Handebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Olympic Rings white.svg
Handebol nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Brasil Rio de Janeiro, Brasil
Handball, Rio 2016.png
Dados
Participantes 168 atletas
Sede Arena do Futuro
Dias de competição 6 a 19 de agosto
Dias de finais 20 e 21 de agosto
Eventos 2
Medalhistas
Medalha de ouro Ouro DinamarcaDEN Dinamarca (masculino)
RússiaRUS Rússia (feminino)
Medalha de prata Prata FrançaFRA França (masculino)
FrançaFRA França (feminino)
Medalha de bronze Bronze AlemanhaGER Alemanha (masculino)
NoruegaNOR Noruega (feminino)
◄◄ Reino Unido 2012 Olympic Rings white.svg Japão 2020 ►►
Handebol nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2016
Handball pictogram.svg
masculino feminino

As competições de handebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, no Rio de Janeiro, Brasil, foram disputadas entre 6 e 21 de agosto de 2016, na Arena do Futuro, no Parque Olímpico da Barra, na Barra da Tijuca. Doze equipes masculinas e doze femininas disputaram as medalhas. Cada equipe contou com quatorze jogadores, portanto 168 atletas estiveram envolvidos em cada uma das competições.[1]

O handebol como é jogado na atualidade foi desenvolvido na Europa (Escandinávia e Alemanha) na virada do século 20. Até 1966, havia duas formas de handebol, de campo (com onze jogadores, em um campo de futebol) e de quadra, e a primeira competição de nível mundial ocorreu nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936, dois anos antes do primeiro campeonato mundial de campo, na Alemanha, em 1938. Após essa aparição isolada e um retorno em Helsinque, em 1952, com uma única partida de demonstração, somente nos Jogos Olímpicos de 1972, em Munique, o esporte foi definitivamente introduzido no programa olímpico, somente no masculino. O torneio feminino foi incluído em Montreal, em 1976.[1]

Eventos[editar | editar código-fonte]

A Arena do Futuro sediou os torneios de handebol.

Dois eventos foram disputados:[1]

Os dois torneios têm os mesmos formato e regras. Inicia-se com uma fase preliminar com dois grupos de seis equipes, em que todos do grupo se enfrentam. Nesta fase as partidas podem terminar empatadas e o vencedor ganha dois pontos, enquanto que as equipes que empatarem somam um ponto cada. As quatro melhores equipes em cada grupo seguem para as quartas de final.

A partir das quartas de final a competição é no sistema eliminatório direto (mata-mata), com uma única partida, em que o vencedor segue para a próxima fase. Os vencedores da semifinal disputam a medalha de ouro e os perdedores disputam a medalha de bronze. As partidas têm duração de dois tempos de trinta minutos e, a partir das quartas de final, em caso de empate uma prorrogação de dois tempos de cinco minutos. Se o empate persistir há uma disputa de tiro de sete metros, com as equipes se alternando até desempatar.

Qualificação[editar | editar código-fonte]

Cada Comitê Olímpico Nacional (CON) pode inscrever uma equipe no masculino e uma no feminino, com base no Campeonato Mundial de 2015, campeonatos continentais e torneios pré-olímpicos previamente definidos pelas federações de handebol. Estavam em disputa 12 vagas em cada torneio, no total de 24 equipes.[2]

Como país-sede, o Brasil teve garantida a vaga para ambos os torneios, caso viesse a se classificar para uma vaga em um dos torneios qualificatórios, a vaga seria repassada ao próximo classificado no próprio torneio.

Masculino
Torneio Data Sede Vagas Classificados
País-sede 1 Bandeira do Brasil Brasil
Campeonato Mundial de 2015 15 de janeiro–1 de fevereiro de 2015  Catar 1 Bandeira da França França
Jogos Pan-Americanos de 2015 16–25 de julho de 2015  Canadá 1 Bandeira da Argentina Argentina
Copa das Nações Africanas 2016 21–30 de janeiro de 2016  Egito 1 Bandeira do Egito Egito
Campeonato Europeu de 2016 15–31 de janeiro de 2016  Polónia 1 Bandeira da Alemanha Alemanha
Torneio Pré-Olímpico Asiático 14– 27 de novembro de 2015  Catar 1 Bandeira do Catar Catar
Torneio Pré-Olímpico Mundial I 8–10 de abril de 2016  Polónia 2 Bandeira da Polônia Polônia
Bandeira da Tunísia Tunísia
Torneio Pré-Olímpico Mundial II 8–10 de abril de 2016  Suécia 2 Bandeira da Suécia Suécia
Bandeira da Eslovênia Eslovênia
Torneio Pré-Olímpico Mundial III 8–10 de abril de 2016  Dinamarca 2 Bandeira da Dinamarca Dinamarca
Bandeira da Croácia Croácia
Total 12
Feminino
Torneio Data Sede Vagas Classificados
País-sede 1 Bandeira do Brasil Brasil
Campeonato Mundial de 2015 2–18 de dezembro de 2011  Dinamarca 1 Bandeira da Noruega Noruega
Campeonato Europeu de 2014 7–19 de dezembro de 2010 1 Bandeira da Espanha Espanha
Jogos Pan-Americanos de 2015 16–25 de julho de 2015  Canadá 1 Bandeira da Argentina Argentina
Copa das Nações Africanas de 2015 20–25 de outubro de 2015  Angola 1 Bandeira de Angola Angola
Torneio Pré-Olímpico Asiático 20–25 de outubro de 2015  Japão 1 Bandeira da Coreia do Sul Coreia do Sul
Torneio Pré-Olímpico Mundial I 18–20 de abril de 2016  França 2 Bandeira dos Países Baixos Países Baixos
Bandeira da França França
Torneio Pré-Olímpico Mundial II 18–20 de abril de 2016  Dinamarca 2 Bandeira da Romênia Romênia
Bandeira de Montenegro Montenegro
Torneio Pré-Olímpico Mundial III 18–20 de abril de 2016  Rússia 2 Bandeira da Rússia Rússia
Bandeira da Suécia Suécia
Total 12

Os torneios pré-olímpicos consistiram de três grupos de quatro equipes, em que todas se enfrentam, qualificando-se as duas primeiras. Os torneios foram disputados pelas:

  • Seis melhores classificadas do Campeonato Mundial de 2015, não qualificadas através dos torneios continentais.
  • Duas equipes do continente melhor classificado no Mundial de 2015 (Europa no masculino e no feminino), conforme sua colocação no torneio continental.
  • A melhor equipe de cada um dos demais continentes, ainda não qualificada.
  • Uma vaga para o melhor do pré-olímpico da Oceania, caso uma equipe do continente tenha terminado da 8ª a 12ª colocação no Mundial de 2015. Caso contrário, a vaga vai para o segundo melhor continente do Mundial (Ásia no masculino e América no feminino).

Calendário[editar | editar código-fonte]

Agosto
Handebol 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21
Feminino FG FG FG FG FG QF SF F
Masculino FG FG FG FG FG QF SF F
FG (Fase de grupos) - QF (Quartas de final) - SF (Semifinal) - F (Final)
Dia de competição Dia de final

Medalhistas[editar | editar código-fonte]

O torneio masculino foi conquistado pela Dinamarca, que na final ganhou à França. A Alemanha foi bronze ao ganhar à Polônia.[3][4] No torneio feminino, a Rússia, invicta, superou a França na final por uma curta margem sendo ouro, enquanto a Noruega levou a melhor sobre os Países Baixos para conquistar o bronze.[5][6]

Evento Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze
Masculino
detalhes
Niklas Landin Jacobsen
Mads Christiansen
Mads Mensah Larsen
Casper Mortensen
Jesper Nøddesbo
Jannick Green
Lasse Svan Hansen
René Toft Hansen
Henrik Møllgaard
Kasper Søndergaard
Henrik Toft Hansen
Mikkel Hansen
Morten Olsen
Michael Damgaard
DinamarcaDEN Dinamarca
Olivier Nyokas
Daniel Narcisse
Vincent Gérard
Nikola Karabatić
Kentin Mahé
Mathieu Grébille
Thierry Omeyer
Timothey N'Guessan
Luc Abalo
Cédric Sorhaindo
Michaël Guigou
Luka Karabatić
Ludovic Fabregas
Adrien Dipanda
Valentin Porte
FrançaFRA França
Uwe Gensheimer
Finn Lemke
Patrick Wiencek
Tobias Reichmann
Fabian Wiede
Silvio Heinevetter
Hendrik Pekeler
Steffen Weinhold
Martin Strobel
Patrick Groetzki
Kai Häfner
Andreas Wolff
Julius Kühn
Christian Dissinger
Paul Drux
AlemanhaGER Alemanha
Feminino
detalhes
Anna Sedoykina
Polina Kuznetsova
Daria Dmitrieva
Anna Sen
Olga Akopian
Anna Vyakhireva
Marina Sudakova
Vladlena Bobrovnikova
Victoria Zhilinskayte
Yekaterina Marennikova
Irina Bliznova
Ekaterina Ilina
Maya Petrova
Tatyana Yerokhina
Victoriya Kalinina
RússiaRUS Rússia
Laura Glauser
Blandine Dancette
Camille Ayglon
Allison Pineau
Laurisa Landre
Grâce Zaadi
Marie Prouvensier
Amandine Leynaud
Manon Houette
Siraba Dembélé
Chloé Bulleux
Béatrice Edwige
Estelle Nze Minko
Gnonsiane Niombla
Alexandra Lacrabère
FrançaFRA França
Kari Aalvik Grimsbø
Mari Molid
Emilie Hegh Arntzen
Ida Alstad
Veronica Kristiansen
Heidi Løke
Nora Mørk
Stine Bredal Oftedal
Marit Malm Frafjord
Katrine Lunde
Linn-Kristin Riegelhuth Koren
Amanda Kurtović
Camilla Herrem
Sanna Solberg
NoruegaNOR Noruega

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg Ordem
por total
1 DinamarcaDEN Dinamarca 1     1 2
RússiaRUS Rússia 1     1 2
3 FrançaFRA França   2   2 1
4 AlemanhaGER Alemanha     1 1 2
NoruegaNOR Noruega     1 1 2
TOTAL 2 2 2 6

Referências

  1. a b c «Handball - Explanatory Guide» (PDF) (em inglês). Rio 2016. Julho de 2015. pp. 13, 14, 15; 17, 18, 19, 20. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  2. «Qualification system - Games of the XXXI Olympiad - Rio 2016» (PDF) (em inglês). IHF. Fevereiro de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 
  3. «Handebol masculino - Medalhistas» (PDF). Rio 2016. 21 de agosto de 2016. Consultado em 21 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 21 de agosto de 2016 
  4. «Dinamarca impede o tri da França no handebol». Rio 2016. 21 de agosto de 2016. Consultado em 21 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2016 
  5. «Rússia campeã no andebol feminino». RTP. 20 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2016 
  6. «Handebol Feminino - Medalhistas» (PDF). 20 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 20 de agosto de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Handebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016