São Jorge de Selho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal São Jorge de Selho  
—  Freguesia  —
Igreja Matriz
Igreja Matriz
Localização no concelho de Guimarães
Localização no concelho de Guimarães
São Jorge de Selho está localizado em: Portugal Continental
São Jorge de Selho
Localização de São Jorge de Selho em Portugal
Coordenadas 41° 25' 31" N 8° 21' 39" O
País  Portugal
Concelho GMR.png Guimarães
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Angelino Miguel Ribeiro Salazar (PPD/PSD.CDS-PP.MPT)
Área
 - Total 5,20 km²
População (2011)
 - Total 5 625
    • Densidade 1 081,7/km2 
Gentílico: Pevidense
Código postal 4835
Orago São Jorge
Sítio jfpevidem.com

São Jorge de Selho é uma freguesia portuguesa do concelho de Guimarães,[1] com 5,20 km² de área[2] e 5 625 habitantes (2011)[3]. A sua densidade populacional é de 1 081,7 hab/km².

Foi elevada a vila em 30 de Agosto de 1995, sob a designação de Pevidém.[4] Desde há vários anos que a freguesia era conhecida por Pevidém, que deu mesmo origem ao nome da vila agora existente. A denominação remonta ao século XIX e terá surgido do nome de um casal que vivia na Casa do Pevidém.

A freguesia de São Jorge de Selho é parte integrante da zona urbana. Está situada entre o rio Ave e o seu afluente rio Selho, e dista 4 km da sede do concelho.

História[editar | editar código-fonte]

As inquirições de 1290 na freguesia de "Sam Jorge" dizem que esta "é toda devassa, salvo quanto jaz aí de Varziela, que é da freguesia de Negrelos" (hoje lugar do Paraíso), situação que D. Dinis respeitou. As inquirições de 1301 chamam S. Jurge de Negrelos a esta importante freguesia de S. Jorge de Selho. As de 1308 "na Freguesia de Sam Jurgo de Amtre Ave e Selho" várias perdas abusivas de direitos reias, na Quintã, em Sainhas, em Arravaldi.

Na freguesia há um cabeço, denominado Monte da Senhora ou Monte da Santa, onde se pensa ter existido uma povoação castreja. Ali se encontram vestígios de muralhas e outras fortificações, muito embora grande parte das pedras que a formaram tenham sido empregues a erguer as paredes de muitas casas da freguesia.

Algumas lendas relacionadas com o Monte da Santa foram passando de geração em geração. Uma lenda diz que covinhas existentes num penedo situado num cimo de um monte foram feitas pelas pegadas da jumenta que transportou Nossa Senhora, quando das suas andanças por terras lusitanas. Na encosta voltada para os Sumes existe um penedo onde se vê o sulco que teria sido feito por uma cobra. Em tempos que se perdem na escuridão dos séculos, viveu no monte uma bicha terrível. Tal bicha, que provavelmente não seria mais nem menos que o dragão da lenda, viria a ser ferido de morte em tremendo combate travado com São Jorge. A perpetuar a batalha, dizia-se em São Jorge, existia na igreja da freguesia uma imagem que representava a derrota do monstro, que soçobrava sob o peso cortante das estocadas certeiras do santo matador de dragões.

Igreja de São Brás

Património[editar | editar código-fonte]

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Selho (São Jorge) (1864 – 2011) [6]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 026 1 055 1 199 1 349 1 554 1 504 1 868 2 588 3 326 4 135 3 929 4 519 4 163 5 114 5 625

Evolução da População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011; A População em 2001; A População em 2011;

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições autárquicas (Junta de Freguesia)[editar | editar código-fonte]

Partido % M % M % M % M % M % M % M % M % M % M % M
1976 1979 1982 1985 1989 1993 1997 2001 2005 2009 2013
IND 32,3 3 32,1 4 7,2 -
PS 22,5 2 22,9 3 36,4 4 39,5 4 45,3 4 34,0 4 22,6 2 19,5 2 22,0 3 17,3 2
PPD/PSD 22,4 2 17,0 1 18,2 2 19,2 2 15,7 1 15,7 1 24,0 2 31,7 4
CDS-PP 17,9 2 11,3 1 8,9 - 5,8 - 3,9 - 3,7 - 2,6 -
APU/CDU 37,2 5 34,1 5 33,3 3 31,2 3 27,6 3 36,9 4 55,4 6 50,1 5 39,2 6 34,3 5
AD 35,9 5 30,8 4
PSD-CDS 39,7 6

Referências

  1. «Lei n.º 11-A/2013 (Reorganização administrativa do território das freguesias)» (PDF). Diário da República 1.ª Série, n.º 19, de 28 de janeiro. Consultado em 2 de fevereiro de 2013.. 
  2. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 27 de Março de 2014. 
  3. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Arquivado desde o original em 4 de Dezembro de 2013. Consultado em 9 de Março de 2014. 
  4. «Lei nº 69/95» (PDF). Diário da República. Consultado em 31 de Março de 2014. 
  5. «Fábrica do Moinhp do Buraco». IGESPAR. Consultado em 31 de Março de 2014. 
  6. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre São Jorge de Selho