Sax Voz nº 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
este artigo não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sax Voz – Nº.2
Álbum de estúdio de Elizeth Cardoso
Lançamento 1961
Gênero(s) Samba Canção
Samba
Gravadora(s) Copacabana
Cronologia de Elizeth Cardoso
A Meiga Elizeth
(1960)
A Meiga Elizeth nº 2
(1962)

Sax Voz – Nº.2 é o décimo álbum de estúdio da cantora brasilheira Elizeth Cardoso e o décimo quinto do cantor Moacyr Silva.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Percentagem de Amor (Dunga)
  2. Boato (João Roberto Kelly)
  3. Vem Hoje (Antônio Maria / Moacyr Silva)
  4. Be My Love (Nicholas Brodsztky / Sammy Cahn)
  5. Samba Triste (Baden Powell / Billy Blanco)
  6. Chorou, Chorou (Luiz Antônio)
  7. A Flor do Amor (Joluz / Waltel)
  8. Palhaçada (Luiz Reis / Haroldo Barbosa)
  9. Luz do Seu Olhar (Geraldo Barbosa / J.Fonseca)
  10. Guacira (Joracy Camargo / Hekel Tavares)
  11. Misty (Errol Garner / Johnny Burke)
  12. Os Teus Encantos (Antônio Maria / Moacyr Silva)
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Elizeth Cardoso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.