quando o seu contrato expirou, no final da temporada de 2009.[4]

Boco realizou testes no Doncaster Rovers em uma tentativa de assinar um contrato com o clube, no entanto nada se concretizou e ele, em seguida, realizou testes no Burton Albion da Football League Two, depois tentou manter assinado com o Sligo Rovers, mas acabou decidindo não assinar com nenhum dos dois.

Burton Albion[editar | editar código-fonte]

Boco juntou-se com o Burton Albion em um acordo até o final da temporada, em 24 de fevereiro de 2010.

Sligo Rovers[editar | editar código-fonte]

Boco voltou ao Sligo Rovers em 30 de julho de 2010, com um contrato que expirava no final da temporada de 2010. Ele desempenhou um papel importante em ajudar os Rovers a vencer a FAI Ford Cup de 2010, depois de ser utilizado em outra posição, como ala, direito ou esquerdo. Quando assinou pela primeira vez pelo Sligo Rovers ele era um atacante que foi usado às vezes como um meio-campista central e depois mudou para lateral-direito. Em 23 de novembro, Paul Cook admitiu que duvidaria que Boco assinaria um novo contrato depois que ele recusou a oferta final do clube. Apesar das negociações do clube e Boco concordando com os termos, em 23 de fevereiro de 2011, Paul Cook, anunciou que Boco não estaria retornando para os Showgrounds para a próxima temporada.

Boco, em seguida, passou a participar de Shanghai East Asia em um acordo até o final da temporada. Depois de uma primeira temporada promissora na China, Boco voltou ao Sligo Rovers em 19 de dezembro de 2011, após negociações com Paul Cook. O movimento seria sua terceira passagem pelo Bit o' Red.

Depois de impressionar consistentemente durante a pré-temporada do time, Boco marcou seu primeiro gol nos vermelhos do Sligo durante a vitória por 2 a 0 sobre o Glentoran no primeiro jogo das quartas de final da Setanta Cup.[7]

Em 31 de agosto de 2012, foi anunciado que Boco tinha sido recontratado pelo seu ex-clube Accrington Stanley em um contrato de um ano.

Accrington Stanley[editar | editar código-fonte]

Boco fez um bom início de sua segunda passagem no Crown Ground, marcando gols importantes, a fim de manter o time na Stanley's League. Ele construiu uma reputação de seu ritmo de trabalho incansável e funcionando. Ele tem o começo perfeito para a sua segunda passagem pelo Accrington marcando o seu primeiro gol fora de casa contra o Cheltenham Town, em setembro.

Plymouth Argyle[editar | editar código-fonte]

Boco assinou um contrato de um ano com o Plymouth Argyle em julho de 2013,[8][9] e fez sua estréia no primeiro jogo do clube na nova temporada contra o Southend United.[10]

Seleção Beninense[editar | editar código-fonte]

Boco fez parte da Seleção Beninense no Campeonato Africano das Nações de 2004, que terminou no último lugar do seu grupo na primeira fase da competição.

Boco e Benin terminaram em terceiro lugar no Campeonato Juvenil Africano de 2005. A Seleção Sub-20 disputou o Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 2005. Boco foi o capitão de Benin no Campeonato Africano das Nações de 2008, em que foi apenas a segunda vez que o país disputou a competição, e também fez parte da equipe no Campeonato Africano das Nações de 2010.[4] Ele também é o capitão da equipe nacional e é comumente conhecido como o Rei do Benim.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Accrington Stanley
Sligo Rovers
  • FAI Cup: 2010
  • League of Ireland Cup: 2010

Estatírsticas[editar | editar código-fonte]

Clube[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 7 de novembro de 2011.

Temporada Clube Liga Liga FAI Cup League Cup Europa Setanta Cup Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
2008 Sligo Rovers Campeonato Irlandês 28 6 0 0 2 1 0 0 0 0 30 7
2009 29 2 7 0 3 1 2 0 0 0 41 3
2010 10 4 3 1 2 0 0 0 0 0 15 5
Total 67 12 10 1 7 2 2 0 0 0 86 15

Referências

  1. a b c Hugman, Barry J. (2007). Mainstream Publishing, ed. The PFA Footballers' Who's Who 2007–08 (em inglês). [S.l.: s.n.] p. 50. ISBN 978-1-84596-246-3 
  2. «Stanley swoop for late signings» (em inglês). BBC Sport. 1 de setembro de 2005. Consultado em 18 de abril de 2008 
  3. «Accrington 2–1 Barnet» (em inglês). BBC Sport. 12 de agosto de 2006. Consultado em 13 de abril de 2008 
  4. a b c d e Wilson, Jonathan (20 de janeiro de 2010). «Benin and Rommy Boco live by faint hopes at Africa Cup of Nations» (em inglês). The Guardian. Consultado em 7 de agosto de 2013 
  5. «Homesick Boco leaves Accrington» (em inglês). BBC Sport. 7 de fevereiro de 2008. Consultado em 18 de abril de 2008 
  6. «Irish downturn hits Benin player» (em inglês). BBC Sport. 5 de junho de 2009. Consultado em 7 de junho de 2009 
  7. «Sligo Rovers 2-0 Glentoran» (em inglês). BBC Sport. 5 de março de 2012. Consultado em 30 de abril de 2014 
  8. Parsons, Chris (17 de julho de 2013). «Green Rommy» (em inglês). Plymouth Argyle F.C. Consultado em 7 de agosto de 2013 
  9. «John Sheridan pips his former club Chesterfield to the signing of Rommy Boco» (em inglês). The Herald. 19 de julho de 2013. Consultado em 7 de agosto de 2013. Arquivado do original em 22 de julho de 2013 
  10. «Plymouth Argyle start new season with defeat at Southend» (em inglês). The Herald. 4 de agosto de 2013. Consultado em 7 de agosto de 2013. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]