Samba jazz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Samba jazz
Origens estilísticas Samba e jazz (especialmente o bebop e o hard bop)
Contexto cultural Urbanização pós-Segunda Guerra Mundial no Brasil
Instrumentos típicos Piano, contrabaixo e Bateria; instrumentos de sopro, como saxofone e trompete, em menor escala
Popularidade Brasil, de meados da década de 1950 até meados da década de 1960
Formas derivadas Música instrumental brasileira ou Jazz brasileiro
Formas regionais
São Paulo e Rio de Janeiro

Samba jazz (ou samba-jazz), também conhecido como Jazz samba (especialmente, nos Estados Unidos) ou Hard bossa nova, é um gênero musical derivado da fusão entre o samba brasileiro e o jazz estadunidense - especialmente os subgêneros bebop e hard bop - que se desenvolveu, especialmente nos dois maiores centros do Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, de 1952, com o lançamento do primeiro compacto de Johnny Alf, até 1967, ano do lançamento do disco homônimo do Quarteto Novo. Este é um dos subgêneros que reflete as mudanças pelas quais o samba passou após a Segunda Guerra Mundial, para responder a novas exigências culturais que a urbanização do país trouxe.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

Linguagem musical[editar | editar código-fonte]

Temática[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

De 1952 até o advento da bossa nova[editar | editar código-fonte]

Da bossa nova até 1967[editar | editar código-fonte]

Discografia principal[editar | editar código-fonte]

Entre alguns representantes do gênero, estão: Sérgio Mendes, J.T. Meirelles, Edison Machado, Dom Um Romão, Zimbo Trio, Tamba Trio, Milton Banana Trio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ronaldo Evangelista (6 de janeiro de 2005). «Relançamento de CD reaviva samba-jazz». Folha de S.Paulo. Consultado em 13 de dezembro de 2018 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • FERREIRA PINTO, Márcio da Costa. No olho da rua: bossa nova, samba-jazz e a paisagem musical carioca. Dissertação de mestrado. Florianópolis: UDESC, 2013.
  • GOMES, Marcelo Silva. Samba-Jazz aquém e além da bossa nova: três arranjos para Céu e Mar de Johnny Alf. Tese de Doutorado. Campinas: UNICAMP, 2010.
  • RAFFAELLI, José Domingos. A história do samba jazz. In: Músicos do Brasil, Uma Enciclopédia Instrumental.
  • SOUZA, Tárik de. Tem mais samba: das raízes à eletrônica. São Paulo: Editora 34, 2003. ISBN: 9788573262872.