Rosa de Tudor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rosa de Tudor

A rosa de Tudor (por vezes chamada de Rosa Inglesa) é um emblema heráldico tradicional da Inglaterra. As origens e o nome derivam da Casa de Tudor.

Origens[editar | editar código-fonte]

Quando Henrique VII de Inglaterra tomou a coroa de Inglaterra de Ricardo III de Inglaterra em batallha, pôs um fim à Guerra das Rosas entre a Casa de Lencastre (cujo emblema era uma rosa vermelha) e a Casa de York (cujo emblema era uma rosa branca). Seu pai era Edmundo Tudor da Casa de Richmond, e sua mãe era Margarida Beaufort da Casa de Lencastre - ele desposou Isabel de York para juntar todas as facções.

No seu casamneto, Henrique adoptou o emblema da Rosa de Tudor juntamente com a Rosa Branca de Iorque e a Rosa Vermelha de Lencastre. Ocasionalmente, a Rosa de Tudor é vista dividida verticalmente (em pala) de vermelho e branco. Mais comum é a rosa ser reproduzida como dupla, branco em vermelho se posta num campo de metal (ouro ou prata), ou vermelho em branco se colocada num campo de cor, devido ao cumprimento das regras heráldicas.

Ícone de esboço Este artigo sobre heráldica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.