The Pinkprint

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Pinkprint
Álbum de estúdio de Nicki Minaj
Lançamento 15 de dezembro de 2014
Gravação 2013–2014
Gênero(s) Hip hop
Duração 66:51
Idioma(s) Inglês
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção Produtores executivo
Produtores adicionais
Cronologia de Nicki Minaj
Pink Friday: Roman Reloaded – The Re-Up
(2012)
Singles de The Pinkprint
  1. "Pills N Potions"
    Lançamento: 21 de maio de 2014 (2014-05-21)
  2. "Anaconda"
    Lançamento: 4 de agosto de 2014 (2014-08-04)
  3. "Only"
    Lançamento: 28 de outubro de 2014 (2014-10-28)[1]
  4. "The Night Is Still Young"
    Lançamento: 28 de abril de 2015 (2015-04-28)[2]

The Pinkprint é o terceiro álbum de estúdio da rapper trinidiana-americana Nicki Minaj, lançado em 15 de dezembro de 2014 pela Young Money Entertainment, Cash Money Records e Republic Records.[3] Se afastando musicalmente do estilo do segundo álbum de estúdio Pink Friday: Roman Reloaded (2012), que experimentou os gêneros pop e dance, tendo a intenção de incorporar elementos do hip hop tradicional neste novo trabalho.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

"Eu estava pensando que se eu quisesse, poderia voltar e fazer uma outra música pop como essa para vender, mas eu estou escolhendo a não fazer isso. Estou escolhendo em voltar para minha essência e suprir os meus fãs de hip-hop. Sinto que eu preciso disso porque é uma plataforma mais poderosa para mim ... Quando estou no palco, tocando minhas canções de rap, é mais orgânico."

— Minaj descrevendo suas intenções de voltar para o seu tradicional estilo hip hop no The Pink Print.[4]

Depois de lançar seu segundo álbum de estúdio Pink Friday: Roman Reloaded, em abril de 2012,[5] Minaj entrou na indústria de varejo com o lançamento de suas fragrâncias Pink Friday e Minajesty e uma introdução da linha de roupas exclusiva das lojas Kmart, denominada Nicki Minaj Collection.[6][7] Em novembro daquele ano, ela também relançou o Pink Friday: Roman Reloaded em uma versão expandida, com o subtítulo The Re-Up; Minaj comentou que "no que diz respeito a produção [do álbum], eu gosto do caminho que o The Re-Up seguiu" e "eu quero continuar por esse caminho e adicionar mais coisas nele musicalmente".[8]

Em maio de 2013, Minaj anunciou que seu terceiro álbum de estúdio ainda sem título, seria "concentrar em rap", enquanto Pink Friday: Roman Reloaded explorou mais elementos da música pop. Ela afirmou ainda que ela iria começar a escrever o material para o projeto no final daquele ano, depois que a produção do seu primeiro longa-metragem The Other Woman (2014) foi concluída.[4] Em 17 de agosto, ela divulgou fotos em sua conta no Instagram, de uma sessão de gravação com o músico Pharrell Williams em seu estúdio.[9] Em novembro daquele ano, Minaj afirmou que ela havia começado a planejar o projeto, descrevendo-o como sendo "próximo nível" e "muito diferente de tudo que fiz", e confirmou que "definitivamente" será lançado em 2014.[10]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O disco foi mencionado pela primeira vez no freestyle de Minaj para a canção "Boss Ass Bitch" do grupo PTAF (Pretty Taking All Fades) em janeiro de 2014,[11] e foi oficialmente anunciado como The Pink Print com a estréia da faixa "Lookin Ass Nigga" juntamente com o seu videoclipe dirigido por Nabil Elderkin em 12 de fevereiro; foi produzida, composta e co-escrita por Detail que também contribui com vocais de fundo;[12] o título supostamente refere-se ao álbum The Blueprint (2001) de Jay-Z.[13] Mais tarde, em fevereiro, Minaj comentou que ela não seguiria a campanha promocional tradicional em antecipação para o disco, ela afirmou que ela preferiu confirmar sua data de lançamento "[quando] o álbum estiver realmente pronto e após eu ter vivido com ele por um bom tempo", similar à estreia inesperada de Beyoncé da cantora americana Beyoncé em dezembro de 2013.[14] A rapper revelou em 9 de setembro de 2014 que The Pinkprint seria lançado em 24 de novembro do mesmo ano, mas foi adiado para 15 de dezembro.[3] Nicki Minaj revelou a pré-venda do álbum em 01 de dezembro de 2014, e os nomes das faixas.[15]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • Pills N Potions - foi lançado como primeiro single do álbum em 21 de maio de 2014, chegou à posição #24 na Billboard Hot 100, #7 na Billboard R&B/Hip-Hop Songs e #2 na Billboard Rap Songs. O single ainda foi certificado platina na Austrália
  • Anaconda - chegou à posição #2 na Billboard Hot 100, #1 na Billboard R&B/Hip-Hop Songs e #1 na Billboard Rap Songs. O single ainda foi certificado platina dupla nos Estados Unidos.O single também bateu recorde vevo
  • Only - chegou à posição #12 na Hot 100 e liderou as paradas de R&B e Rap. O single é certificado de platina tripla nos Estados Unidos.
  • Bed Of Lies - alcançou a posição #62 na Hot 100. Sua maior posição foi no Ultratop, da Austrália, onde alcançou a posição #18. Também teve destaque no Ultratop da Nova Zelândia, onde teve pico #32.
  • The Night Is Still YoungThe Night Is Still Young - alcançou a posição #31 na Billboard Hot 100, sendo #6 na Billboard Rap Songs e #14 na Rhythmic Songs.

Outras canções

  • Feeling Myself - chegou à posição #6 na Billboard Rap Songs, #11 na Billboard R&B/Hip-Hop Songs e #39 na Billboard Hot 100. Um videoclipe para a faixa foi lançado em maio de 2015 sem qualquer anúncio prévio, através do TIDAL. O single é certificado de ouro nos Estados Unidos.
  • Truffle Butter - lançado como single promocional, teve uma ótima repercussão nas paradas, atingindo a posição #14 na Hot 100. O single ainda foi certificado de platina nos Estados Unidos.
  • Trini Dem Girls - apresentado no MTV Video Music Awards, porém não lançado como single.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 72/100[16]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Billboard 4 de 5 estrelas.[17]
Exclaim! 8/10[18]
New York Daily News 3 de 5 estrelas.[19]
New York Post 3 de 4 estrelas.[20]
HipHopDX 4 de 5 estrelas.[21]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[22]
Slant Magazine 4.5 de 5 estrelas.[23]
Spin 7/10[24]
Los Angeles Times 3 de 4 estrelas.[25]
Pitchfork 7/10[26]

O álbum, até agora, recebeu críticas positivas dos críticos de música. No Metacritic, o álbum recebeu uma pontuação média de 72, baseado em 16 avaliações.[16] Niki McGloster, uma editora de Billboard, deu ao álbum uma avaliação positiva dizendo que "Embora seja muito cedo para dizer se o Pinkprint é um clássico, é seguro dizer que é o seu melhor álbum até à data. Minaj foi finalmente capaz de se fazer rap e limpar as questões que ela lutou com em privado em sua forma mais exposta ainda".[17] Samantha O'Connor, de Exclaim!, deu ao álbum uma avaliação positiva dizendo que o álbum entrega "alguns dos melhores trabalhos do cuspidor mancha de língua como 19 forte, faixas multidimensionais ponta dos pés para fora do planeta pop de "Starships", inaugurando o rapper mais perto dela hip-originalmente matéria-hop raízes" também acrescentando que "[Minaj] é mais pessoal, mais atemporal e mais ligada a sua própria arte aqui, que serve alguns dos trabalhos mais superlativo de sua carreira estabelecida".[18] Marcus Dowling, de HipHopDX, deu uma avaliação positiva dizendo que "The Pinkprint corre um caminho do meio entre a pop de mais de esforço e lirismo real, criando um tudo para alguém estético que Nicki não permite mudar para o desperdício. Como tal, é um empreendimento ambicioso, Nicki tem discutido de forma muito divertida".[21] Randall Roberts, do Los Angeles Times, analisou o álbum dizendo: "Se a pista de dança de fim de adicionar confunde as coisas, é difícil culpar Minaj. Todo o 'The Pinkprint', ela está com a intenção de canalizar o seu talento para explorar e documentar seus muitos modos. A combinação é amiúde, se não é sempre, intoxica".[25] Hardeep Phull, do New York Post, comentou dizendo que "seu hino grande-bunda 'Anaconda' foi um sucesso de verão - agora que Nicki Minaj tem a atenção de todos, o New Yorker serve um terceiro álbum surpreendentemente introspectivo e atmosférico".[20]

A editora do Pitchfork, Meaghan Garvey, fez uma avaliação dizendo que "Os singles de Pinkprint agrada o álbum [mas] eles estão redimidos pelas faixas-bônus emocionantes, confundindo com um conjunto de seis músicas que eleva The Pinkprint de um álbum ocasionalmente transcendente para algo muito mais intrigante".[27] Jim Faber, do New York Daily News, deu ao álbum uma comentário dizendo que "Lamentavelmente, [Pinkprint] não tomou ainda mais Minaj para o surrealismo que primeiro prometeu transformá-la em Missy Elliott para a décima potência. mas não há como negar o sentimento do álbum".[28]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, The Pinkprint vendeu 198 mil unidades na primeira semana, além de 46 mil unidades resultantes de 16.8 milhões de streamings, totalizando em 244 mil cópias vendidas na primeira semana, debutando na segunda posição da Billboard 200. Foi a segunda melhor estreia por uma artista feminina do ano, também a segunda melhor estreia por uma artista de rap de 2014. Na segunda semana, o disco continuou na 2ª posição da parada, com mais 105 mil unidades comercializadas, com mais 51 mil unidades por streamings. Até 14 de Janeiro de 2015, The Pinkprint já vendeu mais de 388 mil unidades nos Estados Unidos. No Reino Unido, o álbum debutou na 22ª posição da parada, vendendo pouco mais de 17 mil unidades na primeira semana.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Edição padrão[29]
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "All Things Go"  
4:53
2. "I Lied"  
  • Maraj
  • Michael Williams
  • M. Bell
  • Dean
Mike Will Made It 5:04
3. "The Crying Game (com Jessie Ware)"  
  • Minaj
  • Jessie Ware
  • Andrew Wansel
  • Warren Felder
  • Steven Mostyn
Pop Wansel 4:25
4. "Get On Your Knees" (com Ariana Grande)
3:36
5. "Feeling Myself" (com Beyoncé)
Hit-Boy 3:57
6. "Only" (com Drake, Lil Wayne e Chris Brown)
5:12
7. "Want Some More"  
  • Maraj
  • Jeremih Felton
  • Xavier Dotson
  • Christian Ward
  • Leland Wayne
Yung Berg 3:49
8. "Four Door Aventador"  
  • Maraj
  • Asabe Ighile
  • Parker Ighile
Parker Ighile 3:02
9. "Favorite" (com Jeremih)
  • Maraj
  • Robert Williams
  • Felton
  • Darhyl Camper
  • Rob Holladay
  • Ward
Yung Berg 4:02
10. "Buy a Heart" (com Meek Mill)
  • Maraj
  • Williams
  • Ward
  • Armond Redmen
  • Yung Berg
  • Arch Tha Boss
4:15
11. "Trini Dem Girls" (com Lunchmoney Lewis)
  • Maraj
  • Coleman
  • Gottwald
  • Hindlin
  • Gamal Lewis
  • Theron Thomas
  • Alexander Castillo Vasquez
  • Walter
  3:14
12. "Anaconda"  
4:20
13. "The Night Is Still Young"  
  • Maraj
  • Dean
  • Gottwald
  • Theron Thomas
  • Walter
   
14. "Pills N Potions"  
  • Maraj
  • Dean
  • Gottwald
  • Walter
4:27
15. "Bed of Lies" (com Skylar Grey)
  • Maraj
  • Holly Hafermann
  • Daniel Johnson
  • Coleman
  • Breyan Isaac
  • Vinay Vyas
  • Justin Davey
  • Alexander Grant
4:29
16. "Grand Piano"  
  • Maraj
  • Johnson
  • Dean
  • William Adams
  • Keith Harris
  • Peter Lord
4:19

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Paradas (2014) Melhor
posição
 Alemanha (Media Control Charts)[32] 69
 Austrália (ARIA Charts)[33] 19
 Estados Unidos (Billboard 200)[34] 2
 Estados Unidos (Billboard Top R&B/Hip Hop Albums)[35] 1
 Irlanda (IRMA)[36] 31
 Nova Zelândia (Recorded Music NZ)[37] 25
 Países Baixos (MegaCharts)[38] 32
 Reino Unido (UK Albums Chart)[39] 22

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Ref.
 Nova Zelândia 11 de dezembro de 2014 Download digital [40]
 Alemanha 12 de dezembro de 2014 [41]
Mundo 15 de dezembro de 2014 [42][43]
 Brasil 21 de Janeiro de 2015 CD

Referências

  1. Mitchell Peters (26 de outubro de 2014). «Nicki Minaj Shares Artwork for New Single 'Only' Featuring Drake, Lil Wayne & Chris Brown» (em inglês). Billboard. Consultado em 26 de outubro de 2014 
  2. http://hitsdailydouble.com/crossover&id=295733
  3. a b «Nicki Minaj Announces 'The Pinkprint' Release Date» (em inglês). Rap-Up. 9 de setembro de 2014. Consultado em 9 de setembro de 2014 
  4. a b Erika Ramirez (28 de maio de 2013). «Nicki Minaj Will 'Focus On Rap' For Upcoming Album». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 13 de fevereiro de 2014 
  5. «iTunes - Music - Pink Friday ... Roman Reloaded (Deluxe Edition) by Nicki Minaj». iTunes Store (EUA) (em inglês). Apple Inc. 3 de abril de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  6. «Nicki Minaj Unveils 'Minajesty' Fragrance Ad». Rap-Up. 12 de agosto de 2013. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  7. «Nicki Minaj Launches Clothing Line at Kmart». Rap-Up (em inglês). 16 de outubro de 2013. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  8. Arielle Loren (30 de novembro de 2012). «Nicki Minaj Says Third Album Will Be an Extension of The Re-Up». BET. Viacom. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  9. «Nicki Minaj hits the studio with Pharrel» (em inglês). My Pink Friday. 17 de agosto de 2013. Consultado em 16 de março de 2014 
  10. «Nicki Minaj prepares 'next level' new album for 2014 release». NME (em inglês). IPC Media. 5 de novembro de 2013. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  11. «New Music: Nicki Minaj ft. PTAF - Boss Ass Bitch Remix» (em inglês). MyPinkFriday. 8 de fevereiro de 2014. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  12. «Nicki Minaj - Lookin Ass Nigga». WorldStarHipHop. 12 de fevereiro de 2014. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  13. Ralph Bristout (12 de fevereiro de 2014). «Nicki Minaj Preps 'The Pink Print' In Sexy New Video». Revolt. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  14. Carl Williott (14 de fevereiro de 2014). «Nicki Minaj's 'The Pink Print' To Get A Surprise Release?» (em inglês). Idolator. Spin Media. Consultado em 17 de fevereiro de 2014 
  15. http://www.billboard.com/articles/columns/the-juice/6334685/nicki-minaj-pink-print-beyonce-tracklist
  16. a b «The Pinkprint - Metacritc Reviews». Metacritic. Consultado em 18 de dezembro de 2014 
  17. a b McGloster, Niki. «Nicki Minaj 'The Pinkprint': Track-by-Track Review». Billboard. Consultado em 18 de dezembro de 2014 
  18. a b http://exclaim.ca/Reviews/HipHop/nicki_minaj-pinkprint
  19. http://www.nydailynews.com/entertainment/music/pink-print-nicki-minaj-music-review-article-1.2042237
  20. a b http://nypost.com/2014/12/13/nicki-minaj-leaves-her-mark-with-pinkprint/
  21. a b http://www.hiphopdx.com/index/album-reviews/id.2397/title.nicki-minaj-the-pinkprint
  22. http://www.rollingstone.com/music/pictures/fall-music-preview-2014-25-must-hear-albums-20140924/nicki-minaj-the-pink-print-11-24-20140924
  23. http://www.slantmagazine.com/music/review/nicki-minaj-the-pinkprint
  24. http://www.spin.com/reviews/review-nicki-minaj-gets-uncomfortably-personal-on-the-pinkprint/
  25. a b http://www.latimes.com/entertainment/music/la-et-ms-nicki-minaj-20141215-column.html
  26. http://pitchfork.com/reviews/albums/20058-nicki-minaj-the-pinkprint/
  27. http://pitchfork.com/reviews/albums/20058-nicki-minaj-the-pinkprint/
  28. http://www.nydailynews.com/entertainment/music/pink-print-nicki-minaj-music-review-article-1.2042237
  29. Faia, Amanda (1 de dezembro de 2014). «Nicki Minaj: site Amazon vaza tracklist do disco "The PinkPrint"». Portal POPLine. Consultado em 3 de dezembro de 2014 
  30. a b «The Pinkprint (Deluxe) by Nicki Minaj». iTunes Store. Apple. 2 de dezembro de 2014. Consultado em 3 de dezembro de 2014 
  31. «Nicki Minaj - The Pinkprint (Deluxe Edition) - Target Exclusive». Target 
  32. Top 100 Longplay (em alemão). Charts.de. Media Control.
  33. Nicki Minaj – The Pinkprint (em inglês). Australiancharts.com. Hung Medien.
  34. Gráfico ilegal entrouNickiMinaj/NickiMinaj/chart?f=305 NickiMinaj Album & Song Chart History (em inglês). Billboard 200 para NickiMinaj. Prometheus Global Media.
  35. Nicki Minaj Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Top R&B/Hip Hop Albums para Nicki Minaj. Prometheus Global Media.
  36. GFK Chart-Track (em inglês). Chart-Track.co.uk. GFK Chart-Track. IRMA.
  37. Nicki Minaj – The Pinkprint (em inglês). Charts.org.nz. Hung Medien.
  38. Nicki Minaj – The Pinkprint (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien.
  39. Nicki Minaj | Artist | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company.
  40. «iTunes - Music - The Pinkprint (Deluxe) by Nicki Minaj». iTunes Store. Apple. 11 de dezembro de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2014 
  41. «iTunes - Musik – „The Pinkprint (Deluxe)" von Nicki Minaj». iTunes Store. Apple. 11 de dezembro de 2014. Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  42. «iTunes - Music - The Pinkprint (Deluxe) by Nicki Minaj». iTunes Store. Apple. 11 de dezembro de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2014 
  43. http://www.amazon.com/Pinkprint-Explicit-Nicki-Minaj/dp/B00OGPK4UG/ref=sr_1_1?s=music&ie=UTF8&qid=1418337052&sr=1-1&keywords=the+pinkprint