Cinema da década de 1970

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O gênio da interpretação esteve presente com cenas fortíssimas em Apocalypse Now, de Francis Ford Coppola. Marlon Brando estrela ainda o erótico e polêmico O Último Tango em Paris. Trabalhando com o Coppola, ele ganhou o Oscar de melhor ator pela inesquecível atuação de Don Vito Corleone no clássico que mudou história do cinema The Godfather (O Poderoso Chefão).

Laranja Mecânica (filme) conquista uma geração de fãs e inspira milhares de cineastas.

1971[editar | editar código-fonte]

Stanley Kubrick entrega o clássico A Clockwork Orange (Laranja Mecânica).

1972[editar | editar código-fonte]

A década começa com a originalidade de Robert Altman em M.A.S.H., sobre a Guerra da Coréia.

Liza Minnelli ganha mais um Oscar para sua família com Cabaret.

Francis Ford Coppola entrega o filme que mudaria a história da "sétima arte", The Godfather (O Poderoso Chefão), um dos melhores filme dos anos 70 e um dos melhores já feitos, com Marlon Brando e Al Pacino. Vencedor de 3 Oscars nas categorias de melhor filme, melhor ator (Brando) e melhor roteiro adaptado. A primeiro parte da saga da família Corleone.

O aclamado diretor russo Andrei Tarkovski lança um dos mais aclamados filmes do gênero de ficção científica:Solyaris (br: Solaris).

1973[editar | editar código-fonte]

The Exorcist (O Exorcista) torna-se um marco no gênero suspense e eterniza a imagem de Linda Blair como a menina possuída.

Marlon Brando estrela o filme erótico Ultimo tango a Parigi (O Último Tango em Paris), dirigido por Bernardo Bertolucci.

Com 12 anos Linda Blair é indicada ao Oscar e ganha o Globo de ouro por sua interpretação da menina possuída por um demônio em O Exorcista.
O Exorcista se torna o filme de terror mais lucrativo de todos os tempos.

1974[editar | editar código-fonte]

Roman Polanski dirige Chinatown, com Jack Nicholson.

E lançado o filme O Massacre Da Serra Elétrica

Coppola dirige a uma sequência de The Godfather (O Poderoso Chefão), The Godfather: Part II (O Poderoso Chefão: Parte II), com Al Pacino, Robert Duvall e Robert De Niro. Vencedor de 6 Oscars, inlcuindo melhor filme, melhor diretor (Coppola) e melhor ator coadjuvante (De Niro) A primeira sequência a ganhar O Oscar de melhor filme.

Marlon Brando recusa o seu Oscar de melhor ator por The Godfather.

O famoso cineasta Ingmar Bergman lança um dos melhores filmes dos anos 70 com Viskningar och rop (br: Gritos e Sussurros), filme de época e se tornando um dos únicos filmes estrangeiros a ser indicado na categoria de Melhor Filme no Oscars, apenas ganhando na categoria de Melhor Fotografia.

1975[editar | editar código-fonte]

Um dos melhores filmes de época é lançado: Barry Lyndon, um dos melhores filmes do diretor Stanley Kubrick indicado em 7 categorias no Oscars e apenas ganhando em 4 categorias.

Steven Spielberg aponta como grande diretor com Jaws (Tubarão).

Jack Nicholson se firma como astro ao defender como ninguém a loucura em One Flew Over the Cuckoo's Nest (Um Estranho no Ninho), o filme-síntese do espírito americano, e que ganha os cinco principais prêmios da Academia.

Um dos mais ousados musicais é lançado com The Rocky Horror Picture Show .

1976[editar | editar código-fonte]

Brian De Palma filma o clássico de Stephen King, Carrie (Carrie, a Estranha), com Sissy Spacek no papel principal.

Martin Scorsese e Robert De Niro concretizam parceria de sucesso com Taxi Driver (Motorista de Taxi), com Jodie Foster, indicado a 4 Oscars.

Ano também do grande sucesso, ganhador do Oscar: Rocky, Um Lutador com Sylvester Stallone e Talia Shire.

1977[editar | editar código-fonte]

Woody Allen ganha respeito com Annie Hall (Noivo Neurótico, Noiva Nervosa) e vence o Oscar de Melhor Filme .

George Lucas inicia a trilogia que iria mudar o rumo do cinema: Star Wars (Guerra nas Estrelas).

1978[editar | editar código-fonte]

Christopher Reeve foi a maior revelação do ano ao protagonizar Superman (Superman - O Filme)

John Travolta e Olívia Newton-John no sucesso musical Grease

1979[editar | editar código-fonte]

A ficção científica é marcada por Alien (Alien - O Oitavo Passageiro), de Ridley Scott.

Bob Fosse eterniza o gênero musical com All That Jazz (O Show Deve Continuar).

Meryl Streep ganha seu Primeiro Oscar em 1979.

Meryl Streep ganha seu primeiro Oscar com Kramer vs. Kramer.

A guerra é retratada em Apocalypse Now, de Francis Ford Coppola, com Marlon Brando e Robert Duvall.

Andrei Tarkovsky lança uma de suas obras mais aclamadas com Stalker.

Ver também[editar | editar código-fonte]