Tênis de mesa nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olympic Rings white.svg
Tênis de mesa nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Brasil Rio de Janeiro, Brasil
Table Tennis, Rio 2016.png
Dados
◄◄ Reino Unido 2012 Olympic Rings white.svg Japão 2020 ►►

Os torneios de tênis de mesa (ténis de mesa) nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, no Rio de Janeiro, foram disputados entre 6 e 17 de agosto de 2016, no Pavilhão 3 do Riocentro, na Barra da Tijuca. Estiveram nas disputadas 162 mesa-tenistas, 86 de cada sexo, nos quatro torneios.[1]

O tênis de mesa começou a se tornar popular no final do século 19, na Inglaterra, mas o esporte só teve suas regras padronizadas a partir da criação da Federação Internacional de Ténis de Mesa - ITTF, em 1926. Foi introduzido no programa olímpico apenas nos Jogos Olímpicos em Seul, em 1988, inicialmente com torneios de simples e de duplas e, a partir de Pequim em 2008, as competições de duplas foram substituídas por eventos de equipe, que combinam partidas de simples e de duplas.

A mesa oficial mede 2,74m de comprimento x 1,52m de largura e deve ter uma altura de 0,76m. A rede deve ter altura de 15,25cm e se prolongar 15,25cm para fora de cada lado da mesa. Desde 2000, a bola usada deve ser feita de celuloide ou plástico similar, ter diâmetro de 40mm, com peso ideal de 2,74g, e a cor deve ser branca ou laranja fosca.[1]

Eventos e forma de disputa[editar | editar código-fonte]

Quatro eventos foram disputados:

  • Torneios de simples masculino e feminino, com pelo menos 64 mesa-tenistas em cada. Após as qualificatórias setenta e um atletas se qualificaram para cada torneio.
  • Torneios de equipes masculino e feminino, com 16 equipes de três mesa-tenistas em cada.

Todos os torneios foram disputados no sistema eliminatório de chaves, em que o vencedor passou para a fase seguinte. Os vencedores das semifinais disputaram a medalha de ouro e os perdedores disputaram a medalha de bronze.[1]

Torneio de simples[editar | editar código-fonte]

Os torneios de simples teve uma estrutura de chaves irregular, disputado em oito fases. A distribuição dos mesa-tenistas nas chaves de simples foi feita com base no ranking mundial de 1º de agosto de 2016.[1]

  • Os dezesseis melhores ranqueados estão dispensados das três primeiras fases e só disputam cinco fases, a partir da terceira rodada.
  • Os dezesseis ranqueados entre 17º e 32º estão dispensados das duas primeiras fases e disputam seis fases, a partir da segunda rodada.
  • Vinte e cinco competidores serão distribuídos na primeira rodada e catorze disputam uma rodada preliminar, já que o número de inscritos ultrapassou sessenta e quatro.

Cada partida é disputada em melhor de sete jogos, vencida pelo jogador que conquistar quatro jogos. Vence o jogo o jogador que alcançar 11 pontos, ou até que consiga uma diferença de dois pontos.

Torneio de equipe[editar | editar código-fonte]

Os torneios de equipes são disputados em quatro fases, por dezesseis equipes, distribuídas na primeira rodada com base em um ranking de equipes, que utiliza o ranking mundial de 1º de agosto de 2016 e leva em consideração apenas os mesa-tenistas inscritos de cada equipe.[1]

Cada confronto do torneio de equipes é definido em cinco partidas, duas de simples e uma de duplas, seguidas de outras duas de simples. Vence a equipe que vencer três partidas. O jogador que não participar das duas primeiras partidas de simples joga o jogo de duplas e a quinta partida. O jogador que não jogar em duplas faz a quarta partida.

Cada partida do confronto por equipes é disputada em melhor de cinco games, vencida pelo jogador que conquistar três games. O game é vencido pelo jogador ou pela dupla que alcançar 11 pontos, ou até que consiga uma diferença de dois pontos.

Qualificação[editar | editar código-fonte]

Foram colocadas em disputa cento e sessenta e oito vagas, de um total de 172 disponíveis. Cada Comitê Olímpico Nacional - CON pode qualificar até seis mesa-tenistas, três de cada sexo, no máximo dois para os torneios de simples e um para compor a equipe de três.

Estão em disputa pelo menos sessenta e duas vagas individuais para cada um dos torneios de simples e vinte e duas vagas para complementar dezesseis equipes em cada um dos torneios.[2]

Calendário dos torneios[editar | editar código-fonte]

Sábado
6 ago
Domingo
7 ago
Segunda
8 ago
Terça
9 ago
Quarta
10 ago
Quinta
11 ago
Sexta
12 ago
Sábado
13 ago
Domingo
14 ago
Segunda
15 ago
Terça
16 ago
Quarta
17 ago
Simples feminino Prel.
rodada

rodada
3ª rodada Oitavas Quartas Semi Final
/Bronze
Simples masculino Prel.
rodada

rodada
3ª rodada Oitavas Quartas Semi Final
/Bronze
Equipes feminino Oitavas Quartas Semifinal Final
/Bronze
Equipes masculino Oitavas Quartas Semifinal Final
/Bronze

Medalhistas[editar | editar código-fonte]

Masculino

Nos individuais, Ma Long, da China, foi medalha de Ouro depois de ganhar ao compatriota Zhang Jike na final. O japonês Jun Mizutani conquistou o Bronze ao bater o bielorrusso Vladimir Samsonov.[3][4] Em equipes, a tripla da China levou a melhor sobre o Japão e ganhou o Ouro, enquanto a Alemanha superou a Coreia do Sul para conquistar o Bronze.[5][6]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Individual
detalhes
Ma Long
ChinaCHN China
Zhang Jike
ChinaCHN China
Jun Mizutani
JapãoJPN Japão
Equipes
detalhes
Ma Long
Xu Xin
Zhang Jike
ChinaCHN China
Koki Niwa
Jun Mizutani
Maharu Yoshimura
JapãoJPN Japão
Bastian Steger
Dimitrij Ovtcharov
Timo Boll
AlemanhaGER Alemanha
Feminino

Na competição individual Ding Ning, da China, conquistou o Ouro ao levar a melhor face à compatriota Li Xiaoxia na final. A norte-coreana Kim Song-i ficou com o Bronze graças à vitória sobre a japonesa Ai Fukuhara.[7][8] Por equipas, a tripla da China levou a melhor sobre o Japão e ganhou o Ouro, enquanto a Alemanha superou a Coreia do Sul para conquistar o Bronze.[9][10]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Individual
detalhes
Ding Ning
ChinaCHN China
Li Xiaoxia
ChinaCHN China
Kim Song-i
Coreia do NortePRK Coreia do Norte
Equipes
detalhes
Ding Ning
Li Xiaoxia
Liu Shiwen
ChinaCHN China
Han Ying
Petrissa Solja
Shan Xiaona
AlemanhaGER Alemanha
Ai Fukuhara
Kasumi Ishikawa
Mima Ito
JapãoJPN Japão

Referências

  1. a b c d e «Table Tennis Explanatory Guide» (PDF) (em inglês). Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. 28 de julho de 2015. pp. 13, 14, 15, 16, 17, 18. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  2. «Qualification system - Games of the XXXI Olympiada - Rio 2016» (PDF) (PDF) (em inglês). ittf.com. 16 de abril de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  3. Morgado, José (12 de agosto de 2016). «Ténis de mesa: Ding Ning vence final chinesa de singulares femininos». Cofina. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2016 
  4. «Tênis de mesa Individual masculino - Medalhistas» (PDF). Rio 2016. 11 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  5. «China leva o último ouro no tênis de mesa». Rio 2016. 17 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2016 
  6. «Tênis de mesa - Competição por equipes, masculino - Medalhistas» (PDF). Rio 2016. 17 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  7. «Ténis de mesa: Ding Ning vence final chinesa de singulares femininos». SAPO. 11 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2016 
  8. «Tênis de mesa Individual feminino - Medalhistas» (PDF). Rio 2016. 10 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  9. «China leva o último ouro no tênis de mesa». Rio 2016. 17 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2016 
  10. «Tênis de mesa - Competição por equipes, masculino - Medalhistas» (PDF). Rio 2016. 17 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]