Smilodon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaSmilodon
Ocorrência: Pleistoceno 2.5–0.009 Ma
Esqueleto de Smilodon fatalis no Museu Nacional de Ciência do Japão, Tóquio, Japão

Esqueleto de Smilodon fatalis no Museu Nacional de Ciência do Japão, Tóquio, Japão
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Subfamília: Machairodontinae
Tribo: Smilodontini
Género: Smilodon
Lund, 1841
Espécie-tipo
Smilodon populator
Lund, 1842
Espécies
  • S. populator Lund, 1842
  • S. fatalis Leidy, 1869
  • S. gracilis Cope, 1880

Smilodon é um gênero extinto de felídeo da subfamília Machairodontinae. É o mais conhecido dos Dentes-de-sabre[nt 1] e viveu durante o Pleistoceno (há entre 2,5 milhões e 10 mil anos), mais especificamente, Smilodons percorriam a América do Sul e Norte entre cerca de 700.000 anos a 11.000 anos atrás[1] . Vários fósseis foram encontrados em La Brea.

Características[editar | editar código-fonte]

Três espécies do gênero são conhecidas, e os portes deles variam.

Acima de tudo, o smilodon era mais robusto do que qualquer felídeo moderno, com membros anteriores excepcionalmente desenvolvidos e com longos caninos. Sua mandíbula tinha uma abertura maior que a dos felídeos modernos e os caninos superiores eram compridos e frágeis, sendo adaptados a um ataque preciso[2] . Tais atributos fizeram do smilodon um caçador especializado em grandes herbívoros como bisões e camelos.

O smilodon provavelmente viveu em habitats florestados que permitia formar emboscadas. Sua preferência em caçar grandes mamíferos pode ter sido causa de sua extinção. Existe discussão se as espécies do gênero eram animais sociais. Comparações entre respostas de predadores vocalizações de perigo e a prevalência de feridas cicatrizadas sugerem que era um animal social, enquanto que seu pequeno cérebro sugeria que era um animal solitário. Alguns fósseis mostram sinais de Espondilite anquilosante, traumas e artrite. O smilodon foi extinto há 10 000 anos.

Tigres-dentes-de-sabre (smilodons) na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Espécies[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Apesar de serem mais conhecidos pelo nome "Tigre-dentes-de-sabre", o Smilodon não pertence a mesma espécie do tigre.

Referências

  1. Saber-tooth teeth grew at lightning speed por Michael Balter em 1 de julho de 2015
  2. Comparative Biomechanical Modeling of Metatherian and Placental Saber-Tooths: A Different Kind of Bite for an Extreme Pouched Predator por Stephen Wroe , et al - publicado na "PLOS" em 26 de junho de 2013 (DOI: 10.1371/journal.pone.0066888)
  • Alan Turner & Mauricio Anton, The Big Cats and Their Fossil Relatives, Nova Iorque, Columbia University Press, 1997.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies