The Prince and the Pauper (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde abril de 2018.
The Prince and the Pauper
O Príncipe e o Mendigo[1] (BRA)
 Estados Unidos
1937 •  p&b •  
Direção William Keighley
William Dieterle
Roteiro Laird Doyle
Elenco Billy Mauch
Bobby Mauch
Errol Flynn
Claude Rains
Barton MacLane
Montagu Love
Murray Kinnell
Gênero filmes de aventura
filme de drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Prince and the Pauper (br O Príncipe e o Mendigo) é filme norte-americano de 1937 dirigido por William Dieterle, com roteiro baseado no romance homônimo de Mark Twain.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história é sobre um mendigo chamado Tom Canty, filho do malvado John Canty, que foi brincar com o príncipe Edward nos jardins do palácio. Depois de brincarem muito, perceberam que incrivelmente tinham a mesma aparência. Decidiram então trocarem de roupa. Logo depois, chegou um guarda do palácio levando para fora o príncipe Edward, por confundí-lo com Tom.

Ninguém acreditava na história dos dois, somente o ambicioso conde Hertford que resolveu tirar proveito da situação. Amigo do capitão da guarda, Hertford manda caçar e matar o príncipe, com a desculpa que ele iria atrapalhar a coroação de Tom, por causa da morte do rei. Tom caiu no jogo de Hertford, sendo obrigado a ser coroado Rei.

Já Edward, fez amizade com Miles Hendon que o ajudou na história toda. John Canty havia assassinado um padre e para fugir, levou consigo Edward (pensando que era Tom). Miles foi atrás de Edward e ouviu os planos do guarda para matá-lo. Edward, com o suposto pai, passou por perto da coroação, onde foi reconhecido e coroado Rei.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «Cine Palácio (anúncio)». Rio de Janeiro: O Jornal. 1 de março de 1941. p. 11. Consultado em 1 de abril de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.