Theodor Kotschy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Theodor Kotschy

Karl Georg Theodor Kotschy (Ustron, Silésia Austríaca, 15 de Abril de 1813Viena, 11 de Junho de 1866), foi um explorador, botânico e colector de plantas austríaco que num conjunto de viagens ao Médio Oriente e ao norte de África reuniu cerca 300 000 especímenes de plantas. O género botânico Kotschya foi assim designado em sua honra.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Theodor Kotschy era filho do teólogo evangélico, pedagogo e botânico Carl Friedrich Kotschy. Entre 1836 e 1838 Kotschy, acompanhado por Joseph Russegger, realizou uma viagem de investigação botânica e de exploração geográfica pela Cilicia, Síria, Egipto e Sudão. Em 1839 visitou a região do Kordofan, em 1840 o Chipre e em 1841 a Ásia Menor.

Entre 1842 e 43 empreendeu uma expedição à Pérsia, onde visitou Damavand, passando por Erzurum, Trebisonda e Constantinopla antes de regressar a Viena.

Em 1855 voltou a viajar pelo Egipto e pela Palestina, em 1859 pelo Chipre, Ásia Menor e pelo Curdistão. Em 1862 visitou outra vez o Chipre e o norte da Síria.

Nestas viagens descreveu numerosas espécies de plantas e de animais, as quais hoje apresentam o sufixo Kotschyi nos seus nomes, entre elas um conhecido caranguejo de quatro pinças da ilha de Karak no Golfo Pérsico, hoje denominado Epixanthus kotschyi. A espécie Cyrtodactylus kotschyi também foi assim denominada em sua honra.

Kotschy é considerado como o fundador dos estudos orientalistas na Áustria.

Obras[editar | editar código-fonte]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • Jean Lescure & Bernard Le Garff, L'étymologie des noms d'amphibiens et de reptiles. Edições Belin, 2006. ISBN 2-7011-4142-7
Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.