Serra do Curral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vista da serra do Curral próxima à Praça do Papa

A serra do Curral integra o maciço da serra do Espinhaço. É o limite leste do município de Belo Horizonte. Seu nome alude a Curral del Rei, primitiva designação da localidade onde foi erigida em 1897 a capital de Minas Gerais, Belo Horizonte.

Sua flora é bastante diversificada, variando, em gradientes, de áreas de campo rupestre (cotas mais altas), passando pelo cerrado até remanescentes da Mata Atlântica.

A seus pés estende-se o bairro Mangabeiras. A Serra do Curral está abrangida na área de proteção ambiental do Parque das Mangabeiras.

Sua altitude média varia de 1.100 a 1.350 metros, sendo que o ponto culminante se encontra no Pico Belo Horizonte a uma altitude de 1.390 metros. A partir de 1955, passou a abrigar a torres de transmissão de televisão, sendo a primeira antena a da TV Itacolomi.

Foi escolhida em 1995[1] como símbolo de Belo Horizonte em um plebiscito. Concorriam juntamente com a serra a Igreja São Francisco de Assis e a Lagoa da Pampulha[2]

Referências

  1. «Serra do Curral - programa + Ação». Rede Minas. Consultado em 03 de outubro de 2009  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Serra do Curral». Mix BH. Consultado em 03 de outubro de 2009  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.