Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Pink Friday: Roman Reloaded – The Re-Up

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pink Friday: Roman Reloaded – The Re-Up
Álbum de estúdio (reedição) de Nicki Minaj
Lançamento 19 de novembro de 2012 (2012-11-19)
Gravação 2012
Gênero(s) Hip hop, R&B,[1] eletrônica[2]
Duração 32:31
Idioma(s) Inlgês
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Young Money, Cash Money, Republic
Produção Boi-1da, The Maven Boys, Matthew Burnett, Parker Ighile, T-Minus, Mel & Mus, Juicy J, Crazy Mike, Jonas Jeberg, Jean Baptiste, Dr. Luke, Kool Kojak, Cirkut
Cronologia de Nicki Minaj
Pink Friday: Roman Reloaded
(2012)
The Pinkprint
(2014)
Singles de Pink Friday: Roman Reloaded – The Re-Up
  1. "The Boys"
    Lançamento: 13 de setembro de 2012
  2. "Freedom"
    Lançamento: 3 de novembro de 2012
  3. "High School"
    Lançamento: 16 de abril de 2013

Pink Friday: Roman Reloaded – The Re-Up é a reedição do segundo álbum de estúdio da rapper trinidiana-americana Nicki Minaj, Pink Friday: Roman Reloaded (2012). Foi lançado em 19 de novembro de 2012 em conjunto pela Young Money Entertainment, pela Cash Money Records e pela Republic Records. Lançado sete meses após o original, The Re-Up apresenta oito canções inéditas e um exclusivo DVD de bastidores. O novo material incorpora o hip hop e R&B como estilos musicais. Minaj é creditada também como co-produtora executiva, ao lado de Boi-1da, T-Minus, e Juicy J.

Após a seu lançamento, o álbum recebeu opiniões favoráveis ​​dos críticos profissionais sobre música, que elogiaram a volta de Minaj ao estilo musical de seus trabalhos anteriores. Seus três singles "The Boys", "Freedom" e "High School" atingiram, respectivamente, as posições 41, 31 e 28 na parada musical norte-americana Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs durante a promoção do álbum. "High School", especificamente, chegou ao número 68 em outra parada da Billboard, a Hot 100. O álbum foi, adicionalmente, promovido através da Pink Friday: Reloaded Tour[3] e pela apresentação de "Freedom" no American Music Awards.[4]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2012, Minaj lançou seu segundo álbum de estúdio Pink Friday: Roman Reloaded,[5] que fora gravado entre 2011 e início de 2012,[6] e na produção, colaboraram diferentes profissionais, incluindo Alex da Kid, David Guetta, Dr. Luke, Hit-Boy e RedOne.[7] Depois de seu lançamento, Pink Friday: Roman Reloaded tornou-se um sucesso comercial em todo o mundo e chegou ao número um nas paradas musicais UK Albums Chart[8] e Billboard 200 dos Estados Unidos.[9] Foi recebido de forma mista pela crítica profissional, alcançando no agregador "Metacritic" uma média de 60/100, baseando-se em 30 opiniões.[10] O primeiro single, "Starships", tornou-se a canção mais bem-sucedida de Minaj até então, tornando-se um dos singles mais vendidos de todos os tempos e fazendo história na Billboard americana ao estrear entre as dez canções mais bem-sucedidas e permanecer por um total de 21 semanas consecutivas na Hot 100.[11]

Nos MTV Video Music Awards, em setembro de 2012, Minaj anunciou a reedição do Pink Friday: Roman Reloaded, com o subtítulo The Re-Up, comentando: "Eu estou colocando várias músicas novas lá e eu estou planejando em lançar meu novo single na próxima semana. Barbz(como é chamado os fãs de Minaj), vocês vão ficar loucos, vocês vão adorar, vocês vão enlouquecer!".[12] A obra foi lançada no mês seguinte, junto com o videoclipe da canção "I Am Your Leader".[13] Em novembro, ela contou que a expansão contaria com um disco adicional de oito canções inéditas e um DVD com imagens exclusivas dos bastidores para complementar a edição padrão do álbum original.[14] Mais tarde, naquele mês, o projeto serviu como foco principal do seu documentário de três partes E! Nicki Minaj: My Truth.[15]

Material novo[editar | editar código-fonte]

Minaj comentou no programa de rádio On Air with Ryan Seacrest que sentia que a música seria "a melhor representação" do momento que estava vivendo como artista.[16] Grande parte do material novo incorpora hip hop e R&B como estilo musical, vistos anteriormente em mixtapes de Minaj. A faixa de abertura "Up In Flames" apresenta "uma batida lenta, pesada e melodramática", onde Minaj fala da sua riqueza e faz observações negativas dirigidas a seus adversários.[17][18] A segunda música, "Freedom", foi comparada com o material do seu primeiro álbum, Pink Friday (2010),[19] por utilizar uma produção mínima[20] e apresentar uma reflexão sobre a ascensão de Minaj à proeminência.[19] A terceira canção, "Hell Yeah", conta com a colaboração de Parker, e é também uma crítica aos oponentes de Minaj. Ela faz referência à popular tensão entre Minaj e Mariah Carey durante as filmagens do American Idol - "Mas eu sou rápida para descobrir se uma vadia está fora de controle" - e também às pessoas do reality - "Grite: Mike Darnell e Nigel [Lythgoe] /Por que essas vagabundas são tão loucas e se acham uma rainha no Idol".[21]

A quarta faixa "High School", tem participação do rapper Lil Wayne, e discute os desejos sexuais de um homem que estava na prisão.[22] A quinta música "I'm Legit", com Ciara, foi caracterizada por ter "rimas mal-humoradas" e por estar "preparada para [tocar] nas ruas e nos clubes".[21] A sexta canção, "I Endorse These Strippers", traz Tyga e Brinx; com sua letra descrita por Sal Cinquemani da revista Slant como "menos inteligente do que cliché".[23] A sétima canção "The Boys", com Cassie, incorpora influências de hip hop e electropop,[24] e tem sido chamada de "hino das garotas". A faixa final, "Va Va Voom", foi previamente incluída na versão deluxe original do álbum anterior, e também contém um estilo electropop.[2]

Singles[editar | editar código-fonte]

"The Boys", uma colaboração com Cassie, foi lançada como o primeiro single de The Re-Up em 13 de setembro de 2012.[25] Atingiu a posição 41 da parada musical americana Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs,[26] e seu vídeo foi lançado através do Vevo em 18 de outubro do mesmo ano.[27] "Freedom" foi lançada em seguida, em 3 de novembro de 2012,[28] alcançando o número 31 na R&B/Hip-Hop Songs.[26]O videoclipe da canção foi lançado no programa 106 & Park em 19 de novembro do mesmo ano.[29] O terceiro single, "High School", uma colaboração com Lil Wayne, foi liberado nas rádios em 16 de abril de 2013[30] e atingiu a posição 28 na Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs[26] e 68 no Hot 100.[31] Seu videoclipe foi liberado em 2 de abril na MTV.[32]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1 - The Re-Up[33]
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Up In Flames"   Onika Maraj, Matthew Samuels, Zale Epstein, Stephen Kozmeniuk, Brett Ryan Kruger Boi-1da, The Maven Boys* 5:05
2. "Freedom"   Maraj, Samuels, Matthew Burnett Boi-1da, The Maven Boys* 4:47
3. "Hell Yeah" (com Parker) Maraj, Ighile Parker Ighile 4:11
4. "High School" (com Lil Wayne) Maraj, Dwayne Carter, Jr., Samuels, Tyler Williams Boi-1da, T-Minus 3:38
5. "I'm Legit" (com Ciara) Maraj, Ester Dean, Melvin Hough II, Keith Thomas, Rivelino Raoul Wouter Mel & Mus 3:18
6. "I Endorse These Strippers" (com Tyga & Thomas Brinx) Maraj, Michael Foster, Jawara Headley, Jordan Houston, Michael Stevenson Juicy J, Crazy Mike 4:22
7. "The Boys" (com Cassie) Minaj, Jonas Jeberg, Jean Baptiste, Lillianna Saldaña, Anjulie Persaud Jeberg, Baptiste* 4:08
8. "Va Va Voom"   Maraj, Gottwald, Allan Grigg, Max Martin, Walter Dr. Luke, Kool Kojak, Cirkut 3:02
Duração total:
32:31
Nota: Todos os produtores com (*) são denotados como co-produtores.

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Análise da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[1]
Boston Phoenix 3.5 de 4 estrelas.[35]
The Independent 3 de 5 estrelas.[36]
Los Angeles Times 3 de 4 estrelas.[21]
Slant Magazine 3 de 5 estrelas.[23]

No Metacritic, que atribui uma avaliação média dos comentários realizados por críticos musicais, Pink Friday: Roman Reloaded - The Re-Up recebeu uma média de 72/100, o que indica "resenhas favoráveis​​", baseando-se em oito comentários.[37] David Jeffries do Allmusic falou que "Roman Reloaded agora ficou mais equilibrado com esse EP de oito faixas com material que equilibrou [o antigo]", acrescentando que as faixas adicionais e o DVD eram "mais completos" do que o material original.[1] Dan Weiss do Boston Phoenix elogiou o rap de Minaj, comentando que "uma rapper que rima 'fri-vo-lo' com 'po-lí-ga-mo' esta rimando bem como sempre".[35] Gerrick D. Kennedy, do The Los Angeles Times, observaria a variedade de gêneros incorporados na reedição, dizendo: "Claro, [Minaj] flerta com o dance-pop e baladas de R&B, mas você pode perdoá-la por querer satisfazer diferentes gostos. Aqui, [a tentativa] realmente funciona".[21]

A resenha de Andy Gill, do The Independent, não foi positiva. Comentando que sentia que o material era genérico, afirmou que a reedição "não acrescentava muito experiência à Minaj".[36] A revista Slant, através do jornalista Sal Cinquemani, criticou o conteúdo lírico e os convidados especiais, acrescentando que "enquanto [Minaj] continua a se comparar a Jesus, nós provavelmente não devemos prender a respiração".[23] Kyle Anderson da Entertainment Weekly colocou o álbum no número dois na sua lista dos "Piores álbuns do ano", escrevendo que o álbum era "desalmado, preguiçoso, e totalmente desnecessário".[38]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Entrando nas paradas musicais juntamente com o Pink Friday: Roman Reloaded, The Re-Up vendeu 36 mil cópias na primeira semana e subiu setenta e nove posições na Billboard 200, da 107 para a 29.[39][40] Até janeiro de 2013, Pink Friday: Roman Reloaded - The Re-Up já havia acumulado 797 mil cópias em todo o mundo.[41] Na Nova Zelândia, o álbum se uniu a Roman Reloaded e estreou em 21º lugar.[42]

Minaj comentou sobre a disponibilidade limitada do álbum: "é difícil conseguir o álbum porque as lojas disseram que os últimos relançamentos que foram postos à venda não tiveram bom desempenho e eles não querem se arriscar. A Target e o Walmart não estão vendendo o álbum. A Target, na verdade, é a maior responsável pelas minhas vendas, sempre foi. Best Buy pegou um estoque limitado porque não queriam correr risco. Eles que definem".[43] Walmart respondeu às declarações afirmando que não disponibiliza álbuns com o selo Parental Advisory, enquanto Target venderia o disco em seu site.[44]

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Notas
  • A Nestes territórios, The Re-Up foi fundido com Pink Friday: Roman Reloaded nas paradas musicas, assim, re-entrou nos gráficos como um lançamento.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do Allmusic.[51]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Editora discográfica
 Canadá[52] 19 de novembro de 2012 CD/DVD, download digital Universal Music, Young Money, Cash Money
 Estados Unidos[53]
 Japão[54] Republic
 Reino Unido[55] Universal Island, Cash Money
 França[56] 26 de novembro de 2012 Def Jam Recordings
 Polónia[57] 27 de novembro de 2012 Universal Music Polska
Flag of Spain.svg Espanha[58] Universal Music Spain
 Malásia[59] 18 de dezembro de 2012 Universal Music Malaysia

Referências

  1. a b c David Jeffries. «Pink Friday: Roman Reloaded, the Re-Up - Nicki Minaj». Allmusic (em inglês). Rovi Corporation. Consultado em 13 de abril de 2013 
  2. a b Lewis Corner (18 de novembro de 2012). «Nicki Minaj: 'The Re-Up' - EP review». Digital Spy. Hearst Corporation. Consultado em 13 de abril de 2013 
  3. «Nicki Minaj's International "Pink Friday:...». My Pink Friday (em inglês). 12 de abril de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  4. Julee Wilson (19 de novembro de 2012). «Nicki Minaj's American Music Awards 2012 Red Carpet Look Was Actually Normal». The Huffington Post (em inglês). AOL. Consultado em 13 de abril de 2013 
  5. «iTunes - Music - Pink Friday ... Roman Reloaded (Deluxe Edition) by Nicki Minaj». iTunes Store (EUA) (em inglês). Apple Inc. 3 de abril de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  6. Jason Lipshutz (21 de novembro de 2011). «New Nicki Minaj Album Out in Early 2012, Says Birdman». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 13 de abril de 2013 
  7. «Pink Friday: Roman Reloaded - Nicki Minaj: Credits». Allmusic (em inglês). Rovi Corporation. Consultado em 13 de abril de 2013 
  8. «UK Albums Chart Archive - Week Ending: April 14, 2012» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 13 de abril de 2013 
  9. Keith Caulfield (11 de abril de 2012). «Nicki Minaj's 'Roman Reloaded' Debuts at No. 1 on Billboard 200». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 13 de abril de 2013 
  10. «Pink Friday: Roman Reloaded Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic» (em inglês). Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 13 de abril de 2013 
  11. «Starships: Nicki Minaj Makes Billboard History». That Grape Juice (em inglês). 11 de julho de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  12. «Nicki Minaj Readies 'Roman Reloaded – The Re-Up' for November». Rap-Up (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  13. Rasahad Phllips (12 de novembro de 2012). «Nicki Minaj "Pink Friday: Roman Reloaded The Re-Up" Tracklist, Cover Art & Snippets». HipHopDX (em inglês)  Parâmetro desconhecido |acessoodata= ignorado (ajuda)
  14. Erika Ramirez (2 de novembro de 2012). «Nicki Minaj 'The Re-Up' Track List: Lil Wayne, Ciara Featured». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 13 de abril de 2013 
  15. Maurice Bobb (16 de novembro de 2012). «Nicki Minaj Shows Off Old-School Flow On 'High School' With Lil Wayne». MTV News (em inglês). Viacom. Consultado em 13 de abril de 2013 
  16. «Nicki Minaj: The Re-Up' Is a Better Representation of Me'». Rap-Up (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  17. Jesal 'Jay Soul' Padania. «Nicki Minaj :: Pink Friday: Roman Reloaded the Re-Up». RapReviews.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  18. «Video: Nicki Minaj – 'Up in Flames'». Rap-Up (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  19. a b Charley Rogulewski (3 de novembro de 2012). «Nicki Minaj Releases "Freedom": Listen to the New "Roman Reloaded - The Re-Up" Track». Vibe (em inglês). Vibe Media Group. Consultado em 13 de abril de 2013 
  20. Jessica Sagger (4 de novembro de 2012). «Listen to Nicki Minaj's 'Freedom'». Popcrush (em inglês). Townsquare Media. Consultado em 13 de abril de 2013 
  21. a b c d Gerrick D. Kennedy (20 de novembro de 2012). «Review: Nicki Minaj's 'Pink Friday: Roman Reloaded - The Re-Up'». The Los Angeles Times (em inglês). Tribune Company. Consultado em 13 de abril de 2013 
  22. William E. Ketchum III (26 de novembro de 2012). «Nicki Minaj - Pink Friday Roman Reloaded: The Re-Up». HipHopDX (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  23. a b c Sal Cinquemani (21 de novembro de 2012). «Nicki Minaj: Pink Friday: Roman Reloaded - The Re-Up». Slant Magazine. Consultado em 13 de abril de 2013 
  24. Gerrick D. Kennedy (13 de setembro de 2012). «Nicki Minaj takes 'The Boys' to task in new single». The Los Angeles Times (em inglês). Tribune Company. Consultado em 13 de abril de 2013 
  25. «iTunes - Music - The Boys - Single by Nicki Minaj & Cassie». iTunes Store (US) (em inglês). Apple Inc. 13 de setembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  26. a b c «Nicki Minaj - Chart history». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 29 de abril de 2013 
  27. «The Boys (Explicit)» (em inglês). Vevo. 18 de outubro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  28. «iTunes - Music - Freedom - Single by Nicki Minaj». iTunes Store (CA) (em inglês). Apple Inc. 3 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  29. «Freedom (Explicit)» (em inglês). Vevo. 19 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  30. «Top 40 Rhythmic Future Releases» (em inglês). All Access Music Group. Consultado em 13 de abril de 2013. Cópia arquivada em 24 de maio de 2013 
  31. «Nicki Minaj - Chart history». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 29 de abril de 2013 
  32. James Montgomery (2 de abril de 2013). «Nicki Minaj Premieres Steamy 'High School' Video: Watch!». MTV News (em inglês). Viacom. Consultado em 13 de abril de 2013 
  33. a b «Pink Friday: Roman Reloaded the Re-Up by Nicki Minaj» (em inglês). iTunes. Consultado em 2 de novembro de 2012 
  34. «Pink Friday: Roman... [CD & DVD] [PA] [Digipak] - CD». Best Buy (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2012 
  35. a b Dan Weiss (27 de novembro de 2012). «Nicki Minaj: Pink Friday: Roman Reloaded: The Re-Up». The Boston Phoenix (em inglês). Phoenix Media/Communications Group. Consultado em 13 de abril de 2013 
  36. a b Andy Gill (1 de dezembro de 2012). «Nicki Minaj, Pink Friday Roman Reloaded (The Re-Up Island)». The Independent (em inglês). Independent Print Limited. Consultado em 13 de abril de 2013 
  37. «Pink Friday: Roman Reloaded--the Re-Up» (em inglês). Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 13 de abril de 2013 
  38. Anderson, Kyle (28 de dezembro de 2012). «The Worst Albums of the Year». Entertainment Weekly (em inglês). Time Inc. Consultado em 28 de abril de 2013 
  39. a b «'The Re-Up': Nicki Minaj Jumps 79 Spots On US Albums Chart». That Grape Juice (em inglês). 27 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  40. «Rihanna Lands First No. 1 Album With Unapologetic». Rap-Up (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  41. Allen Jacobs (16 de janeiro de 2013). «Hip Hop Album Sales: The Week Ending 1/13/2013». HipHopDX (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  42. a b «NZ Top 40 Albums Chart». The Official New Zealand Music Chart (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  43. «Nicki Minaj Talks Reality Show Editing, 'The Re-Up' Not Being In Store & Mariah Carey (Video)». Baller Status (em inglês). 21 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  44. James Montgomery (28 de novembro de 2012). «Nicki Minaj's The Re-Up: Why Target And Walmart Won't Carry It». MTV News (em inglês). Viacom. Consultado em 13 de abril de 2013 
  45. «Nicki Minaj - Pink Friday: Roman Reloaded». Belgium Flanders Albums Chart (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  46. «Nicki Minaj - Pink Friday: Roman Reloaded». Belgium Wallonia Albums Chart (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  47. «Nicki Minaj - Pink Friday - Roman Reloaded». Spanish Albums Chart (em inglês). Productores de Música de España. Consultado em 13 de abril de 2013 
  48. «Nicki Minaj - Pink Friday: Roman Reloaded». French Albums Chart (em inglês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 13 de abril de 2013 
  49. «Nicki Minaj - Pink Friday: Roman Reloaded». Dutch Albums Chart (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  50. «ARIA Top 100 Albums 2012». Australian Recording Industry Association (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  51. «Pink Friday: Roman Reloaded, the Re-Up - Nicki Minaj: Credits». Allmusic (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013  Parâmetro desconhecido |oublicado= ignorado (ajuda)
  52. «iTunes - Music - Pink Friday: Roman Reloaded the Re-Up by Nicki Minaj». iTunes Store (CA) (em inglês). Apple Inc. 19 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  53. «iTunes - Music - Pink Friday: Roman Reloaded the Re-Up by Nicki Minaj». iTunes Store (US) (em inglês). Apple Inc. 19 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  54. «Pink Friday: Roman Reloaded- The Re-Up» (em jp). Amazon.com (JP). 19 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  55. «iTunes - Music - Pink Friday: Roman Reloaded the Re-Up by Nicki Minaj». iTunes Store (UK) (em inglês). Apple Inc. 19 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  56. «Pink Friday: Roman Reloaded- The Re-Up» (em francês). Amazon.com (FR). 26 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  57. «Pink Friday: Roman Reloaded - The Re-up (Limited Edition)» (em inglês). EMPIK.com. 24 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  58. «Pink Friday Roman Reloaded Reup» (em espanhol). Amazon.com (ES). 27 de novembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013 
  59. «Asia Home Entertainment: Nicki Minaj - Pink Friday: Roman Reloaded - The Re-Up» (em inglês). Asia Home CD. 18 de dezembro de 2012. Consultado em 13 de abril de 2013