The Bad and the Beautiful

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Bad and the Beautiful
Assim estava escrito (PT)
Cativos do mal (BR)
 Estados Unidos
1952 •  cor •  108 min 
Direção Vincente Minnelli
Roteiro George Bradshaw (conto "Tribute to a Badman")
Charles Schnee
Elenco Lana Turner
Kirk Douglas
Walter Pidgeon
Dick Powell
Barry Sullivan
Gloria Grahame
Gilbert Roland
Leo G. Carroll
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Bad and the Beautiful (br: Assim estava escrito / pt: Cativos do mal) é um filme estadunidense de 1952, do gênero drama, realizado por Vincente Minnelli.

É considerado um dos melhores filmes sobre os bastidores de Hollywood. Jerry Thorpe foi assistente de realização. O filme está disponível em versão colorida por computador.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A actriz Georgia Lorrison, o escritor James Lee Bartlow e o realizador Fred Amiel mostram ao director do estúdio Harry Pebbel, através de flash-backs, porque recusam continuar a trabalhar com o produtor Jonathan Shields. No seu caminho para o topo, vai perdendo todos os amigos.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Lana Turner Georgia Lorrison
Kirk Douglas Jonathan Shields
Walter Pidgeon Harry Pebbel
Dick Powell James Lee Bartlow
Barry Sullivan Fred Amiel
Gloria Grahame Rosemary Bartlow
Gilbert Roland Victor 'Gaúcho' Ribera
Leo G. Carroll Henry Whitfield, diretor inglês
Vanessa Brown Kay Amiel
Paul Stewart Syd Murphy
Sammy White Gus
Elaine Stewart Lila
Ivan Triesault Von Ellstein
Franklyn Farnum Assistente no set (não-creditado)
Francis X. Bushman Não-creditado
Stuart Holmes Jogador (não-creditado)
Pat O'Malley[1] Homem no clube (não creditado)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

No filme Two Weeks in Another Town (br: A Cidade dos Desiludidos), de 1962, são feitas várias referências a esta película.

Principais prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Óscar 1953 (EUA)

BAFTA 1954 (Reino Unido)

  • Indicado na categoria de melhor filme de qualquer origem.

Globo de Ouro 1953 (EUA)

  • Indicado nas categorias de melhor ator coadjuvante (Gilbert Roland) e melhor atriz coadjuvante (Gloria Grahame).

Referências

  • Os Melhores Filmes de Todos os Tempos, de Alan Smithee, 1995