Terry Southern

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde fevereiro de 2011). Ajude e colabore com a tradução.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Terry Southern

Terry Southern (Alvarado, 1 de maio de 1924 - Nova York, 29 de outubro de 1995) foi um influente escritor, ensaísta e roteirista norte-americano, famoso por seu estilo literário satírico.

Southern fez parte do movimento literário parisiense do pós-guerra na década de 1950 e acompanhou os escritores do movimento beat no Greenwich Village, em Nova York. Amigo de celebridades do cinema, do jet-set internacional e do rock britânico, esteve no epicentro da efervescência cultural e de costumes da Swinging London dos anos 60 e ajudou a mudar o estilo e a substância dos filmes norte-americanos dos anos 70.

Algumas de suas mais famosas colaborações em roteiros para o cinema foram as de Dr. Fantástico, com Stanley Kubrick, Sem Destino, com Dennis Hopper e Barbarella, com Roger Vadim. Amigo de roqueiros como os Rolling Stones e os Beatles, a figura de Southern ficou imortalizada ao sair de óculos escuros na capa de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, o lendário disco de 1967 dos Beatles que trás o grupo e várias personalidades em sua capa.

Seu trabalho em Sem Destino, ajudou a criar o movimento do chamado cinema independente norte-americano do anos 70, em oposição ao cinema tradicional de Hollywood.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Alvarado, deixou a Universidade Metodista Meridional para servir no exército americano durante a Segunda Guerra Mundial, retornando ao pais para estudar na Universidade Northwestern, tendo se graduado em 1948.

Paris (1948-52)[editar | editar código-fonte]

Partiu dos Estados Unidos em setembro de 1948, usando uma bolsa G.I. Bill para viajar por França, onde estudou na Faculté Des Lettres da Universidade de Paris (Sorbonne).


Livros[editar | editar código-fonte]

Roteiros/Guiões[editar | editar código-fonte]

Aparições em filmes[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]