Ave (sub-região)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ave
Localização do Ave

O Ave é Comunidade Intermunicipal e sub-região estatística portuguesa (NUTS III), abrangida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, parte da região do Norte[1] e que fazia parte da antiga província do Minho. Confronta, a norte com o Cávado, a leste com o Alto Tâmega, a leste e sul com o Tâmega e Sousa e a sul e oeste com a Área Metropolitana do Porto. Tem uma área de 1238 km²[carece de fontes?] e uma população de 425 411 habitantes[2] (Censos de 2011)[3].

Compreende 8 concelhos:[1][4][5]

Estes concelhos estão agrupados na Comunidade Intermunicipal do Ave.[6][7]

Antigos concelhos da sub-região do Ave:[4]

Evolução[editar | editar código-fonte]

Esta sub-região começou por ter, em 1989, apenas 6 concelhos: Fafe, Guimarães, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Santo Tirso.[1]

Em 2002, já tinha sido incorporados os concelhos (entretanto criados) de Trofa e Vizela.[5]

Em 2008, ao passo que Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto, da NUTS III do Tâmega, foram integrados nesta sub-região os concelhos de Trofa e Santo Tirso passaram a integrar a unidade territorial do Grande Porto, já que fazem parte também do Distrito do Porto.[4]

Referências

  1. a b c «Decreto-Lei n.º 46/89, de 15 de Fevereiro.» (pdf). Diário da República Electrónico. 15-2-1989. pp. 591 e 592. Consultado em 2014-03-23. 
  2. NOTA: O valor 511 737 indicado no Censos2011 não tem em conta as alterações de 2008 pelo que inclui os habitantes de Trofa (38 999) e Santo Tirso (71 530) mas não os de Cabeceiras de Basto (16 710) e Mondim de Basto (7493). Contabilizados estes dados chegamos a 425 411 habitantes.
  3. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Arquivado desde o original em 4 de Dezembro de 2013. Consultado em 5 de Março de 2014. 
  4. a b c «Decreto-Lei n.º 68/2008, de 14 de Abril.» (pdf). Diário da República Electrónico. 14 de Abril de 2008. pp. 2193 e 2194. Consultado em 2014-03-23. 
  5. a b «Decreto-Lei n.º 244/2002, de 5 de Novembro.» (pdf). Diário da República Electrónico. 5 de Novembro de 2002. pp. 7101 a 7103. Consultado em 2014-03-23. 
  6. COMUNIDADES INTERMUNICIPAIS (Lei n.º 75/2013, de 12/9), Direcção-Geral das Autarquias Locais, acessado em 16 de Setembro, 2007
  7. Decreto-Lei nº 68/2008 de 14 de Abril de 2008, Artigo 2º

Ver também[editar | editar código-fonte]