Tênis nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Olympic Rings white.svg
Tênis nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Brasil Rio de Janeiro, Brasil
Tennis, Rio 2016.png
Dados
Participantes 196 de 56 CONs
Sede Centro Olímpico de Tênis
Dias de competição 8
Dias de finais 3
Eventos 5
Medalhistas
Medalha de ouro Ouro EspanhaESP Espanha (1 medalha)
Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha (1 medalha)
Estados UnidosUSA Estados Unidos (1 medalha)
Porto RicoPUR Porto Rico (1 medalha)
RússiaRUS Rússia (1 medalha)
Medalha de prata Prata AlemanhaGER Alemanha (1 medalha)
ArgentinaARG Argentina (1 medalha)
Estados UnidosUSA Estados Unidos (1 medalha)
RomêniaROU Romênia (1 medalha)
SuíçaSUI Suíça (1 medalha)
Medalha de bronze Bronze República ChecaCZE República Checa (3 medalhas)
Estados UnidosUSA Estados Unidos (1 medalha)
JapãoJPN Japão (1 medalha)
◄◄ Reino Unido 2012 Olympic Rings white.svg Japão 2020 ►►
Tênis nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Tennis pictogram.svg
Simples masc fem
Duplas masc fem mistas
O Centro Olímpico de Tênis recebeu as competições da modalidade em 2016.

Os torneios de tênis (ou ténis) nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, no Rio de Janeiro, foram disputados entre 6 e 14 de agosto no Centro Olímpico de Tênis, no Parque Olímpico da Barra, na Barra da Tijuca,[1][2] com dez quadras de piso rápido para a disputa dos jogos. Estiveram nas disputas 196 tenistas, sendo 105 homens e 96 mulheres, nos cinco eventos.[3]

Pela primeira vez desde 1988, a disputa nos Jogos Olímpicos não contou pontos para o ranking dos jogadores na ATP e WTA.[2][4]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Cinco torneios foram disputados:

  • Simples masculino e feminino, com sessenta e quatro tenistas em cada categoria;
  • Duplas masculinas e femininas, com trinta e duas duplas, totalizando sessenta e quatro tenista em cada categoria.
  • Duplas mistas, com dezesseis duplas, totalizando trinta e dois tenistas.

Para o torneio de duplas mistas, apenas jogadores que já estavam classificados para as disputas em simples ou em duplas puderam participar.[3]

Qualificação[editar | editar código-fonte]

Foram colocadas em disputa cento e sessenta e oito vagas, de um total de 172 disponíveis. O principal critério de qualificação foram os rankings da ATP e da WTA, publicadas em 6 de junho de 2016, com base nos desempenho das últimas 52 semanas nos diversos torneios válidos para os rankings.

Cada Comitê Olímpico Nacional (CON) pôde qualificar até doze tenistas, seis de cada sexo, quatro para os torneios de simples e dois para o torneio de duplas.[5][6]

Formato de disputa[editar | editar código-fonte]

Todos os torneios foram disputados no sistema eliminatório de chaves, em que o vencedor passou para a fase seguinte (seis fases nos torneios individuais e cinco nos de duplas, exceto no de duplas mistas, com quatro fases). Os vencedores das semifinais disputaram a medalha de ouro e os perdedores disputaram a medalha de bronze.

A distribuição das duplas e dos tenistas nas chaves baseou-se no ranking mundial de 1º de agosto de 2016. Jogadores do mesmo país foram colocados em lados diferentes das chaves, de forma a se encontrarem apenas na final ou nas semifinais.

Cada um dos torneios tem uma peculiaridade, mas, basicamente, todas as partidas foram disputadas em melhor de três sets, sendo apenas o confronto final do torneio individual masculino disputado em melhor de cinco sets.

Cada set foi disputado em até doze games (jogos), finalizando quando um dos lados atinge seis games com uma vantagem de pelo menos dois. Cada game foi disputado em uma contagem de quatro pontos denominados 15, 30, 40 e game. Para vencer, o jogador ou dupla tem de obter uma vantagem de dois pontos. Caso empate em 40, o jogo continua até que um dos lados conquiste a vantagem de dois pontos.

Caso o set ficasse empatado em seis jogos, era disputado um jogo de desempate, o tie-break. O tie-break é disputado até que um dos lados atinja sete pontos, com vantagem de pelo menos dois pontos. A disputa continua até que um dos lados conquiste os dois pontos de vantagem. No quinto set da final do individual masculino e no terceiro set dos demais confrontos não há tie-break e os games prosseguiam até que um dos lados conquistasse dois jogos de vantagem.

No torneio de duplas mistas, no terceiro set é disputado o super tie-break, sendo finalizado quando uma das duplas atinge dez pontos com vantagem de pelo menos dois pontos. A disputa continua até que um dos lados conquiste os dois pontos de vantagem.[2]

Calendário[editar | editar código-fonte]

Data 6 de agosto 7 de agosto 8 de agosto 9 de agosto 10 de agosto 11 de agosto 12 de agosto 13 de agosto 14 de agosto
Dia Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo
Hora de início 11:00 11:00 11:00 11:00 11:00 12:00 12:00 12:00
Simples masculino Primeira rodada Segunda rodada Cancelado
devido à chuva[7]
Oitavas Quartas Semifinais Bronze/Final
Simples feminino Segunda rodada Oitavas Quartas Semifinais Bronze/Final
Duplas masculinas Oitavas Quartas Semifinais Bronze/Final
Duplas femininas Oitavas Quartas Semifinais Bronze Final
Duplas mistas Oitavas Quartas Semifinais Bronze/Final

Medalhistas[editar | editar código-fonte]

Masculino

No torneio de simples, Andy Murray derrotou Juan Martín del Potro (Argentina) para ganhar o ouro para a Grã-Bretanha pela segunda vez na sua carreira,[8] enquanto Kei Nishikori levou o bronze para o Japão.[9] Por duplas, a equipa espanhola ganhou a medalha de ouro ao derrotar a Romênia na final, enquanto os Estados Unidos alcançaram o bronze.[10]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Simples
detalhes
Andy Murray
Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha
Juan Martín del Potro
ArgentinaARG Argentina
Kei Nishikori
JapãoJPN Japão
Duplas
detalhes
Marc López
Rafael Nadal
EspanhaESP Espanha
Florin Mergea
Horia Tecău
RomêniaROU Romênia
Steve Johnson
Jack Sock
Estados UnidosUSA Estados Unidos
Feminino

No simples, Porto Rico conquistou a inédita medalha de ouro graças à vitória de Mónica Puig sobre a alemã Angelique Kerber.[11] A checa Petra Kvitová ficou com o bronze.[12][13] Em pares, a dupla da Rússia levou a melhor sobre a equipa da Suíça na final para ganhar o ouro, enquanto a República Checa ficou com o bronze.[14]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Simples
detalhes
Mónica Puig
Porto RicoPUR Porto Rico
Angelique Kerber
AlemanhaGER Alemanha
Petra Kvitová
República ChecaCZE República Checa
Duplas
detalhes
Ekaterina Makarova
Elena Vesnina
RússiaRUS Rússia
Timea Bacsinszky
Martina Hingis
SuíçaSUI Suíça
Lucie Šafářová
Barbora Strýcová
República ChecaCZE República Checa
Misto

A dupla Bethanie Mattek-Sands e Jack Sock ganhou o ouro numa final estadunidense contra Venus Williams e Rajeev Ram, enquanto os checos Lucie Hradecká e Radek Štěpánek conquistaram o bronze frente à dupla Sania Mirza/Rohan Bopanna da Índia.[15]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Duplas
detalhes
Bethanie Mattek-Sands
Jack Sock
Estados UnidosUSA Estados Unidos
Venus Williams
Rajeev Ram
Estados UnidosUSA Estados Unidos
Lucie Hradecká
Radek Štěpánek
República ChecaCZE República Checa

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Andy Murray conquistou o bicampeonato em simples para a Grã-Bretanha.
 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg Ordem
por total
1 Estados UnidosUSA Estados Unidos 1 1 1 3 1
2 Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha 1     1 3
Porto RicoPUR Porto Rico 1     1 3
RússiaRUS Rússia 1     1 3
EspanhaESP Espanha 1     1 3
6 ArgentinaARG Argentina   1   1 3
AlemanhaGER Alemanha   1   1 3
RomêniaROU Romênia   1   1 3
SuíçaSUI Suíça   1   1 3
10 República ChecaCZE República Checa     3 3 1
11 JapãoJPN Japão     1 1 3
TOTAL 5 5 5 15

Referências

  1. «O calendário completo do torneio de ténis olímpico». Bolamarela.pt. 1 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2016 
  2. a b c «Tennis Explanatory Guide» (PDF) (em inglês). Rio 2016. pp. 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  3. a b «Tennis at the 2016 Summer Olympics» (em inglês). Olympedia. Consultado em 20 de junho de 2021 
  4. «Sem acordo, Olimpíadas não dão ponto para ATP». TenisBrasil. 18 de novembro de 2015. Consultado em 19 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2016 
  5. «Tênis - sistema de qualificação Rio 2016» (PDF). Qualification system - Games of the XXXI Olympiad – Rio 2016 (em inglês). Rio 2016. Abril de 2014. Consultado em 19 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 19 de agosto de 2016 
  6. «IFT - Olympic Tennis Event - qualification» (em inglês). Federação Internacional de Tênis. Arquivado do original em 8 de maio de 2015 
  7. «Chuva adia todos os jogos de tênis da Rio-2016 nesta quarta». UOL. 10 de agosto de 2016. Consultado em 20 de junho de 2020 
  8. da Cunha, Pedro Jorge. «Rio: Andy Murray bicampeão Olímpico em maratona com Del Potro». IOL. Consultado em 19 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 19 de agosto de 2016 
  9. «Tênis / Simples masculino - Medalhistas» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 14 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 19 de agosto de 2016 
  10. «Tênis / Duplas masculinas - Medalhistas» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 12 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 19 de agosto de 2016 
  11. «"Sí, se puede": Monica Puig conquista primeiro ouro olímpico de Porto Rico». Ge.globo. 13 de agosto de 2016. Consultado em 20 de junho de 2021 
  12. «Tênis / Simples feminino - Sorteio» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 13 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 19 de agosto de 2016 
  13. «Tênis / Simples feminino - Medalhistas» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 13 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 19 de agosto de 2016 
  14. «Tênis / Duplas femininas - Medalhistas» (PDF) (em inglês). Rio 2016. 14 de agosto de 2016. Consultado em 19 de agosto de 2016. Arquivado do original (PDF) em 19 de agosto de 2016 
  15. «Sock e Mattek-Sands vencem dupla de Venus Williams e levam ouro no tênis». O Estado de S. Paulo. 14 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Tênis nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016